Nota 10

Boêmios do Laguinho abre inscrição para adesão ao Quadro de Sócios Contribuintes e garante mais participação e inclusão da Nação Negra

De acordo com as regras, dentro das legalidades impostas pelo Estatuto Social da Associação Universidade do Samba Boêmios do Laguinho

Compartilhe:

A presidência da Associação Universidade de Samba Boêmios do Laguinho (AUSBL), toma uma decisão inédita e abre para a comunidade, a oportunidade de participar democraticamente das decisões, e votar para escolher a direção da agremiação, a mais antiga do Amapá. Desde o último sábado estão disponíveis ficha e Termo de Adesão e Compromisso para quem quiser aderir ou se recadastrar para compor o Quadro de Sócios Contribuintes da AUSBL. As regras e condições para os interessados em se associar, podem ser adquiridas com a Comissão Para Atualização do Quadro de Sócios Contribuintes.

De acordo com as regras, dentro das legalidades impostas pelo Estatuto Social da Associação Universidade do Samba Boêmios do Laguinho, do Regimento Interno e Deliberações, para fazer parte da categoria Sócio Contribuinte as inscrições precisam ser abonadas pela Diretoria Executiva e quitadas a taxa de adesão (jóia) e mensalidades nos prazos estipulados, no valor de R$ 20,00 cada. Os interessados devem apresentar os documentos pessoais exigidos e a aprovação cabe à diretoria executiva da agremiação.

Estar diretamente envolvido na Universidade, ter direito à voto e poder concorrer aos cargos da Associação Boêmios do Laguinho é um desejo antigo da comunidade, nascida em 2 de janeiro de 1964. Até  este momento, em que completou 63 anos, tanto as decisões quanto a eleição é feita de forma indireta, com direito de voto apenas dos conselheiros, no total 28. Ao aderir ao Quadro, o sócio tem direito ainda a participar das Assembleias Gerais; usufruir dos serviços oferecidos pela Associação, utilizar as dependências e equipamentos da sede para atividades, entre outros benefícios assegurados. O direito à voto dos sócios vale a partir da próxima eleição, em 2019. Atualmente, somente membros do Conselho Deliberativo tem direito de votar.

Para Adlan Bismark, coordenador da Comissão, este é um passo importante para tornar a gestão democrática, e com a participação efetiva da comunidade, mas os sócios devem estar atentos também aos seus deveres, como em qualquer associação, o que garante o respeito e civilidade. “Esta é uma forma de envolver mais a comunidade, para ajudem a construir esta história, que está sempre em evolução. A Nação Negra merece esta democracia porque dependemos dessas pessoas, e com certeza vamos ter um número considerável de sócios contribuintes, nossa torcida é muito expressiva”.

Quem quiser integrar o Quadro de Sócios tem os sábados 20 e 27 de maio, para ir no Theatro do Samba, de 9h às 16h, e estar a par das condições e se associar. É importante levar cópia de RG e CPF, e comprovante de residência ou declaração de uso de imóvel, mais duas fotos 3X4, iguais e atuais.

 
Compartilhe:

Tópicos: