Nota 10

Luau na Samaúma é sucesso de público e crítica

Entre os presentes no Luau, crianças, idosos, famílias inteiras, que se deleitaram com declamação de poemas do Movimento Poesia Boca da Noite; se emocionaram com o show do Coral do MP-AP e apresentação de chorinho, com o músico Lolito do Bandolim e convidados.

Compartilhe:

A primeira edição do Luau na Samaúma, promovido pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP) em parceria com a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), na Praça da Samaúma, no entorno da sede da Procuradoria-Geral de Justiça, foi sucesso de público e crítica. O evento contou com a presença de centenas de pessoas, que aprovaram a iniciativa voltada para a família amapaense. A programação multicultural marcou o início de outros luais, que ocorrerão uma vez ao mês, em noites de lua cheia no mesmo local.

Entre os presentes no Luau, crianças, idosos, famílias inteiras, que se deleitaram com declamação de poemas do Movimento Poesia Boca da Noite; se emocionaram com o show do Coral do MP-AP e apresentação de chorinho, com o músico Lolito do Bandolim e convidados.

Aém da beleza das mostras de artes, fotografias, livros, discos de vinil e Exposição automotiva com carros do Clube do Fusca, Clube de Carros de Antigos e Jeep Clube; comercialização de artesanato, bebidas, comidas e as belas telas da Galeria ArteAmazon.

A advogada e poeta, Jaci Rocha, que prestigiou o Luau, disse estar contente com a iniciativa e elogiou a realização do evento:

” A integração entre o Poder Público e a sociedade Civil fez do Luau na Samaúma um momento ímpar, que propiciou a todos cultura e diversão com segurança, além de aproximar os cidadãos do Ministério Público, de uma maneira lúdica, leve. Foi uma feliz iniciativa!”.

O prefeito de Macapá se disse feliz com a participação da PMM no Luau e parabenizou o procurador-geral de Justiça, Márcio Alves, pela iniciativa de ocupar o espaço público com Cultura e Lazer para a população.

“É uma bela parceria com o MPE, porque nós estamos em processo de ocupação dos espaços públicos. É a única forma de evitar depredação. E aqui é um espaço privilegiado aos pés dessa majestosa samaumeira. Nós queremos o povo do Aturiá. Isso integra ao complexo do Araxá e aos poucos os espaços públicos terão atividades que darão prazer. E além disso nós estamos assinando com a promotoria de justiça um termo de adesão ao programa “Macapá eu cuido de você”, onde eles passam a assumir esses espaços e cuidar”.

O PGJ agradeceu a parceria da prefeitura e sobretudo o comparecimento da comunidade, que fez com que o Luau atingisse seu objetivo: promover mais uma opção de entretenimento para as famílias da capital amapaense

“Estou muito feliz. Primeiro porque foi na minha gestão como PGJ, em 2005, que nós adquirimos este terreno, com a samaúma. Este espaço era tomado de mato. Depois, terminamos o prédio, há três anos. Então resolvemos materializar essa ideia, de sexta-feira de lua cheia, um lugar para trazer as famílias com segurança, com todo mundo curtindo esse chorinho maravilhoso. Enfim, me sinto muito gratificado. Esse é o primeiro e pretendemos fazer algo diferente todas as sextas-feiras até dezembro”, destacou o PGJ, Márcio Alves.

 
Compartilhe:

Tópicos: