Polícia

Casal é preso dentro de táxi com quase 2 quilos de crack e cocaína

Polícia acabou descartando envolvimento de taxista que foi arrolado como testemunha no caso.

Compartilhe:

Uma denúncia anônima levou policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) a prender um casal suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas no final da tarde de terça-feira (10) no cruzamento da avenida 1º de Maio com a rua Hildemar Maia, bairro Buritizal, zona sul de Macapá.

Segundo o comando do BRPM, foram apreendidos quase dois quilos de crack e cocaína. De acordo com o tenente PM Gilson, a denúncia era de que o táxi em que os três suspeitos estavam havia passado várias vezes pelo local, chamando a atenção dos moradores que pensavam se tratar de possíveis assaltantes.

“Houve a denúncia e ficamos no aguardo do veículo. Quando o carro passou novamente pelo local procedemos o acompanhamento tático e interceptação. Durante revista pessoal encontramos a droga escondida na bolsa da mulher, além de dinheiro e vários comprovantes de depósitos com altos valores”, declarou o tenente.

O taxista disse que apenas estava fazendo uma corrida normal, mas segundo a polícia ele seria investigado. “Fizemos a detenção dele [taxista] para apurar se existe algum grau de envolvimento entre eles e o casal, ou se apenas ele realmente ele estava fazendo uma corrida ‘normal’. O casal não quiz dizer para quem entregaria a droga, mas seria alguém naquela área possivelmente”, complementou.

Segundo ainda a polícia, Raimundo Trindade dos Santos, de 35 anos, já tem passagem pelo Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) pelo crime de tráfico de drogas (Art.33). O crack e a cocaína apreendidos estavam na bolsa de Silvia Dantas Carvalho, de 41 anos. O taxista, segundo o delegado plantonista, foi arrolado como testemunha no caso.

 
Compartilhe:

Tópicos: