A conspiração dos girassóis

comentários

Na poesia ou composição existe o termo, pocesso, que quer dizer que o texto foi feito em estado de pocessão, ou seja, algo profético ou em estado de graça ao ponto de você não reconhecer aquele texto como seu. Não se preocupem, nada diabólico.

Procurando meus alfarrábios no baú me assustei com um velho texto intitulado “A CONSPIRAÇAO DOS GIRASSOIS’’ que parece se encaixar no agora.

Derrepente pela manha uma mulher com os olhos verdes vendados anda pela cidade que esta quase em coma de tanto silencio.

Uma pedra cai vinda de um céu distante e fica no caminho,prenunciando a tempestade. Somente uma águia risca o céu santificado pelo próprio nome. Ouve-se vozes desde a noite passada;
_ queremos, precisamos, compramos, fazemos qualquer negocio para destruir o céu. É um grupo de peixes de estranha cor escarlate que conversa dentro de aguas escuras, e eles tem sua propia luz.

Um deles grita, chamem os girassóis. Os girassóis atendem, amarelados de sol, nessa manha não se deixam rezar a reza harmoniosa de Deus. E assim, conspiram em velhas, muito velhas paginas de medo, proclamando o silencio de velhos tempos, nenhum piu, nenhum pássaro, nada. E assim a poesia no tempo se explica.

E o girassol chamado joao diz ao sol

– agora que vença o melhor.

Poesia escrita em 1999.
Abraço Osmar junior !


O DNA de Deus

comentários

Os mistérios revelados são para os olhos dos homens, e os não revelados, para os olhos de Deus (Deuteronômio 29,29).

Mas Deus começa a revelar seus anjos e sua imensa legião de colaboradores nos primórdios da história terrena – anjos mensageiros, verdadeiros gigantes com poder de destruição que dizimou Sodoma e Gomorra.

A Arca de Noé é um espelho que reflete ideias e tecnologia de preservação da espécie a serem descobertos e que já existem na mente divina. A baleia de Jonas inspira um submarino…

Por que somos céticos diante de seres interestelares, ou seres de luz, se Deus é invisível, e às vezes tão visível. Marcas deixadas de inteligência superior nas pirâmides, no deserto de Nazca… até hoje são mistérios. E agora aparecem nas plantações do mundo sinais quilométricos, como se fossem mensagens que dizem: “Nós estamos aqui”.

Nosso DNA tem construído tudo neste planeta, e destruído muita coisa.

Construímos acelerador de partículas para simular a criação do universo, chamado a Partícula de Deus, armas nucleares, avião, submarinos, armas sônicas que estão deixando os golfinhos e as baleias sem rumo e acabando mortos nos litorais, e até coisas perigosas como o projeto Harperr, que faz testes mexendo com a atmosfera e criando terremotos “artificiais” através de ondas sonoras.

Esse DNA, a chamada semelhança é o DNA de Deus. Uma microporção de inteligência que nem sempre é usada para o bem.

Mas algo está acontecendo e a gente nem percebe.

Estamos preocupados com a família; precisamos ficar ricos, precisamos encher as ruas de automóveis até não podermos mais nos mexer, até ficarmos sem espaço, até que Deus ou a própria Terra não nos aguente mais e resolva detonar com tudo. As igrejas e os templos só prometem riquezas, não prometem melhoras reais, não socorrem os enfermos e nem curam o câncer. Jesus viraria a mesa do Templo, de novo, e diria que aquele não era o Templo de Deus.

Inevitavelmente o evolucionismo não escapará do criacionismo; o Evangelho é um livro de avançada linguagem tecnológica, da genética à equação da viagem no tempo.

O islamismo pratica o terror, recrutando jovens facilmente guiados por causas políticas e religiosas.

E a ciência? Andará lendo com mais atenção a Bíblia e vendo que somos conectados a algo maior?

Preste atenção nas coisas, pois Deus gosta do seu avanço mental. Ele não é um Deus que quer que você viva na ignorância. Ora, eu tenho certeza da presença de Deus, então eu acredito sim em seres de Luz, bons e maus, e falo sempre com eles pra que eles saibam que eu sei deles.

Conheço um homem em Cristo que foi ao terceiro céu, se dentro ou fora do corpo, Deus o sabe. (Paulo aos Coríntios).
Bom domingo.


A conspiração dos girassóis

comentários

Na poesia ou composição existe o termo, possesso, que quer dizer que o texto foi feito em estado de possessão, ou seja, algo profético ou em estado de graça ao ponto de você não reconhecer aquele texto como seu. Não se preocupem, nada diabólico.

Procurando meus alfarrábios no baú me assustei com um velho texto intitulado “A CONSPIRAÇÃO DOS GIRASSÓIS’’ que parece se encaixar no agora.

De repente pela manhã uma mulher com os olhos verdes vendados anda pela cidade que está quase em coma de tanto silêncio.

Uma pedra cai vinda de um céu distante e fica no caminho, prenunciando a tempestade. Somente uma águia risca o céu santificado pelo próprio nome. Ouvem-se vozes desde a noite passada;
– queremos, precisamos, compramos, fazemos qualquer negócio para destruir o céu. É um grupo de peixes de estranha cor escarlate que conversa dentro de águas escuras, e eles têm sua própria luz.

Um deles grita, chamem os girassóis. Os girassóis atendem, amarelados de sol, nessa manhã não se deixam rezar a reza harmoniosa de Deus. E assim, conspiram em velhas, muito velhas páginas de medo, proclamando o silêncio de velhos tempos, nenhum piu, nenhum pássaro, nada. E assim a poesia no tempo se explica.

E o girassol chamado joão diz ao sol

– agora que vença o melhor.
(Poesia escrita em 1999)


No tempo em que o amor andou pelas calçadas

comentários

Era uma vez quando ainda existia fim de tarde e todos se sentavam nas calçadas em cadeiras de embalo para conversar olhos nos olhos sobre o dia que passou.
Sonhos eram narrados para construírem algo para o amanhã, eram conversas puras e divertidas, quando os anjos passavam pelas calçadas todos davam “bom dia”, as moças sorriam, os rapazes tiravam o chapéu, e os velhos abençoavam.

Para cada casa uma arvore na frente e varias outras no quintal, não havia grades nas janelas, ladrões somente de corações, e o canto dos passarinhos eram ouvidos tanto quanto o sino da igreja chamando para um sermão de paz, sem gritos, sem milagres profissionais.

A natureza era o brinquedo das crianças que tinham os olhos ávidos de uma certa igualdade perante os quintais sem cerca. Peões, carro de lata e cantiga de roda para ensinar poesia. Tempo de chuva era tempo de chuva, tempo de sol era tempo amansado por sombra e rio em verões de sorrisos.

Uma amizade solidaria andava pelos corações, comprava-se a retalho, emprestava-se do vizinho, pois vizinhos eram familia, as relações de confiança iam do médico ao prefeito, do policial ao dono da taberna. O rio era limpo e os garotos tomavam banho em seu leito, enchentes eram lançantes de março que deixavam a flor dágua transparente, a água vivia em paz com a gente.

Uma rosa por um beijo, um desejo mais desejo, uma moça interessada em romance, uma nudez bem vestida, uma carta bem redigida, o amor caminhava pelas calçadas e pisava sobre as flores de jambo num caminho tão rosado.

Um tempo onde a tecnologia era mais contida, havia muito mais vida, e conforme os ventos de dezembro traziam o natal éramos visitados durante a noite por um bom velho de barbas brancas chamado de papai Noel, na verdade era meu pai, meu amigo e herói das noites de febre e dos dias de espera.

Agora lembro das fadas, e do bicho papão, da mãe do mato, e da mãe dágua, tudo tinha no fundo uma historinha de minha mãe para que eu sossegasse de tanto sonho.
Tempo em que o amor andou pelas calçadas.

Bom domingo!


A Era do Regionalismo em nova ordem

comentários

Na arte sou um buscador da universalidade, a partir da região. Isso leva à criação do gênero que vai ser descoberto mais tarde por um público também buscador. O novo esta por aqui, e isso me interessa, dá sentido à minha vida artística.

A nova era deve ser levada a sério pois em todos os setores sociais ela deverá influenciar filosoficamente, e dar à humanidade já cansada um novo horizonte de qualidade de vida. São diversas as transformações, que vão dos desastres naturais ao caos das grandes cidades, do uso consciente da água à substituição do combustível fóssil, da paz religiosa à evolução política e da educação ambiental ao coração do homem.

A nova era abrirá literalmente o cérebro humano e teremos longevidade, pois isso nos fará parecidos com os seres bíblicos que viviam centenas de anos, pois é comum a evolução do corpo humano. Através da ciência, perdemos a proximidade do divino, e os homens foram demais seduzidos pela tecnologia e as marcas supérfluas que as redes de comunicação nos atiram a todo segundo. O novo homem estará mais próximo da natureza e terá alimento mais saudável.

Por isso canto e faço do Amapá meu universo criativo, pois o futuro dessa qualidade de vida não está nas grandes metrópoles, e sim nesses santuários, onde o homem voltará a adorar o simples. Hoje, velhas bandeiras políticas de lutas populares são corrompidas pelo dinheiro e estragam o país. Esta é a hora de novas mentalidades. Mas o que nossa juventude anda vendo é corrupção, violência institucionalizada, sexo sem limites e muita banalização do respeito. Para muitos, o ceio familiar é o início da mudança. Como estará esta cultura dentro de casa?

Não é de hoje que ser pai ou mãe é dizer sim de forma desmedida. Isso é quase doentio, é transferir para os filhos seu ego insatisfeito, relações abaladas e sabe lá o que mais. A relação com os pais não pode ficar no materialismo. A televisão prega a violência e a cultura de massa com inclusão social e exclusão de qualidade; os aplicativos servem de fuga à solidão urbana e a religião é quase um franchising. O povo vê muita novela e nada de livros; as cidades estão no caos. Quem quer viver neste caos infernal?
Então aceite esta cultura regionalista como avistamento da nova era. Pode estar aí o nosso talento natural, futuro para o Amapá.

Bom domingo.


A luz, a poesia, o som, e o meu amor

comentários

A juventude agora tem mais acesso à informação que os velhos teóricos como eu. Alguns poetas são teóricos porque seu conhecimento é uma pluma ao vento, observam mais não absorvem, fantasiam o universo a seu modo, dizem coisas que podem mudar minutos depois, adoram paginar velhos livros de ciências para ver o antes e a afirmação do depois, são metamorfoses ambulantes, como esse mundo assim o é.

Agora temos smartphones para fazer qualquer pergunta; parece que o próprio universo dialoga com o espaço tempo para promover soluções simplesmente humanas. Drones, por exemplo, poderiam ter sido criados há muito tempo, mas só agora temos essa percepção, coisas dessa ordem universal, cada tempo em seu lugar.

Quando nos interessamos pela quântica na música, é uma triste realidade sabermos que o som não se propaga no vácuo, portanto não podemos cantar uma canção para Deus no espaço cósmico; não podemos orar em voz alta e nem dizer um poema para a mulher amada. No vácuo só podemos lançar mão de outras realidades, alguma sinestesia ou poder telepático, e ver notas e tocá-las pela imaginação como no filme O Pianista que mostrava um músico judeu escondido nos escombros da guerra, que não querendo ser descoberto pelos nazistas, tocava o piano sem apertar as teclas, mas a música se propagava na sua mente. É o que acontece na mente do músico criador. Sua mente pode ouvir e ver o som em cores vagando pelo espaço.

A expansão da luz no vácuo foi discutida por mim e meu filho, um dia desses. A luz é uma mistura de gases e eletromagnetismo que se propaga no espaço. Mas o smartphone dele me deixa encucado, às vezes, quando debatemos alguns assuntos. Então um amigo meu professor da universidade me disse esse tipo de discussão é legal, deixe que ele descubra que é a luz que se propaga no espaço, não o som. Essa descoberta é sadia e inesquecível para vocês.

A opinião de meu filho é importante em tudo que faço, pois ele representa toda a nova geração dentro de casa, e é um feedback para que eu saiba como dizer certas coisas, através da música, para a juventude. Sempre estou pronunciando as palavras cultura, ciência, Deus e sempre peço, veja aí tal coisa pra mim na internet. A gente não escapa mais dessa comodidade tecnológica, mas a juventude tem sua sabedoria e atitude próprias.

Alguns músicos começaram, como os cegos, a enxergar cores no som, e identificar notas através das cores. Venho me interessando por esse assunto há alguns anos, e sei que quanto mais barulho no planeta, mais insensível o homem fica a essa sinestesia. Sons automotivos absurdamente poderosos em festivais nos recantos ecológicos podem interferir na procriação dos animais, pois sua relação sexual depende muitas vezes do canto emitido nos fins de silenciosas tardes. O projeto secreto haarpe testa armas sônicas ao ponto de que o mundo já ouve as trombetas celestes do fim; sons estranhos vindos do céu têm sido escutados no mundo todo. Sou apenas um compositor e prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Dedicado a Zeca Noha


Do big bang à partícula de Deus, o tempo

comentários

Teoria das cordas, buraco de minhoca, possibilidade de viajar no tempo. Você pode não gostar deste assunto, mas, acredite, a ciência se empenha e gasta milhões nessas pesquisas. Será que a ciência humana sabe alguma coisa sobre os portais temporais? O que são esses sinais nas plantações? Os agroglifos. Não sabemos muita coisa do passado deste planeta, só sei que o tempo leva tudo, e que já conseguimos de alguma forma voltar no tempo. Giramos no Equador na velocidade de 2.666 km/h, e o universo se expande velozmente. Os mistérios aparecem a cada tempo, conforme a necessidade deste planeta que é simplesmente vida.

Deus é a vida.
Queremos ser testemunhas oculares daquilo que já aconteceu e foi contado. Lá vou eu de novo acender sua inteligência e minha imaginação de poeta para pensarmos juntos e sem buscar no google sobre nossa necessidade de descobrir uma palavra, um ser, um metal, uma cura, algo novo que nos mostre uma nova realidade. Será que pegamos o caminho certo com nossa mera tecnologia? A tecnologia é apenas uma extensão do corpo humano, a ciência decifrou o DNA humano, mas que descobertas fará sobre a partícula de Deus? O que seria de nós se não fôssemos religiosa e cientificamente inquietos. No momento em que nos preocupávamos com um superimpacto de um asteróide na Terra a ciência pousa uma sonda em um cometa, dizendo que temos condições de defesa contra esses cavaleiros apocalípticos de pedra. Mesmo que voltássemos no tempo não poderíamos modificar a história, é contra a lei universal. Os moais da Ilha de Páscoa nos alertam olhando para o céu, e dizem que não sabemos nada sobre tempo. Não seja tão providencialista, logo o mundo vai ensinar que estamos exagerando em achar que Deus é um Deus de coisas fúteis, mas não perca a fé, ela é necessária, somos a extensão de algo grande e inteligente, e o criacionismo é parte disso. O que Jesus pregou foi o amor, como forma de viver bem consigo e o próximo. A Mãe Terra também esconde segredos, e as pedras não foram decifradas. Quem sabe o acelerador de partículas nos dirá como Caetano Veloso disse, que tudo estava todo tempo aqui na nossa cara, era o óbvio. Somos de Deus a partícula viajando nessa nave mãe viva. Ela permanecerá seguindo seu destino com ou sem nós. Já sabemos de onde viemos e pra onde vamos: viemos do passado e vamos para o futuro, portanto escrevemos agora a história que um dia será passada.

Bom domingo.


O eu interior

comentários

Namaste, o Deus que mora dentro de mim, saúda o Deus que mora dentro de você. Essa sabedoria é muito antiga e verdadeira. Se você não entende isso, não vai fazer muita coisa pelo seu bem-estar nesta vida, suas realizações e até sua saúde.

Sem ignorar a entidade cósmica, o Deus criador, perceba o entrelaçado de energias que formam a teia do tudo, e os milhares de microorganismos que formam o seu corpo.

Você pode ativar sua fé no Espírito Santo, mas creia no seu eu interior. Sua mente pode dar ordens para seus anticorpos adormecidos, como dá ordens aos seus nervos.

O cérebro é receptor e emissor de forças. Quanto mais você o instiga, mais poderoso fica, daí a importância da busca pelo conhecimento. Einstein dizia que o ser que não busca pelo desconhecido está praticamente morto.

Mesmo sendo descuidado com minha saúde, noto que quando caminho, enquanto suo, oro a esse Deus interno com muita força e posso sentir males saindo do meu corpo intoxicado. Peço aos soldados anticorpos que levantem e combatam minhas doenças, e aproveito para abrir os chacras para o universo me transpassar de energias. Tiro dali alguma coisa boa pra mim, pois eu sinto. Se você pede, alcança; batei à porta e ela se abrirá.

Você ora para Deus? Seu Deus interno também lhe atenderá na medida do possível. Guiará você e inspirará – Creia!!!!!

Bom domingo, Namaste.


Faróis na tempestade

comentários

A quem possa interessar, nunca deguste o artista, sim a sua obra. Beijá-lo é perigoso, mas roçar sua lingua na dele é saudável.

Eu diria a uma criança que mésica é paixão. Encha seu coração de música e você estará cheio de amor.

Cuide-se das curiosidades quanto às viagens a outros mundos, porque degradam na volta. O artista é apenas uma fantasia, mas a arte de verdade pode ajudar a mudar o mundo, porque muda-se o mundo mudando pensamentos.

É uma filosofia, mas também é ganha pão. Temos ministérios, secretarias e fundações; temos público, e público é dinheiro; temos mecenas, pessoas de posses que gostam de música e nos financiam, isso desde a Idade Média, como os Borgéas e os Médicis, por exemplo. Temos orquestras, musicais, bandas e um monte de espaço.

É uma questão de conquista, entende. Conquistar pessoas é uma boa profissão. Lembre-se que nem todos correm atrás de notoriedade, isso pode acontecer ou não, mas legal mesmo é ser qualquer coisa por paixão. Talento musical autêntico raramente se aposenta. Muitas pessoas te subjugarão, mas do meio dessa escuridão surgirá uma luz e te iluminará. Perdoe nossos pecados, e olhai dentro dos nossos corações. Somos paz, poetas e amigos dos anjos, pois falamos a lingua deles, filhos de Jubal, que vem de Noé, que é filho de Adão, que foi criado por Deus.

De Jim Morisson a Jimi Hendrix, de Ray Charles a Elvis, de Kurt Cobain a Michael Jackson, de Raul Seixas a Elis, de Cazuza a Renato Russo, de Tim Maia a Kassia Elen, de Chorão a Champion. São faróis na tempestade, anjos loucos por Deus.

Agora enxugue minhas lágrimas, pois na banda escura e na banda clara da terra os anjos tocam, nos túneis, estações, prostíbulos, templos, teatros, praças … Eles tocam pra quem quiser ouvir. Suas gotinhas, por menor que sejam, mollham o mundo de amor. Afinal, o que é um oceano se não milhões de gotinhas reunidas.


Músicos, faróis na escuridão

comentários

A quem possa interessar.

Nunca deguste o artista, sim, a sua obra. Beijá-lo é perigoso, mas roçar sua língua na dele é saudável.

Eu diria a uma criança que música é paixão. Encha seu coração de música e estará cheio de amor. Cuide-se das curiosidades quanto às viagens dos vícios que nos rondam, pois nos degradam na volta. O artista é apenas uma fantasia, mas a arte é uma verdade que pode ajudar a mudar o mundo, porque se muda o mundo, mudando pensamentos.

Musica é uma filosofia, mas também é ganha pão. Temos ministérios, secretarias e fundações; temos público, e público é dinheiro; temos mecenas, pessoas de posses que gostam de música e nos financiam, isso desde a Idade Média, como os Borgeas e os Médicis; temos orquestras, musicais, bandas, templos, ordem, editoras, e um monte de espaço.

É uma questão de conquista, entende, conquistar pessoas. É uma boa profissão. Lembre-se que nem todos os músicos correm atrás de notoriedade. Isso pode acontecer ou não, mas legal, mesmo, é ser qualquer coisa por paixão. Talento musical autêntico raramente se aposenta. Muitas pessoas te subjugarão, mas do meio dessa escuridão surgirá uma luz e te iluminará. Perdoe nossos pecados, e olhai dentro dos nossos corações: somos paz, poetas e amigos dos anjos, pois falamos a lingua deles; herdeiros do dom de Jubal, que vem de Noé, que é filho de Adão, que foi criado por Deus. Somos imperfeitos.

De Jim Morisson a Jimi Hendrix, de Ray Charles a Elvis, de Kurt Cobain a Michael Jackson, de Raul Seixas a Elis Regina, de Cazuza a Renato Russo, de Tim Maia a Kassia Helen, de Chorão a Champion. Todos faróis na escuridão, Anjos loucos, mas cheios de ternura.

Agora enxugue minhas lágrimas e ouça minha canção, pois na banda escura e na banda clara da terra os anjos tocam nos túneis, estações, prostíbulos, igrejas, teatros, praças… eles tocam pra quem quiser ouvir. Suas gotinhas musicais por menor que sejam molham o mundo com amor. Afinal, o que é um oceano senão milhões de gotinhas reunidas.

Bom domingo.