Timão e Fla dão adeus a Libertadores

O Timão mesmo vencendo o Colo Colo, do Chile, também não conseguiu continuar. Além da saída da competição, o clube ainda teve 180 cadeiras destruídas pelos torcedores, insatisfeitos com o resultado.

Compartilhe:

A Taça Libertadores da América é a competição mais importantes para os clubes no calendário sul-americano. Perder a classificação para qualquer fase da Libertadores prejudica o participante, pois invalida a possibilidade de chegar ao título final e poder representar o continente no Mundial de Clubes Fifa, maior graduação para o vencedor. Pois foi exatamente o que aconteceu com Flamengo e Corinthians, que não passaram pelas oitavas de final da Libertadores, caindo ambos, mesmo ganhando as partidas de volta. A necessidade de participar em vários torneios resultam sempre em prejuízo para o interesse financeiro da agremiação. O time carioca venceu o Cruzeiro, em Belo Horizonte, mas não conseguiu superar o placar de 2 a 0, da partida de ida. O Timão mesmo vencendo o Colo Colo, do Chile, também não conseguiu continuar. Além da saída da competição, o clube ainda teve 180 cadeiras destruídas pelos torcedores, insatisfeitos com o resultado.

Cuca
A perspectiva que se considerava para o treinador Cuca cera permanência longa no Santos, mas isso pode durar muito pouco. Empate do time contra o Independiente, da Argentina, pela Libertadores e o grande tumulto dos torcedores, destruindo as cadeiras do Morumbi motivaram o treinador Cuca e fazer críticas ao clube, dizendo que o “ clube precisa melhorar e muito. Não foi de agrado do presidente José Carlos Peres, que entrou em rota de colisão com o treinador e não será dificil, nos próximos dias, mais um profissional desempregado.

Modric
O grande meio campo da seleção da Croácia e também do Real Madrid conquistou o título de melhor jogador da temporada europeia, desbancando Cristiano Ronaldo, considerado favorito e que tentava o tricampeonato da série. Modric foi o grande esteio da seleção croata na Copa da Rússia, conquistando o vice campeonato.

São Paulo
O clima do São Paulo é bastante festivo entre os jogadores. Líder isolado do Brasileirão, com 45 pontos tem diariamente manifestação de alegria de seus jogadores. O último a expressar e clima de regozijo foi o atacante Bruno Peres, colocando no mais alto grau o ambiente com os colegas, exaltando também, o excelente trabalho desenvolvido pelo treinador Diego Aguirre, ao qual todos se devotam com grande dedicação e o resultado aparece.


 
Compartilhe: