Macapá - Amapá, 31 Outubro 2014
RSS Facebook Twitter

Polícia

POLICIA4-4 CARRO

O acidente ocorrido na manhã de ontem na rodovia Duca Serra foi a primeira prova de fogo para os mais de 70 policiais militares que puseram em operação na noite de sexta-feira, 3, o Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) sediado no conjunto Cabralzinho, zona Oeste de Macapá.

O atendimento da ocorrência na linha férrea durou menos de cinco minutos. “Chegamos rapidamente ao local para atender a ocorrência. O Corpo de Bombeiros também chegou rapidamente para prestar o socorro médico. Infelizmente iniciamos assim os trabalhos, mas vamos trabalhar intensamente nas rodovias estaduais para impedir que acidentes como este ocorram. A fiscalização será rigorosa a partir de agora”, disse o tenente.

POLICIA1-MULHER MORTA01

Uma mulher de 28 anos de idade identificada como Sidinalva Gonçalves Silva foi assassinada com dois tiros na noite de sexta-feira, 3, na rua Janarí Gentil Nunes, na entrada do bairro Infraero I, zona Norte de Macapá.

Segundo as primeiras informações colhidas pela polícia no local, a vítima seguia em uma bicicleta quando um homem se aproximou rapidamente efetuando os disparos à queima roupa.

POLICIA1-AUSADO01

O delegado Leandro Totino, do Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil, confirmou ontem, 3, ter representado pelo pedido de prisão preventiva contra Otávio Jordão da Silva Cardoso, de 24 anos, que é acusado de se passar por policial civil para aliciar menores e obter vantagens financeiras com a cobrança de alguns serviços.

 

Segundo o delegado presidente do inquérito, há cerca de um ano e meio começaram as investigações sobre o acusado que foi preso no curso da operação “Sodomia”, deflagrada pelo NOI no mesmo período, e que apura uma rede de aliciadores que teriam praticado crimes como estupro de vulnerável.