Polícia

Traficante diz que voltará ‘à ativa’ assim que deixar a prisão

Aldacir Lobato, a ‘Preta’, de 40 anos, foi presa na quinta-feira (16) durante operação da DTE no bairro São Lázaro

Compartilhe:

Elden Carlos

Editoria de Polícia

 

Um dos alvos da operação deflagrada pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) na quinta-feira (16) no bairro São Lázaro, zona norte de Macapá, a traficante Aldacir Lobato Nogueira, de 40 anos, a ‘Preta’, afirmou no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval – para onde ela foi levada com mais sete pessoas – que voltará a traficar assim que estiver em liberdade.

Em conversa informal ela disse ao Diário que nunca teve oportunidade na vida, e que seu meio de sobrevivência é esse. “Não estudei, não consigo trabalho e então essa se tornou uma atividade. Vou voltar ‘à ativa’ assim que sair do Iapen”, disse resumidamente e tentando se justificar a traficante.


O caso

A Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) deflagrou uma operação na manhã de quinta-feira (16) nos bairros São Lázaro e Infraero I, na Zona Norte da capital, para dar cumprimento a 8 mandados de busca e apreensão.

De acordo com o delegado Sidney Leite, o objetivo foi combater o crime de tráfico de drogas naquela região. “Estamos iniciando uma grande ofensiva contra o tráfico de drogas na capital. Já temos dezenas de traficantes devidamente identificados nas nossas investigações. Esses dois bairros são apenas o ‘start’ de uma grande ação repressiva. Já encontramos drogas em três das oito residências alvo dessa operação de hoje. Já contabilizamos algumas prisões também”, disse o delegado em entrevista ao programa radiofônico Luiz Melo Entrevista (Diário 90,9FM).

A operação contou com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Grupo Tático Aéreo (GTA) e Divisão de Capturas da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP). No total, oito pessoas foram presas.

 
Compartilhe:

Tópicos: