SP vence e mantém liderança

O desfecho do 0 a 0, entre Internacional e Palmeiras, em Porto Alegre beneficiou o time de Diego Aguirre. O placar final da rodada foi: Vasco 3 Chapecoense 1; Vitória 1 Atlético Mineiro 0; Cruzeiro 2 Fluminense 1; Santos 2 Bahia 0; Corinthians 1 Paraná 0; Botafogo 2 Sport 0;

Compartilhe:

om postura de líder, o São Paulo derrotou o América Mineiro, domingo, em Belo Horizonte, e manteve a ponta do Brasileirão, com 45 pontos, três a mais do Internacional e quatro, do Flamengo. A rodada foi proveitosa para o tricolor paulista, porque seus adversários direitos empataram. A vitória em Minas demorou e só veio quase no final da partida. O desfecho do 0 a 0, entre Internacional e Palmeiras, em Porto Alegre beneficiou o time de Diego Aguirre. O placar final da rodada foi: Vasco 3 Chapecoense 1; Vitória 1 Atlético Mineiro 0; Cruzeiro 2 Fluminense 1; Santos 2 Bahia 0; Corinthians 1 Paraná 0; Botafogo 2 Sport 0;

Vasco
Depois de dispensar Jorginho e ficar uma semana com Waldir Bigode, o Vasco contratou Alberto Valentim, que esteve no Botafogo e que deixou o Egito depois de três meses de contrato, por não aceitar intromissão no trabalho. Ele foi apresentado ontem. E o clube vascaíno espera terminar o ano com o treinador.

Paolo Guerrero
Surpreendido com a decisão da Fifa de obrigá-lo a cumprir mais oito meses de suspensão, Paolo Guerrero recorreu à entidade de Zurique para que seja mantida a decisão que o permitiu a competir na Copa da Rússia, defendendo a seleção peruana. A suspensão original sob a alegação de doping era de um ano e oito meses, prazo que ele conseguiu converter. Paolo já estava com contrato firmado com o Internacional e agora terá que atender a punição da Fifa.

Vinicius Junior
Finalmente, Vinicius Junior começou sua participação oficial no Real Madrid. Jogando pela equipe B do clube, ele teve atuação discreta, mas mesmo assim o treinador, o ex-jogador Solaris, garantiu que ele tem condição de brilhar e logo ser conduzido para o time principal.

Cielo
O campeão olímpico Cesar Cielo voltou a nadar bem e conquistar medalhas. Ele competiu no Troféu José Finkel e ganhou a prova de 100 metros nado livre e garantiu presença no próximo mundial de piscina curta, onde irá nadar os 50 metros, prova que lhe deu o título olímpico,, em 2008, em Pequim. Como aconteceu nos Jogos Olímpicos, após a vitoria, Cielo chorou de emoção.


 
Compartilhe: