Macapá - Amapá, 30 Setembro 2014
RSS Facebook Twitter

Polícia

capa1 detran

Uma investigação iniciada há um ano pelo Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil, resultou na prisão de duas pessoas na manhã de ontem, 4, acusadas de envolvimento em um esquema de venda de CNHs e retirada de multas do sistema do Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran-AP).

De acordo com o delegado César Ávila, que comandou a ação, o cabo da Polícia Militar Ivan Gomes da Silva, e o ex-despachante do Detran, Evaldo Vasconcelos da Silva, tinham acesso livre ao órgão, onde conseguiam a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sem que o beneficiário fizesse auto-escola ou fosse submetido a exame prático no Detran-AP.

POLICIA4-DROGA IAPEN

Uma revista feita por homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e agentes prisionais no Pavilhão P2 do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) resultou na apreensão de mais de 1,2 mil papelotes de droga, sendo 1.215 de maconha e 180 de crack, de acordo com o que informou o comando do Bope.

58 homens do Bope tomaram o pavilhão por volta de 5h da manhã fazendo a contenção dos cerca de 200 presos que ainda dormiam no momento da ação. Todos foram levados para uma área de segurança onde permaneceram sob guarda do Batalhão de Choque da PM.

POLICIA4-PATO

Condenado a 19 anos de prisão por envolvimento na morte do policial militar Willian Dickson de Freitas Monteiro, assassinado em 7 de maio de 2007, e cujo cadáver só foi encontrado quatro dias depois no rio Matapi, em Macapá, Wagner Pereira Rodrigues, 33 anos, o “Pato”, foi preso na manhã de ontem, 3, em uma casa localizada no bairro Araxá, zona sul da capital. A prisão foi realizada por agentes da Divisão de Capturas/Polinter.