Fifa disciplina bola na mão

Com a nova decisão, o jogador deixará o campo na linha na próxima de onde estiver. Também em relação à mão bola, entidade resolveu que a bola na mão será de decisão do árbitro que definirá diferente de mão na bola. Para dinamizar as partidas é o objetivo da Fifa.

Compartilhe:

Cada vez mais manter o povo ligado ao futebol a Fifa procura adequar regras dos 90 minutos às mais práticas possíveis para agradar cada vez mais o torcedor. O órgão da entidade que cuida das regras do jogo, a Internacional Board, se reuniu no último sábado, na Escócia, disciplinando movimentos comuns nas partidas. Um deles, refere-se à substituição de jogadores. Hoje, o substituído, por interesse de sua equipe, quando em vantagem, atravessa o campo todo até chegar ao local indicado para sair. Com a nova decisão, o jogador deixará o campo na linha na próxima de onde estiver. Também em relação à mão bola, entidade resolveu que a bola na mão será de decisão do árbitro que definirá diferente de mão na bola. Para dinamizar as partidas é o objetivo da Fifa.

Liberadores
A grande façanha da rodada de abertura da Taça Libertadores 2019, foi a vitória do Flamengo, que, jogando em Oruro, na altitude de 3 mil 700 metros, derrotou o San José, da Bolívia, por 1 a o, gols de Gabigol, constituindo na primeira vitória do time rubro negro em jogo de abertura fora de casa. O próximo do Flamengo, será no Maracanã, contra a LDU. Na sequencia da rodada, o Internacional derrotou o Palestino, por 1 a o; o Palmeiras o Juniors, por 2 a 0, e o Grêmio empatou com Rosário, por 1 a 1.

Vinicius Junior
A situação do Real Madrid se complicou com a saída de Cristiano Ronaldo, estando em crise dentro fora de campo. No último jogo pela Liga dos Campeões, o time foi derrotado em casa, no Santiago Bernabéu, por 4 a 1, para o Ajax, ao qual derrotou na primeira partida e precisava de um empate. O pior na derrota é que perdeu o brasileiro Vinicius Junior por dois meses. O jogador que vinha se constituindo na sensação na Europa, sofreu séria lesão no tornozelo direito e ficará em jogar durante dois meses. Além da perda na ascensão do jogador, o Brasil ficará sem seu concurso na seleção, porque Tite o havia convocado para os dois amistosos, contra Panamá e República Tcheca.


 
Compartilhe: