Polícia

Assaltantes mortos em Santana eram irmãos, diz polícia

Fábio e Fabrício eram dois dos três assaltantes que roubaram um malote com R$ 82 mil do gerente de uma loja em Santana

Compartilhe:

A Polícia Técnico Científica (Politec) identificou como Fábio Coimbra da Silva, de 20 anos, e Fabrício Coimbra da Silva, de 19 anos, os assaltantes que morreram em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), no início da tarde de quarta-feira (15) no município de Santana.

Fábio e Fabrício eram irmãos. Com eles foram apreendidos dois revólveres (calibres 22 e 38) usados na troca de tiros. Um policial chegou a ser alvejado na região do tórax, mas o projétil atingiu o colete balístico do agente público que não foi ferido. Segundo ainda a polícia, os irmãos não tinham passagem pelo Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) e também não constavam mandados de prisão contra nenhum deles.

“Os irmãos só foram identificados momentos depois do confronto por uma irmã deles. Essa jovem disse que as armas que eles usavam haviam sido alugadas por dois elementos conhecidos pelas alcunhas de ‘Axel’ e ‘Zeca Boi’. Por isso, a Polícia Civil deverá realizar uma investigação sobre esse fato que certamente terá desdobramentos”, declarou o tenente coronel PM Paulo Matias, comandante do Bope.

Agora a polícia trabalha para identificar o terceiro suspeito de envolvimento no assalto e que escapou durante a troca intensa de tiros no bairro Hospitalidade. As armas e o dinheiro recuperado foram apresentados na 1ª Delegacia de Polícia (1ª DP) onde o caso foi registrado.

O caso
O assalto ocorreu no início da tarde de quarta-feira (15) em Santana, município distante 17 quilômetros de Macapá. Em entrevista à rádio Diário (90.9FM) o tenente-coronel PM Paulo Matias, comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), disse que três homens renderam o gerente e um funcionário de uma loja – localizada na área comercial – no momento em que eles saiam da empresa carregando um malote com R$ 82 mil.

“Ao que parece os bandidos já sabiam que o gerente e o funcionário sairiam naquele horário para depositar os valores. Eles seguiam para a agência bancária que fica próxima à empresa. Os três elementos estavam armados. Havia uma viatura do Bope em patrulhamento pela área portuária. Os suspeitos fugiram de carro, mas acabaram perseguidos por alguns motoqueiros. Nossa viatura foi acionada por outros motoqueiros que indicaram a possível rota de fuga dos criminosos. Foi quando iniciaram as buscas”, disse o comandante.

O veículo dos suspeitos foi localizado no bairro Hospitalidade e os policiais iniciaram o acompanhamento tático. Durante a interceptação os criminosos abriram fogo contra a guarnição, sendo que um dos policiais acabou alvejado, mas o tiro atingiu o colete balístico, preservando a vida do agente público. No revide, dois elementos acabaram alvejados. Eles ainda foram socorridos, mas chegaram mortos no hospital de Santana.

O terceiro suspeito de envolvimento no crime conseguiu fugir durante o tiroteio. Com os dois homens mortos a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e outro calibre 22. O malote foi recuperado ainda lacrado.

 
Compartilhe:

Tópicos: