Cidades

Logo na porta, pais e alunos foram recebidos pela equipe de arte-educadores da CTMac, sinalizando para a vida.

Fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitacional retiraram 17 ambulantes que atuavam de forma irregular, além de apreender bebida e emitir auto de infração.

Compartilhe:

A Prefeitura de Macapá fez na madrugada de sábado, 18, ação de fiscalização em bares e lanchonetes da orla da cidade. Denominada de Operação Cidade Organizada, fiscais fizeram vistorias de condições dos locais e licenças para funcionamento. A atividade contou com a presença do Conselho Tutelar da zona sul e Juizado da Infância e Adolescência.

Fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitacional retiraram 17 ambulantes que atuavam de forma irregular, além de apreender bebida e emitir auto de infração. Já a equipe da Secretaria de Finanças aplicou 16 autos de infração, no valor de R$ 450,00, e duas notificações. A Secretaria de Manutenção Urbanística e Vigilância Sanitária fizeram 10 e 43 notificações, respectivamente.

A equipe do Juizado da Infância e Adolescência e Conselho Tutelar da zona sul abordaram 63 menores, fizeram três autos de infração e cinco autos de proteção, além de orientação a pais que estavam com crianças em quiosques. A Guarda Municipal fez o ordenamento do trânsito.

De acordo com a vendedora de batata frita, Lia Pantoja, a operação é ótima e auxilia no melhor funcionamento da praça. “Trabalho há 17 anos aqui, gostaria que ocorresse com mais frequência, porque nos ajuda muito. Tiramos nossa licença, nos regularizamos e muitos aparecem e se instalam aqui de qualquer jeito. Tem que fiscalizar mesmo, só assim irão respeitar o espaço de quem trabalha dentro da regularidade”.

A Operação Cidade Organizada contou também com a participação das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Econômico.

 
Compartilhe:

Tópicos: