Cidades

Encontro debate a importância do Censo Escolar para políticas de educação

Durante o evento os participante assistiram a palestra ministrada pela coordenadora nacional do Censo Escolar da Educação Básica do Inep

Compartilhe:

Para promover a troca de informações sobre a realidade do Censo Escolar na educação básica, gestores de escolas públicas e privadas participaram do evento “Encontro Censo Escola: Educação e Vida”. A programação aconteceu nesta quinta-feira, 18, no Museu Sacaca, e foi promovida pelo Centro de Pesquisas Educacionais da Secretaria de Estado da Educação (Cepe/Seed) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Durante o evento os participante assistiram a palestra ministrada pela coordenadora nacional do Censo Escolar da Educação Básica do Inep, Célia Cristina Araújo, que falou sobre a importância do mecanismo para as políticas públicas de educação. “O Censo Escolar é uma ferramenta rica em informações e serve para que até o próprio gestor possa fazer a avaliação de como está sendo o seu trabalho. O gestor passa os dados da escola para o Educacenso [ferramenta que compila as informações nacionais obtidas pelo censo], e este dados servem como subsídios para ele avaliar como está sendo sua gestão e quão eficiente estão sendo os programas realizados na escola”, destaca a coordenadora.

A programação contou ainda com palestras sobre a importância da informação para a construção das políticas públicas no processo de alfabetização, formação de professores e ensino, bem como para subsidiar o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para a qualidade da educação.

Segundo o diretor de Estatística do Inep, Carlos Eduardo Moreno, as regiões norte e nordeste têm suas peculiaridades estatísticas e precisam sempre de atenção especial para essa diversidade.
“Qualquer indicador social que você analise vai apontar desigualdades regionais e até intrarregionais, que são entre os municípios de um Estado. As regiões norte e nordeste têm uma diferença na maioria desses indicadores sociais quando comparados com outras regiões do Brasil, entretanto nestas regiões são encontradas experiência maravilhosas de avanços educacionais e sociais”, explicou o diretor de estatística do Inep.

Para o coordenador do Cepe, Cezar Brito, o evento serve para a conscientização dos gestores sobre a coleta de dados para o censo. “Queremos mostrar aos gestores o que esses dados representam para cada escola e importância de se prestar os dados corretos para o censo, porque todos os programas do governo federal e estadual são pautados pelo levantamento do Censo Escolar”, frisou.

A diretora-adjunta da Escola Estadual Doutor Murilo Braga, Maria do Socorro, viu o encontro como uma oportunidade de melhoria para a escola, que fica no município de Mazagão e atende alunos do 1º ao 5º ano e Educação de Jovens e Adultos (EJA). “É importante debater o ensino educacional e estarmos sempre inteirados sobre as mudanças de leis e o melhoramento da educação. É importante debater para buscar o crescimento de nossos alunos”, ressalta a diretora-adjunta.

 
Compartilhe:

Tópicos: