Polícia

“Perdi tudo. A gente vegeta”, diz usuário de drogas preso por furto

Homem preso em Santana tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de furto. (Art.155)

Compartilhe:

Uma abordagem de policiais da Companhia de Operações Especiais (COE), subdivisão do Batalhão de Operações Especiais (Bope), ocorrida no final da tarde de quarta-feira (12), em Santana, resultou na prisão de um homem foragido de justiça e de uma mulher suspeita de tráfico de drogas.

Segundo os policiais, Mozandir Corrêa Marreiros, de 39 anos, que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de furto (Art.155), caminhava pela avenida Rio Branco, no bairro Nova Brasília, quando foi visto em atitude suspeita. Durante a revista pessoal os policiais encontraram porções de drogas no bolso de Mozandir.

À polícia ele disse ser usuário de drogas e decidiu apontar o local onde comprou o entorpecente. Os policiais seguiram até uma residência na mesma avenida onde encontraram mais de cem pedras de crack embaladas para consumo. A mulher, de 31 anos, que estava no imóvel acabou detida e encaminhada à delegacia.

“Ela declarou que a droga seria de um cunhado dela, mas isso será devidamente apurado pela polícia judiciária. Essa senhora já tem passagem por 33 (tráfico). Já o homem foi preso em razão do mandado de prisão em aberto contra ele”, disse o ten PM Hércules Lucena, da Divisão de Comunicação do Bope.

“A gente acaba vivendo igual a uma árvore, apenas vegetando. Cheguei a fumar 90 pedras de crack em um único dia. A droga acabou com meu emprego e minha vida. Tenho uma esposa e dois filhos e também sinto que estou perdendo eles. Sou viciado e cometo pequenos furtos para sustentar o vício. Essa é a grande realidade”, declarou Mozandir.

 
Compartilhe:

Tópicos: