Instabilidade

comentários

O Brasil chega a uma situação de descontrole. Se com o PT no poder a bagunça era geral, pelo menos as instituições funcionavam normalmente, de forma milagrosa, mas funcionavam. Agora, as instituições estão balançando, quase pra cair. Parece que nem mesmo milagre pode sustentá-las. A classe política conseguiu desarticular tudo que poderia levar o país a um mar sereno. O Ministério Público, que vem dando ou vinha dando um exemplo de resistência à corrupção política e empresarial, atuando com transparência e competência, é colocado na parede. Os políticos querem porque querem miná-lo, impedir que continue investigando a senvergonhice que campeia na vida brasileira, e pondo salafrários na cadeia. A magistratura já está sendo até chamada de bandida, não pelo povo, mas pela classe que domina o país. Agora, o Presidente, flagrado em colóquios criminosos com um grande empresário, leva a capital do país à quase incendiada. Enquanto isso, que esperança a população pode ter, quando as suas principais autoridades não podem trabalhar, preocupadas em livrar as suas peles dos erros que cometeram, contra o país? Mas há, sim, uma esperança entre a população, a de que toda essa sujeira seja lavada de vez, e venhamos a ter um país restaurado ou renovado, pelo voto, ou pelo poder militar.

 

Sueli e a adoção

Mãe de dez filhos, oito deles por meio de adoção, a desembargadora Sueli Pini é uma grande entusiasta e incentivadora da adoção, que considera um gesto de amor. Vinte e cinco de maio foi o Dia Nacional da Adoção. Defensora do estímulo e divulgação do instituto da adoção, a desembargadora Sueli Pini avalia bem o Cadastro Nacional de Adoção (CNA), sistema de informações hospedado nos servidores do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Apesar de alvo de muitas críticas, o CNA também recebe muitas manifestações favoráveis. Uma coisa que podemos ter certeza é: melhor tê-lo que não tê-lo”, defendeu a magistrada.

“Deixo bem claro que o CNA não é absoluto, não precisa ser imposto – inclusive podem ser feitas adoções fora dele”, observou a desembargadora. “Ele, pelo menos, é um ponto de partida, onde se tem uma listagem de milhares de pessoas já habilitadas para adoção, além de uma relação de crianças que temos disponíveis para serem adotadas”, acrescentou. Embora precise de ajustes e aperfeiçoamentos, a desembargadora Sueli Pini acredita que é natural que um sistema com tão complexa e ampla missão precise se adaptar e melhorar.

 

Ascensão
Ontem foi o Dia da Ascensão — um dia que muitas vezes é negligenciado. A data marca a ocasião em que o Cristo ressurreto subiu ao Pai, em glória, 40 dias depois da Páscoa.

W. H. Griffith Thomas escreveu numa enciclopédia bíblica: “A ascensão não é somente um grande fato do Novo Testamento, mas um grande acontecimento na vida de Cristo e dos cristãos, e não haverá uma visão completa de Jesus Cristo a não ser que a ascensão e suas consequências sejam incluídas”.

Thomas resumiu o que significa a ascensão para os cristãos. Ela fala de uma redenção que se cumpriu (Hebreus 8:1), a obra de sumo sacerdote do Salvador (Hebreus 4:14), seu senhorio sobre a igreja (Efésios 1:22), sua intercessão por nós junto ao Pai celestial (1 Timóteo 2:5), a vinda do Espírito Santo no Dia de Pentecostes (Atos 2:33), a presença do Senhor junto a nós hoje (Mateus 28:20) e a expectativa de Sua volta a esta terra (1 Tessalonicenses 4:16).

Pense nisso! Jesus não somente morreu, mas ressuscitou dos mortos, voltou para o Pai e está intercedendo por nós agora mesmo. E Ele voltará novamente.

Que este Dia da Ascensão seja um tempo de regozijo especial e de gratidão a Deus. Jesus, que morreu para nos salvar, agora vive para nos guardar.


Chega de pobreza, onde se tem riqueza

comentários

Que o Amapá é rico em minérios, isso é verdade. Pesquisas revelam a grande riqueza no subsolo do estado. Mas que o Amapá pouco usufrui com a extração e a comercialização de minerais, também é verdade. A história tem registrado essa situação a respeito de tudo o que já foi extraído. Manganês, ouro, ferro e outras riquezas, em grandes quantidades, já foram levados para fora, mas pouco ou quase nada ficou de contrapartida, aqui. Pedra Branca do Amapari, Serra do Navio e Lourenço (foto) são exemplos clássicos da pobreza que fica no estado do Amapá, onde já se tirou tanta riqueza. Pesquisas recentes revelam que na região do Amapari ainda existem muito manganês, ouro e ferro, principalmente. O Lourenço, que fica no município de Calçoene, também continua com rico subsolo. Que novas extrações e comercializações venham. Mas que desta vez as nossas autoridades não se locupletem, pelo contrário, que os royalties e contrapartidas provenientes do setor mineral sejam, de fato, utilizados para o bem comum e geral.

 

Antirretrovirais
O Ministério da Saúde vai ofertar no Sistema Único de Saúde (SUS) medicamentos antirretrovirais para reduzir o risco da infecção pelo HIV antes da exposição ao vírus. A Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) passará a ser distribuída no SUS em até 180 dias após a publicação do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT), prevista para a próxima segunda-feira, 29. O anúncio foi feito pelo ministro da saúde, Ricardo Barros (foto), nessa quarta-feira, 24, durante sua participação na Assembleia Mundial de Saúde realizada em Genebra (Suíça).

A PrEP consiste na utilização do antirretroviral (truvada) antes da exposição ao vírus, em pessoas não infectadas pelo HIV e que mantêm relações de risco com maior frequência. “O Brasil, mais uma vez, sai como um dos pioneiros na prevenção e tratamento do HIV”, afirmou o ministro Ricardo Barros, durante entrevista coletiva realizada nessa quarta-feira por videoconferência.

 

Cão guia
Stephen Kuusisto cresceu com o estigma de ser oficialmente cego. Para ele, a visão consistia num caleidoscópio de formas, cores e sombras. Quando estava sozinho, ele colocava o rosto bem próximo das páginas de um catálogo de endereços e decorava nomes de ruas, tentando dar a impressão de que podia enxergar melhor do que era capaz.

Aos 39 anos, Kuusisto comprou Corky, um cão-guia treinado; amoroso e cuidadoso, e sua vida mudou a partir disso. À medida que aprendia a deixar-se guiar pelo animal, Kuusisto observava como a confiança entre eles crescia: “A fé se move da crença para a convicção, e depois à certeza. Somos uma usina de força!” Quando Kuusisto admitiu que precisava da ajuda de um companheiro que enxergava, um mundo novo de liberdade e mobilidade se abriu para ele.

Muitos cristãos tropeçam cegamente em seu caminho pela vida cristã, usando apenas as suas próprias forças. Não estão conscientes de que Deus lhes proveu um guia sobrenatural para conduzi-los. Jesus disse que nos enviaria “o Espírito da verdade”, que nos guiaria a toda a verdade (João 16:13). Quando confessamos os nossos pecados e passamos a depender da direção do Espírito Santo para nos guiar (Gálatas 5:16,18), nos tornamos uma usina de força para Deus! “Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos” (2 Coríntios 5:7).
— Dennis Fisher


Cuidados com a velhice

comentários

A média de idade da população brasileira cresceu consideravelmente nos últimos anos. Dados do IBGE mostram que, em 1980, a cada 100 brasileiros, apenas seis tinham mais de 60 anos. Atualmente, este número saltou para 14 a cada 100. Além do impacto econômico do envelhecimento da população no sistema previdenciário, cresce também a importância de se investir em saúde e assistência médica. O cenário atual mostra a necessidade de tornarmos a morada mais segura, não só para idosos, mas principalmente por eles – a queda é o acidente doméstico mais comum entre os idosos. Isso despertou a atenção de profissionais da arquitetura e do design, além de fabricantes de louças, móveis, acessórios e revestimentos no sentido de projetos e produtos que facilitem e tornem o dia a dia dos idosos mais seguro. Nas salas e nos quartos, o ideal é não ter tapetes, mas por se tratar de um item praticamente universal nas residências, o recomendado é prender as pontas com fitas ou por baixo dos móveis, bem esticadas. Mesas de centro diminuem o espaço de circulação e podem ser trocadas por mesas de canto. Modelos um pouco mais altos de sofás e camas facilitam as ações de se levantar e se deitar, e como os idosos costumam se movimentar com frequência à noite, é bom considerar um tipo de iluminação noturna, suave, para iluminar o caminho até o banheiro ou a cozinha, por exemplo.

 

MP 765

Servidores do ex território federal do Amapá novamente estão empenhados na luta pelo reconhecimento de seus direitos pelo governo federal. Eles solicitam o empenho dos parlamentares amapaenses, na Câmara Federal, para que se empenhem em colocar em pauta e em votação, em caráter de urgência, a Medida Provisória nº 765/2016, sob pena de perda de prazo, considerando que ele expira no dia 1 de junho de 2017.
Os barnabés do Amapá pedem que os parlamentares amapaenses jamais permitam que seus direitos não sejam garantidos, lutando para que a Medida Provisória 765/2016 seja enfim apreciada, votada e aprovada.
Os funcionários federais há tempo empenhados nesta luta salientam, pela relevância do tema e tempo de luta, ser uma velha questão de justiça a quem tanto já contribuiu para o desenvolvimento do Amapá e continuam contribuindo, nas mais diversas áreas.

 

Olhe para frente
Durante o período em que o General Colin Powell foi Secretário de Estado dos EUA, descobriu-se que um discurso que ele havia feito nas Nações Unidas baseava-se, parcialmente, em informações incorretas. Em sua carreira, esse foi um de seus pontos fracos. Powell declarou: “Estou decepcionado. Sinto muito que isso tenha acontecido e desejaria que os que, naquela época, sabiam mais do que eu, tivessem dito algo naquela ocasião, mas não há mais nada que eu possa dizer ou fazer sobre isso.”
Em vez de aprisionar-se no passado, Powell diz que escolheu “concentrar-se no para-brisas da frente, e não no espelho retrovisor” da vida.
Todos nós temos algo em nosso passado de que nos arrependemos. Pode ter sido um erro honesto, um fracasso moral ou uma decisão insensata. Desejamos que nunca tivesse acontecido, mas isso permanece em nossas mentes e, às vezes, nos puxa para baixo.
Lemos em Provérbios 24:13,14: “…o favo, […] é doce ao teu paladar. Então, sabe que assim é a sabedoria para a tua alma; se a achares, haverá bom futuro, e não será frustrada a tua esperança”.
Embora o passado continue a fazer parte de nossa vida, ele não precisa determinar o nosso futuro. Com a sabedoria de Deus e o perdão que Ele oferece (Salmo 130:3,4; Atos 13:38,39), podemos olhar o futuro com esperança.
— David C. McCasland


Bandidos em pesquisa

comentários

Organizações de pesquisas do Brasil ainda não perceberam, mas elas vêm fazendo um desserviço à Nação ao divulgar a tendência do eleitorado para a próxima eleição presidencial. Lula, Aécio Neves, Dilma Rousseff, Geraldo Alckmin e Michel Temer não eram para estar na lista de presidenciáveis, como foco das pesquisas. Eles, comprovadamente, são danosos ao país. Meteram a mão, quem sabe ainda metem a mão no dinheiro de todos nós brasileiros. Bolsonaro e Marina podem ser suportados como presidenciáveis ou merecedores de compor a lista para a apreciação da tendência eleitoral. Aí os institutos nacionais podem dizer, mas como não colocar esses nomes em pesquisas, se são eles que estão à disposição do eleitorado para o maior cargo do país? Verdade! O povo tem os líderes que merece, porém essas organizações pesquisadoras também são formadoras de opinião. Que tal tirar da lista de postulantes a chefe da Nação esses nomes sujos da política, e nela incluir jovens de sucesso e homens e mulheres experimentados na prática da decência e do bem querer público? Isso tiraria os olhos e a atenção da população dessa gente que o melhor que faz é ir pra cadeia, não para a cadeira principal do país.

 

Fora de época

Presidente da Liesap, doutor Vicente Cruz se empenha no projeto por ele idealizado de realização do carnaval em setembro, fugindo do período chuvoso do tradicional desfile das escolas de samba. A ideia, pode-se dizer, já saiu do papel, e agora está nos preparativos preliminares, para chegar nos finalmentes. Pelo menos sete das 11 agremiações carnavalescas congregadas pela Liesap já fecharam com Vicente Cruz que, por sua vez, vem conseguindo de pessoas de peso político e empresarial. Assim sendo, dentro de pouco tempo podemos ter notícia confirmando o carnaval fora de época, aproveitando o Equinócio da Primavera, bem no meio do mundo. Um boa! A foto mostra a última reunião do pessoal de linha de frente que quer o carnaval primaveril em Macapá.

 

Urso medroso
Um gato marrom e branco, de uns seis quilos, levou a sério sua tarefa de cuidar do quintal de seus donos. Muitas vezes ele assustava pequenos animais intrusos, mas os donos ficaram surpresos quando certo dia o encontraram sentado debaixo de uma árvore grande, olhando para cima, para um enorme urso preto.
O gato ronronou para o urso quando este entrou no quintal, vindo de uma floresta vizinha. O urso assustado subiu rapidamente na árvore. Como pode um urso preto enorme ter medo de um gatinho? Que absurdo!
Mais absurdos ainda são os nossos pensamentos de preocupação e medo, se considerarmos que temos um Deus poderoso e bom que cuida de nós. Jesus disse aos Seus discípulos: “…não andeis ansiosos…” (Mateus 6:25,31,34). Ele disse que não precisamos ter medo ou nos preocuparmos, porque o nosso Pai celestial conhece as nossas necessidades e temos grande valor para Ele (vv.26,32). O Senhor está totalmente pronto e é capaz de suprir as nossas necessidades.
Quando algo nos preocupa, qual é a nossa perspectiva? Não é o que vemos, mas como o vemos, que revela a nossa atitude. Se olharmos para a vida pelas lentes de nosso Deus, poderoso e bom, confiaremos nele em vez de nos preocuparmos e termos medo. Quando nossa perspectiva está correta, podemos enxergar Deus e Sua fiel provisão. A preocupação é um fardo que Deus não quer que carreguemos.
— Anne Cetas


Mutirão de conciliação

comentários

A Justiça do Amapá e o Banco do Brasil realizaram nesta semana mais um mutirão de audiências concentradas de conciliação no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania do Fórum de Macapá. Foram 56 processos com a finalidade de chegar a acordos satisfatórios para as partes. A cooperação com o Banco do Brasil tem o objetivo de proporcionar rápida negociação de conflitos, visando encerrar demandas bancárias por meio de negociação e, dessa forma, promover celeridade na solução de processos. Segundo Célio Roberto da Silva Leão, advogado representante do BB no mutirão, a ocasião foi uma oportunidade vista com bons olhos pela instituição bancária, seja por proporcionar acordos que atenderam ambas as partes, por contribuir para a redução do volume de processos nas mãos do Poder Judiciário e, ainda, por representar economia para todos os envolvidos – no acordo despesas que teriam no litígio, como transporte, honorários etc., foram eliminadas. Além dos mutirões com bancos  – a Justiçal também já realizou com Itaú e Bradesco, por exemplo –, outras instituições como a Companhia de Eletricidade do Amapá, Prefeitura de Macapá e o Governo do Estado do Amapá participam da ação de conciliação.

 

Tempos difíceis

Alguém já disse que se há insatisfação popular é porque há algo errado ou muita coisa errada na sociedade. Estamos num momento em que o mundo todo reclama, do lado da população. Os governantes tomam decisões que não visam o bem comum, o que deveria ser feito se os mandatários tivessem a consciência de que em vez de senhores na verdade são servos do povo. Há uma inversão de valores. A migração de sírios para outros países, fugindo dos horrores da guerra, é uma lástima. Em alguns outros países orientais o êxodo é uma constante, culpa dos que os governam. No Brasil, a desfaçatez de políticos é um ridículo que já se tornou comum, de tanto ser praticada. O presidente Temer, por exemplo, quer negar o inegável. O impoluto Aécio Neves já foi afastado do Senado, pode perder o mandato e até ser preso. O governo dos Estados Unidos, maior potência material do mundo, vem metendo medo em todos na face da Terra. Estariam comprometidos com a Rússia. Isso é alarmante. Já pensou Estados Unidos e Rússia, juntos, com todo o aparelhamento bélico que possuem? Minha esperança, minha trincheira, é aquela máxima bíblica: aquele que perseverar no bem, até o fim, será salvo.

 

Dê graças
O Salmo 92 é um cântico ‘para o dia de sábado’, um lugar de descanso para aqueles que estão atribulados.
O cântico começa com uma declaração de louvor: “Bom é render graças ao Senhor…”.
É bom deixar os nossos pensamentos de preocupação e ansiedade e “anunciar de manhã a [Sua] misericórdia e, durante as noites, a [Sua] fidelidade” (v.2). Deus nos ama e é sempre fiel! Ele nos alegra (v.4).
O louvor não nos deixa apenas contentes, mas também nos torna sábios. Começamos a entender algo da grandeza de Deus e de Seu plano criativo em tudo o que Ele faz (vv.5-9). Obtemos a sabedoria que está oculta àqueles que não conhecem a Deus. Os ímpios podem ‘florescer’ e ‘brotar como a erva’ por um momento (v.7), mas no final eles serão destruídos.
Todavia, o justo se une ao que é ‘exaltado para sempre’. Os justos florescerão “como a palmeira” e como o “cedro do Líbano” (v.12), símbolos de beleza graciosa e de forças poderosas. Pois eles foram “plantados na Casa do Senhor” (v.13). Suas raízes chegam ao solo da fidelidade divina; eles são sustentados pelo amor inextinguível de Deus.
Dê graças e louvor ao Senhor hoje! Um coração afinado com Deus canta louvores ao Seu nome.
— David H. Roper


Sonho

comentários

O sonho é inerente ao ser humano. Há quem diga que os animais chamados irracionais também sonham. O ser humano é racional, quer dizer, possui a razão, mas também é animal. Por isso, tem os seus momentos de irracionalidade. Já o bicho, o animal pra valer, age pelo instinto, o homem também tem o seu instinto. O instinto de fidelidade do cachorro é impressionante. Não diria o mesmo do instinto do homem. O gato é de uma gratidão maravilhosa. A quem lhe dá comida, ele sempre acompanha com carinho de dar inveja a qualquer ser humano. Mas o sonho é um fenômeno do homem e da mulher. Tem o sonho físico, que afeta a mente com imagens, pensamentos e fantasias. Especialistas dizem que o sonho tem a ver com o dia a dia das pessoas, mas também podem ser premonições. São famosos os sonhos interpretados por José do Egito e o profeta Daniel. E há o sonho da aspiração, da realização pessoal ou coletiva. Ah, esse tipo de sonho mexe com todos. Todos sonham conseguir alguma coisa. Abraham Lincoln, depois de muitos reveses, conseguiu ser Presidente dos Estados Unidos; Ghandi sonhou ser livre sem violência, e a Índia dele conseguiu se livrar da Inglaterra sem dar sequer um tiro; Martin Luther King Jr. sonhou dias melhores para o homem negro da América do Norte, conseguiu. Esses três grandes homens foram assassinados. Sim, mas não mataram os sonhos deles. Como também a grande maioria dos atuais políticos brasileiros não matará os sonhos do nosso povo de um dia virmos a ser uma Nação próspera, ordeira e feliz, independente deles.

 

Confissão

Vou falar de confissão. Para mim, a confissão, na essência do termo, é a que mais se aproxima da verdade. Nela, na confissão pura, a pessoa extravasa as suas culpas, portanto, fala a verdade, e a verdade, por sua vez, muda de significado de acordo com a civilização, a cultura e a sociedade. Mas na confissão ela é manifestada mais propriamente, porque se torna a busca de um alívio para o ego, independente de onde a pessoa se encontra. Existem várias formas de confissão. Há a confissão feita na justiça dos homens; a professada entre pessoas que se ferem física ou moralmente; há até a confissão meio que inocente de errinhos banais, mas que mexem com os mais sensíveis. Para a maioria do mundo, no entanto, a confissão na essência da palavra é aquela feita ao sacerdote, na busca de consolo espiritual. Busquemos essa confissão. Ela é importante na caminhada da vida, principalmente para aqueles que não esperam a morte, mas a Vida Eterna, a Vida no Reino de Deus. Entre as confissões, também há aquela travestida em delação, hoje muito em voga no Brasil, no curso da Operação Lava Jato. A pessoa confessa o crime que cometeu, porém cita todos os que com ele transgrediram. Quer dizer, é um alcaguete, bandido que quer livrar a própria cara, não se garante, e põe os outros na mesma barca da corrupção. Ah, agora a delação já é chamada de colaboração.

 

Resposta certa
Quando Jesus fazia uma pergunta, não era porque Ele não sabia a resposta. Pode ter certeza de que Ele queria esclarecer algo.
Jesus e Seus discípulos estavam em Cesareia de Filipe, longe de sua terra. Era um lugar de idolatria e opressão, um lugar ameaçador; política e espiritualmente. Naquele ambiente, Jesus apresentou duas perguntas importantes para a compreensão de Sua identidade. Ele não estava interessado em Seu índice de popularidade, mas queria que os Seus seguidores soubessem quem era aquele que estavam seguindo.
Hoje, a nossa cultura é tão hostil e contrária a Jesus como na época em que Ele perguntou pela primeira vez: “…Quem diz o povo ser o Filho do Homem?” (Mateus 16:13). Como nos dias de Jesus, as pessoas dão uma longa lista de ideias inadequadas e incorretas sobre o nosso Salvador, que se estendem de: “apenas um bom mestre” até a “um separatista” e “intolerante”.
A verdadeira pergunta foi e continua sendo: “Mas vós […] quem dizeis que eu sou?” (16:15). Pedro declarou corajosamente: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (v.16). Jesus disse que a confissão correta de Pedro foi uma percepção dada por Deus e que Pedro era bem-aventurado por causa de sua declaração (v.17).
Como Pedro, confesse que Jesus é o seu Salvador. Você receberá encorajamento e será abençoado.
Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus… —1 João 5:1
— Joe Stowell


Aleluia!

comentários

Ao chegar no jornal abri meu e-mail e deparei com duas preciosidades. A primeira, vinda das Edições Paulinas, que diz: ‘A automotivação é um processo diário. Sua força beira a magia’. A outra, do ‘Pão Diário’, com o título ‘Como ser feliz’. Fala sobre a felicidade, alinhando dez dicas para se viver mais contente. Vou partilhar estas dicas: 1ª – Doe algo; 2ª – Faça uma gentileza; 3ª – Agradeça sempre; 4ª – Trabalhe com disposição e vigor; 5ª – Visite os idosos e aprenda com as experiências deles; 6ª – Olhe com atenção para o rosto de um bebê e maravilhe-se; 7ª –  Ria com frequência — é o lubrificante da vida; 8ª – Ore para conhecer o caminho de Deus; 9ª – Planeje como se você fosse viver para sempre — você viverá; 10ª – Viva como se hoje fosse seu último dia de vida na Terra. Essas são excelentes ideias para se ter uma vida feliz. Reforce cada uma dessas dicas com louvor, e sua felicidade será completa. ‘Aleluia! Louva, ó minha alma, ao Senhor. Louvarei ao Senhor durante a minha vida…’ (Salmo 146:1,2).

 

Evangelização com literatura

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) promoverá, depois de amanhã, 20, Treinamento para Evangelização com Literatura em Santana (AP). Voltado a integrantes do programa Sócio Evangelizador e pessoas interessadas sobre a temática da evangelização com literatura bíblica, o evento acontecerá das 9h às 16h, na Igreja Assembleia de Deus de Santana – Templo Central, oferecendo aos participantes a possibilidade de conhecer mais sobre o trabalho da SBB.
A programação inclui as palestras ‘Metodologia da distribuição de literatura’ e ‘A pessoa e a atitude do evangelista’, ministradas pelo coordenador de desenvolvimento institucional da SBB, Pr. Gilvan Lima. O evento contará, ainda, com oficinas de ‘Orientação para evangelismo de crianças’, ‘Conhecendo a semente para semear’ e ‘Conectando o jovem com a Palavra’.
De abrangência nacional, o programa Sócio Evangelizador tem o intuito de despertar nas pessoas o interesse pela Bíblia Sagrada. Milhões de folhetos e livretos com a mensagem de esperança da Bíblia são distribuídos em locais de grande movimento por esses voluntários, para semear a Palavra de Deus no coração das pessoas.
As inscrições para o Treinamento para Evangelização com Literatura são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones 0800 727 8888 e (96) 3281-2038. Vagas limitadas.

 

Confiança equivocada
Um bem sucedido homem de negócios afirmou: “Quase toda religião fala da vinda de um salvador. Quando você olha no espelho pela manhã, você está olhando para o seu salvador. Ninguém vai salvá-lo, a não ser você mesmo”.
Como cristãos, nós não concordamos com essa afirmação, porque contradiz diretamente o Evangelho. A Bíblia ensina exatamente o oposto. O apóstolo Pedro, referindo-se a Jesus, falou: “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (Atos 4:12).
Na Carta aos Romanos 4, temos o ensinamento claro de que é pela fé, e não ações, que podemos estabelecer um relacionamento com Deus: “Mas, ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça” (v.5). “Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei (3:28).” De nenhuma forma podemos assegurar — seja com dinheiro ou com boas obras — a aceitação de nossos seres pecaminosos diante de Deus.
Não podemos nos salvar a nós mesmos. Podemos ser salvos somente pelo Filho de Deus, Jesus, que viveu uma vida sem pecado, morreu como sacrifício perfeito pelos nossos pecados e ressuscitou dos mortos. Jesus deu-se a si mesmo para nos conceder a salvação. — Vernon C. Grounds


Desenho com luz

comentários

A fotografia é uma das descobertas mais impressionantes da Humanidade. Falo descoberta, porque o homem não inventa nada, apenas são dados a ele os elementos necessários criados por Deus para que venhamos, pelas nossas próprias mãos, ter melhores condições de vida. Quer dizer, homem não cria, não inventa nada, apenas descobre o que é feito por Deus. Assim, ele vai dominando o Universo, conforme desígnio divino. Com a fotografia ocorre isso. A descoberta ocorreu na primeira metade do século XIX, por um francês que exercitou a sua inteligência dada pelo Altíssimo. Lançando as mãos no fenômeno físico câmara obscura, com ajuda da fotossensibilidade de sais de prata, Joseph Nicéphore Niépce chegou aos primórdios da fotografia, tradução do grego ‘desenhar com luz’. Depois, o procedimento foi sendo aperfeiçoado, e hoje a arte tem a beleza e o poder que todos conhecemos. Mas a vida, e isto decerto também é a vontade de Deus, é altamente democrática, relativista, sincrética. Beneficiando-se do intrincado processo descoberto por Niépce, hoje há os artistas da fotografia, homens e mulheres que têm o bater retrato como ganhão pão, muitos sem nenhum conhecimento sobre como isso começou. É, Deus é bom, mesmo.

 

Pleno do Tjap

Andou-se divulgando por aí que hoje, 17, o plenário do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) julgaria 17 ações penais oriundas de processos da Operação Mãos Limpas, aquela de 2010, da Polícia Federal do Brasil, na nomenclatura imitando a executada na Itália, anos antes, mas no modus operandi, nem tanto. Pois bem, o pleno do Tjap reúne-se hoje, de fato, a partir das 8h, para julgar não 17 ações penais, mas 13. No total, as ações penais originadas na memorável operação peefiana são 21. No caso, dentro de pouco tempo as outras oito serão assuntos para novos julgmentos dos desembargadores amapaenses. É bom que se diga que a sessão plenária do Tjap de hoje não é apenas para julgar deputados estaduais, ex deputados estaduais e servidores da Assembleia Legislativa, a respeito de desvios de dinheiro público a título de diárias, mas também para julgamentos de outros casos, como de mandados de segurança contra a Secretaria Estadual de Administração, o comandante da Polícia Militar e a Secretaria Estadual de Saúde, além de embargos de declaração contra a Prefeitura Municipal de Cutias do Araguari, bem como pedido de sustação de ação penal decorrente da Operação Eclésia, realizada pelo MP-AP, em 2012, revelando uma série de esquemas de corrupção na Aleap.

 

Suspeita
É no mínimo estranho o Detran, entre as exigências legais num processo para o conseguimento da habilitação de condutor de veículo, obrigar o candidato a fazer exame de vista numa clínica médica indicada pelo próprio órgão. Por que será, hem? A coisa é tão ostensiva que no no DAR do Detran, em que o candidato já paga R$ 100, consta a tal clínica médica parceira do órgão de trânsito, com estes dizeres: ‘Clínica Médica / Rua Jovino Dinoá atrás do Hemoap 1016 Jesus de Nazaré Macapá / (96) 91723843 / Dra. Demian Romulo Andrade Athanzio. Muitos detalhes, né? Ah, enquanto por aí há exame de vista por R$ 30, a clínica do Detran cobra R$ 130. Eu, hein!

 

Encanto
Visitei, ontem à tarde, os Peixinhos Voadores, na Polícia Militar.
Saído da Redação, com a cabeça carregada de textos escritos e leituras realizadas, ali tive momentos de paz.
Lindo foi ver aquelas dezenas de crianças, traduzindo alegria nos rostos, em contato com a água da imensa piscina.
No alto falante da escola de natação a maviosa música ‘Oração de São Francisco’, belamente interpretada pelo padre Antônio Maria.
E ainda aquele vento natural que se espraia naquela região do quartel principal da Polícia Militar do Amapá.


Canção

comentários

Festival Nacional da Canção abriu as inscrições para a seleção das músicas que serão apresentadas a partir do dia 28 de julho em seis cidades sulmineiras. As inscrições, que vão até o dia 5 de junho, devem ser feitas pelo site do Fenac (festivalnacionaldacancao.com.br), onde os músicos também têm acesso a todas as informações do evento. O Fenac é considerado o maior festival de música do país. Em 2016, o evento recebeu cerca de 3 mil músicas. Artistas de 23 estados brasileiros enviaram suas canções, mas apenas 100 foram selecionadas para as etapas classificatórias. Neste ano, a primeira cidade a receber o evento fica no circuito das águas e é São Lourenço (28 e 29/07), em seguida o Fenac segue para Extrema (4 e 5/8), São Thomé das Letras (11 e 12/8), Três Pontas (25 e 26/8) e Guapé (1 e 2/9). A grande final acontece no berço do festival em Boa Esperança nos dias 7,8 e 9 de setembro. E foi em 1971 no auge dos festivais do Brasil que surgiu o Festival Nacional da Canção e desde então acontece ininterruptamente vencendo as barreiras do tempo. Esta é 47º edição do evento que distribuir 200 mil reais em prêmios e promete mais uma vez mostrar a grandeza da boa música brasileira. E o vencedor leva para a casa o cobiçado troféu Lamartine Babo.

 

Missão de levar a Palavra de Deus
Movida pela missão de levar a Palavra de Deus a todas as pessoas, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) concebeu uma nova campanha evangelística, que propõe às igrejas o desafio de distribuir um milhão de bíblias ao longo de 2017. Com o nome de ‘Mude o Brasil pela Bíblia – 500 anos da Reforma’, a campanha é acompanhada de edições especiais do Livro Sagrado, nas quais se destacam os valores e o legado do movimento iniciado na Alemanha no século 16 por Martinho Lutero, que enalteceu a centralidade das Escrituras Sagradas para a fé e a vida cristãs.

“A população brasileira, assim como a de outros países, vive uma crise de valores. O núcleo familiar está cada vez mais enfraquecido. Muitos problemas sociais estão sendo enfrentados por conta desse cenário. Esta campanha tem o objetivo de mostrar que somente uma Palavra pode transformar e ela está facilmente acessível na Bíblia Sagrada”, afirma Erní Seibert, secretário de comunicação, ação social e arrecadação da SBB.

Inspirada no versículo ‘A Palavra de nosso Deus permanece eternamente’ (Isaías 40.8), a publicação preparada especialmente para a campanha traz os cinco pilares da Reforma: Somente pela Graça, Somente pela Fé, Somente pela Escritura, Somente por Cristo e Somente a Deus a Glória. A edição também destaca 15 valores-chave: Amor, Educação, Perdão, Esperança, Fé e Confiança, Honestidade, Humildade, Integridade, Justiça, Paz, Sabedoria e Prudência, Solidariedade, Trabalho, União e Verdade.
“São mais de 100 versículos selecionados. Munidas desta Bíblia, as igrejas podem promover estudos bíblicos e cultos sobre esta importante temática, que é o legado da Reforma Protestante”, reforça o secretário.

 

Vida
Como as abelhas chegam ao néctar? Os cientistas dizem que tudo é questão da dança da “sacudida”. A teoria foi considerada com ceticismo quando apresentada pela primeira vez, por meio do zoólogo e ganhador do Prêmio Nobel, Karl von Frisch, nos anos de 1960. Mas agora, os pesquisadores britânicos usaram pequeninos refletores de radar, colados nas abelhas operárias, para confirmar a teoria de Frisch. Eles confirmaram que a abelha orienta o seu corpo na direção da fonte de comida e usa a intensidade da sua dança para sinalizar a distância às outras abelhas.

A mulher que encontrou Jesus no poço de Jacó também descobriu uma maneira de guiar o restante de sua comunidade para aquilo que ela tinha encontrado — a água viva (João 4:10). As pessoas foram atraídas a também descobrirem essa fonte porque aquela mulher, com cinco ex-maridos e um atual, estava dizendo: “Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito…” (v.29).

Quando a multidão se aproximava, aquele que em outras ocasiões chamou a si mesmo de “o pão da vida” (6:48) estava dizendo aos Seus discípulos que a Sua comida era fazer a vontade de Deus (4:32,34).

Jesus é a água viva e o alimento para a nossa alma. Unir-se a Ele para fazer a vontade de Deus e terminar a Sua obra é a melhor fonte de nutrição. Se você já encontrou o alimento para a sua alma, conduza outros a mesma Fonte. — Mart De Haan


Sinais de Deus

comentários

As aparições de Fátima são sinais de Deus que em seu kairós alerta a humanidade sobre o fato de que devemos reavaliar os conceitos em que estamos a nos envolver. Deus, na sua Suprema preocupação de sempre querer bem os seus filhos, de forma intermitente usa pessoas justas para alertar a humanidade sobre o seu amor incondicional e o plano da Vida Eterna elaborado por Ele. Foi assim com Abraão, Jacó, José do Egito, Moisés, Samuel, Davi, com Maria e o esposo José, entre tantos outros. Lá atrás, há mais de dois mil anos, o anjo Gabriel avisou Maria que ela seria a Mãe do Filho do Deus. Em 1917, cem anos atrás, Deus usou a própria Maria para através de três crianças anunciar ao mundo a preocupação D’Ele com o pecado que grassava mais intensamente incentivado pela Primeira Guerra Mundial já em seus estertores. Por desígnio divino, Maria também falou da devoção a Ela que deve ser praticada e da importância do Terço. Nossa Senhora, rogai por nós!

 

Elas merecem! 

Neste Dia das Mães homenageio duas mulheres – mãe e filha, porém ambas mães. Dona Elza e Carolina Lopes. A primeira, uma manicure que com esforço próprio criou os quatro filhos com dignidade e respeito – Alcides, Analice, Carol e Heliton. Depois, resolveu encarar o mundo de frente. Hoje é funcionária pública lotada na Secretaria de Estado de Saúde do Amapá e presidente do Sindicato dos Técnicos de Saúde Bucal do Amapá (Sintasb-AP). Dona Elza, uma guerreira!
Carolina, a Carol, com o espírito guerreiro da mãe, chegou a dar uns passos em salões de beleza, mas parou. Entrou no ramo empresarial, fez jornalismo acadêmico e agora está prestes a se formar em advocacia. Na foto, ela com a amiga doutora Josiane Ferreira e os filhos Antônio, Marcello e Catarina.

 

Chegando tarde
Eduardo, declarava-se ateu e durante 50 anos de sua vida negou a existência de Deus. Ao contrair uma doença debilitante, sua saúde deteriorou-se. Enquanto estava numa casa de repouso, aguardando a morte, Eduardo recebia a visita de alguns amigos cristãos, de sua época de colégio. Eles sempre lhe falavam sobre o amor de Cristo. Mas quanto mais se aproximava da morte, mais ele parecia não se interessar por Deus.
Entretanto, num certo domingo, um pastor foi visitá-lo. Para surpresa de todos, Eduardo orou com ele e pediu perdão a Jesus, e foi salvo. Algumas semanas mais tarde, faleceu.
Eduardo negou a Cristo por 50 anos e investiu apenas duas semanas de sua vida amando e confiando no Senhor. Mas por causa de sua fé, ele experimentará para sempre a presença, a glória, o amor, a majestade e a perfeição de Deus. Alguns podem argumentar que isto não é justo. Mas, segundo a parábola no evangelho de Mateus 20, não é uma questão de justiça. Trata-se da bondade e graça de Deus (vv.11-15).
Você esperou tanto tempo assim para confiar em Jesus e receber a salvação? Você considera tarde demais para conhecê-lo agora? Considere o ladrão na cruz, que confiou em Jesus pouco antes de morrer (Lucas 23:39-43). Confie em Jesus agora, e receba o Seu dom da vida eterna. Hoje, não é tarde demais! É uma ousadia perigosa dizer “amanhã”, quando Deus diz “hoje!” – Dave Branon