Cidades

Comissão aprova ampliação do sistema eletrônico de marcação de consultas

Projeto piloto começou a ser testado no município do Amapá, no mês de outubro.

Compartilhe:

Tendo em vista a ampliação e qualificação da saúde no estado do Amapá, foi promovida nessa quarta-feira, 6, a 8ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), presidida pelo Secretário de Estado de Saúde (Sesa), Gastão Calandrini, e pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amapá (Cosems-AP). O diálogo fortaleceu os interesses e decisões em favor dos municípios.

A pauta incluiu, entre outros pontos, a aprovação do fluxograma do sistema de marcação de consultas, que será ampliado para os 16 municípios; apresentação da Lei 13.460/2017, que assegura as formas de participação da sociedade e de avaliação periódica da qualidade dos serviços públicos e o fechamento do calendário de reuniões da CIB para 2018.

O principal assunto da reunião foi a ampliação do sistema de marcação de consultas, que visa organizar o controle do fluxo de acesso aos serviços de saúde, evitando o deslocamento do usuário para a capital, priorizando, sobretudo, a humanização no atendimento.

O sistema é completamente informatizado. Os usuários poderão marcar as consultas após receber o encaminhamento para os médicos especialistas nas unidades de saúde dos municípios, onde devem receber o primeiro acolhimento. A expectativa é começar a implantar o sistema a partir de janeiro. O projeto piloto começou a ser testado no município do Amapá, no mês de outubro.

O secretário Gastão Calandrini avaliou a reunião como positiva, pois priorizou ações relevantes para melhorar a assistência aos munícipes. “Isso foi um grande avanço em que teremos no que se refere ao atendimento à população, porque a partir do momento em que o sistema passa a ser executado nos municípios, nós vamos conseguir acabar com aquelas filas históricas que se concentram no Hospital Alberto Lima”, destacou.

Além disso, ficou agendada uma reunião entre o governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Santana, que ocorrerá nesta quinta-feira, 7, quando será definido um cronograma de execução com ações de controle e combate à malária na região.

A CIB é um espaço estadual de articulação e pactuação política que tem o objetivo de orientar, regulamentar e avaliar os aspectos operacionais do processo de descentralização das ações de saúde e funcionamento dos serviços integrados em redes de atenção à saúde.

 
Compartilhe:

Tópicos: