Comissão Nacional da Música

Proposta

Compartilhe:

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, sugeriu ontem 4/3, a criação de uma Comissão Nacional da Música para atender e articular demandas do setor. O grupo vai articular propostas e encaminhá-las para a Comissão Nacional das Artes, que formulará a Política Nacional das Artes, sob a coordenação da Funarte.

Cada linguagem artística (teatro, artes plásticas, música) terá um grupo específico que levará contribuições para a Comissão Nacional das Artes. A iniciativa anunciada para música pretende dar início aos trabalhos de curto prazo para rearticular o setor. “Ela irá integrar seminários e promover encontros para as discussões avançarem e chegarmos a um redesenho institucional”, disse o presidente da Funarte, Francisco Bosco.

Juca Ferreira enfatizou ainda a necessidade de reativar o mercado, investir na formação de artistas e de dar importância à atuação do Estado neste setor. “O Estado é um indutor do mercado. As rádios públicas e o Estado podem estimular uma melhor variedade”, disse. “Temos que discutir um marco legal, um conjunto de normas a regulamentar e fomentar um novo ciclo, entre eles, direitos autorais.”

Outro ponto abordado foi a complexidade da música brasileira. “A queda da indústria gerou economias locais que impulsionaram criações regionais”, afirmou o ministro. “O ministério (da Cultura) está pensando em um mapeamento completo desta complexidade para que a política pública dê conta dela.”

Entre os participantes estiveram Pena Schmidt, diretor do Centro Cultural São Paulo; Cacá Machado, músico e professor do departamento de música da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Benjamim Taubkin, músico e produtor da Casa do Núcleo; Pablo Capilé, membro da rede de coletivos culturais Fora do Eixo; e Heloisa Aidar, produtora da Pommelo. (www.cultura.gov.br).


 
Compartilhe: