Nota 10

Sexta-feira tem show Entre o Azul, com Paulinho Bastos no Teatro das Bacabeiras

Paulinho Bastos foi do erudito ao samba, mas confessa que ancorou seu trabalho na música regional por se identificar com as tradições do Amapá.

Compartilhe:

Sexta-feira, 10, promete uma noite de músicas, tradições e encantos no show Entre o Azul, com Paulinho Bastos, uma banda de respeito, palco com cenário diferenciado e convidados especiais. Para completar este ambiente, um repertório selecionado entre as composições de Paulinho e de outros autores, algumas já gravadas em discos, e outras inéditas, que serão interpretadas pelo autor e por Oneide Bastos, Deize Pinheiro, Adelson Preto e Sabrina Zahara, que abre o espetáculo com poesia. Tudo Azul será no Teatro das Bacabeiras, a partir das 20:30.

Paulinho Bastos é um amapaense que nasceu entre os instrumentos musicais e muita cantoria, cresceu em uma casa onde os pais eram a maior referência musical, e passavam as horas ouvindo e criando belas canções. Ainda adolescente começou a carreira, mas foi se aperfeiçoar na Escola de Música Walkíria Lima  e logo depois estudou piano na Escola de Música da UFPA, conseguindo unir o profissionalismo ao conhecimento acadêmico.

Com a experiência adquirida na família, a vivência nas rodas de chorinho, marabaixo e batuque, e a formação musical, Paulinho Bastos foi do erudito ao samba, mas confessa que ancorou seu trabalho na música regional por se identificar com as tradições do Amapá. Arranjador e instrumentista, há 11 anos ele inaugurou um novo caminho, e hoje é um dos compositores mais prestigiados da região, pelas melodias que falam da cultura, festas tradicionais, cotidiano, tradições e pessoas que estão ao seu redor.

O show Entre o Azul retrata o momento musical de Paulinho Bastos, que construiu seu trabalho com leveza e paciência, observando e traduzindo em música tudo o vê e o encanta, contando os “causos” e personalidades populares nas composições, que são interpretadas por grandes nomes da música brasileira, de Patrícia Bastos e Oneide Bastos, à Lucina. “Estou em um momento muito importante, de reconhecimento e satisfação pessoal e profissional, está tudo azul em minha vida, e quero dividir com o público esta fase de encantos”.

Em Entre o Azul Paulinho, Bastos sobe no palco com a banda formada por Taronga, Fábio Mont’Alverne, Fabinho Costa e Miguel Neto, os vocais de Gorete e Amanda Bastos, e os convidados especiais. A artesã Melissa Silva é a responsável pelo cenário, que irá completar as apresentações de músicas como Balalão, Batuqueiro, Pêndulo, Último Chá,  e ainda a poesia Palavra Acesa, de José Chagas, e Baião Psicodélico, de Zé Gonzaga.

Serviços:
Show Entre o Azul
Data: 10 de novembro
Local: Teatro das Bacabeiras
Hora: 20:30
Ingresso: R$ 10,00
Vendas: Bilheteria do Teatro e Banca do Dorimar

 
Compartilhe:

Tópicos: