Social

Em março – O Mercado Central de Macapá deverá reabrir em março.O local é um dos principais pontos turísticos de Macapá e reúne diversos pontos de vendas de comidas típicas e artesanatos.Inaugurado em 1953, o Mercado Central foi considerado o reduto de compras das famílias amapaenses nos anos 1950. Atualmente, o local ainda preserva alguns serviços como a venda de hortifrutis e consertos de sapatos, juntamente com lanchonetes, peixarias e açougues.

Compartilhe:

Em Destaque. Colegas Ana Girlene, Ilziane Launé, Alcilene Cavalcante, Armstrong Souza e Ivo Cannuty, na fundação do Afoxé Filhos de Zambi, que tem como idealizador  padre Paulo Roberto.

 

 

Clic. Garotão esperto, Samuel Neto, festejou na companhia de seus pais, Lígia e Kaio, e do mano Kaio Jr. seus 8 anos de idade. Festa foi agitadíssima. Parabéns!

 

 

Clic. Em close, as belas Cláudia e Manuela Oliveira,  mãe e filha, modelando e curtindo sempre a vida.

 

 

 

 

 

 

 

 

Flash. Em evento concorrido na noite da última sexta, 6, Nilton Pacheco  e Marilda Navegantes receberam convidados para o tão esperado noivado. Os noivos foram prestigiados com a presença de parentes e muitos amigos, entre eles o vereador Diogo Sênior e esposa (foto).

 

Clic. Maestro Joaquim França na boa companhia dos amigos Chico Terra e Finéias Nelluty.

 

 

  • Rock. No próximo dia 21, acontece o festival “Porão HC”. O evento promete reunir oito bandas de punk rock e hardcore, do Amapá e do Pará, a partir de 15h, no Espaço Caos – Arte e Cultura.
  • Homenagem: A Clínica de Nefrologia do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL) receberá o nome de Clínica de Nefrologia Dr. Antônio Pinheiro Teles.  Na sexta-feira, 6, o governador Waldez Góes solicitou a elaboração de um projeto de lei. A medida é uma homenagem para o médico nefrologista que faleceu na quarta-feira, 4.
  • Malária. O número de casos de malária do tipo falciparum, considerado o mais grave da doença, tem aumentado no Amapá. De acordo com a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS), em 2016 foram registradas 1.251 pessoas infectadas, enquanto em 2015, foram 695 casos, o que representa um aumento de 71%.
  • Monitoramento. Os equipamentos de vigilância monitorada começou a ser instalado nas escolas da rede estadual de ensino. O serviço vai ser implantado, inicialmente, em 135 unidades escolares de Macapá e Santana. A primeira escola a ter os equipamentos é a Escola Estadual Prof. Rodoval Borges, localizada no bairro Fonte Nova, em Santana.

 
Compartilhe: