27 de junho: Dia Nacional do Quadrilheiro Junino

De acordo com a Lei, é considerado quadrilheiro junino todo profissional que utiliza meio de expressão artística cantada, dançada ou falada, transmitido por tradição popular nas festas juninas.

Compartilhe:

Desde 2011 que o 27 de junho é comemorado o Dia Nacional do Quadrilheiro Junino (data da aprovação do Projeto de Lei 12.390 -11), em homenagem aos militantes e propagadores da cultura junina brasileira. O projeto de Lei é de autoria da ex-deputada federal, Nilmar Ruiz.

De acordo com a Lei, é considerado quadrilheiro junino todo profissional que utiliza meio de expressão artística cantada, dançada ou falada, transmitido por tradição popular nas festas juninas.
Na justificativa de seu projeto, Nilmar Ruiz, destacou a significativa participação popular nas danças juninas. Para ela, a data é um “registro da memória.

Desde então, todas as pessoas envolvidas como esse segmento, recebeu a nomenclatura de “Quadrilheiro Junino”, antes só chamados de “Quadrilheiros”, termo que causava conflito com o trabalho real e função dos militantes, que eram confundidos (pelo chamado) com pessoas envolvidas com crimes.

Hoje, todas as regiões do país, que trabalham nesse segmento, comemora a conquistada data e as festanças do mês de junho.

As quadrilhas juninas proporcionam grandes apresentações com espetáculos de danças coreografadas, indumentárias e cenografias, voltados para os festejos dos santos (Antônio, Pedro e João). A essência é preservada, mas as apresentações ganharam alterações nos estilos de dançar e vestir, pois as quadrilhas juninas ficaram mais espetaculares, como a modernidade, mas nunca deixaram de valorizar os conceitos e respeitar a tradição.

 

  • Expectativa

Vai começar o “Arraiá no Meio do Mundo” (estadual), de 30 de junho a 7 de julho, no Sambódromo, com as quadrilhas juninas selecionadas nos pólos, em vários municípios.

 

  • Sim ou não?

Mesmo sem nenhuma informação oficial, mas a população ainda acredita que haverá desfile das escolas de samba do Amapá em 2019.
Ficamos aguardando a manifestação da instituição responsável pelo evento.

 

  • Copa

Nesta quarta, 27, não apresentaremos o programa “O Canto da Amazônia” (Diário FM 90,9), em decorrência do jogo Brasil X Sérvia, na Copa da Rússia.

 

  • Esquecimento?

Parece que os segmentos artísticos culturais foram esquecidos pelo poder público. Não vemos nenhuma atitude para tentar reerguer a bandeira da arte. Esquecimento total.

 

  • Agenda

Sexta, 29, o projeto “Cantando a Amazônia” recebe dois shows, “Clube da Esquina” e “São Batuques”, com Beto Oscar e Helder Brandão.
Convidados especiais: Naldo Maranhão, Brenda Melo, Alan Gomes e João Amorim. No Norte das Águas, Complexo Marlindo Serrano – Araxá, 22h. Informações: 99149-6446.

 

  • “Girassol”

Nome do show que a cantora Brenda Melo vai apresentar dia 6 de julho, no Norte das Águas, às 22h.
No Norte das Águas, Complexo Marlindo Serrano – Araxá, 22h. Informações: 98119-2790 e 98113-6730.

 

  • Ligajum

A Liga Municipal de Quadrilhas Juninas vai realizar seu 1º festival, de 27 a 29 de junho.
Na Praça do Beirol (próximo ao Super Fácil, às 19h). São 24 estilizadas e 5 tradicionais.


 
Compartilhe: