Política

Ponte Binacional pode ser aberta totalmente ainda em 2017

Previsão é do governador Waldez Góes, feita em entrevista no rádio.

Compartilhe:

Douglas Lima

Da Editoria

A abertura total da Ponte Binacional do Oiapoque deverá acontecer ainda em 2017, provavelmente em novembro ou dezembro. A previsão foi anunciada na manhã desta segunda-feira, 20, pelo governador Waldez Góes, no programa LuizMeloEntrevista (Rádio Diário FM 90,9).

Waldez raciocinou que com a abertura apenas para carros de passeio, na manhã desta segunda-feira, as autoridades brasileiras decerto apressarão as obras que faltam ser concluídas para que a interligação terrestre com a Guiana Francesa seja totalmente completada.

O governador do Amapá previu que a conclusão dos serviços na aduana brasileira deve ocorrer em agosto , ensejando, com isso, a abertura da ponte para transporte de cargas e transporte turístico, completando a finalidade da utilização da obra arquitetônica sobre o rio Oiapoque.

Para o gestor amapaense, somente a conclusão da aduana do lado brasileiro na cabeceira da ponte é suficiente para o uso pleno da Ponte Binacional, uma vez que há anos a aduana francesa está completa. Waldez não vê empecilho para a abertura do tráfego o fato da BR 156 ainda não estar concluída em termos de asfalto.

O governador relembrou que já agora em março, dia 27, o diretor nacional do Dnit, Valter Casimiro, virá novamente ao Amapá, desta vez para assinar a ordem de serviço para a execução do asfaltamento dos 112 quilômetros que faltam para pavimentação total do trecho norte da BR 156.

Waldez Góes previu que a estrada federal no Amapá, até aos 60 quilômetros já asfaltados do sentido de Oiapoque para Macapá, estará totalmente pavimentada até 2019. O trecho sul, por sua vez, começa a receber asfalto, já no corrente ano, com serviços a serem executados pelo Dnit, governo do estado e Exército Brasileiro.

 
Compartilhe:

Tópicos: