Conheça o que é a Piracema

Durante a piracema, os peixes nadam contra a correnteza. Esse processo é extremamente importante para o sucesso reprodutivo, uma vez que o esforço físico aumenta a produção de hormônios e causa a queima de gordura.

Compartilhe:

A piracema é um fenômeno que ocorre com diversas espécies de peixes ao redor do mundo. A palavra vem do tupi e significa “subida do peixe”. O processo recebe esse nome porque, todos os anos, eles nadam rio acima para realizar a desova.

Durante a piracema, os peixes nadam contra a correnteza. Esse processo é extremamente importante para o sucesso reprodutivo, uma vez que o esforço físico aumenta a produção de hormônios e causa a queima de gordura. Os testículos dos peixes machos nesse período aumentam de tamanho, ficando repletos de sêmen. No momento da fecundação, que ocorre externamente, a fêmea lança óvulos na água, enquanto o macho lança os espermatozóides diretamente sobre eles. Após esse momento, os peixes descem novamente o rio. Vale des tacar que ovos e larvas também fazem a viagem no sentido contrário ao da piracema enquanto amadurecem. No nosso país, esse processo ocorre nas épocas de chuvas de verão, que causam o aumento do nível dos rios.

Um grande obstáculo à piracema é a presença de barragem. Os peixes, ao tentarem subir o rio, encontram esse obstáculo e, muitas vezes, ferem-se gravemente, além de ficarem muito exaustos. É nesse momento que muitos predadores se fartam de alimento. Mesmo quando os peixes conseguem se reproduzir, as larvas e ovos não conseguem sobreviver nos reservatórios. Além disso, há as turbinas que podem causar a morte tanto dos peixes quanto dos ovos e larvas.

Vale destacar que, geralmente, as barragens apresentam sistemas para a transposição de peixes com a finalidade de diminuir os impactos relatados. Esses sistemas consistem normalmente em uma espécie de escada que facilita a subida e descida dos peixes, úteis nos países do Hemisfério Norte, entretanto, nos países da América do Sul, não teve tanto sucesso.

Em estúdio
Cantor e compositor Paulinho Bastos, está em estúdio gravando seu primeiro CD, ainda sem título definido.


Marabaixo

Vem aí o Festival do Marabaixo pra fortalecer ainda mais a cultura da maior manifestação do povo amapaense. Aguardem.

 

Mudança
Está confirmado para o dia 26 de agosto (sexta) o show do cantor e compositor Nilson Chaves, no Bar Vitruviano, às 23h.
Avenida Machado de Assis, entre as Ruas Leopoldo Machado e Hamilton Silva – Centro.

 

Tenda
Na sexta, 19, será a vez do cantor e compositor Nivito Guedes, subir no palco da Tenda Cultural do Rod’ Bar (Araxá) às 22h.

 

Agenda
Na sexta, 19, tem show do cantor e compositor Alan Gomes, no quiosque Bar do Nêgo, próximo ao Trapiche Eliezer Levy (Beira Rio), às 9 da noite.
Com repertório refinadíssimo da boa música popular brasileira.

 

Amazônia
Nesta quinta, 18, a agenda do projeto Sesc Amazônia das Artes apresenta o espetáculo “Linguagem: Dança”.
Com Janaína Lobo (PI): Sotaque – salão de eventos do Sesc Araxá, 20h. Entrada franca.

 

“Batom Bacaba”
Novo CD da cantora amapaense Patricia Bastos, “Batom Bacaba” já tem data de lançamento em Macapá. Dia 11 de novembro, no Teatro das Bacabeiras.
Dia 29 de setembro – Rio de Janeiro (Solar do Botafogo), dia 2 de outubro – Campinas, São Paulo (Concha Acústica do Parque Taquaral) e dia 6 no Centro Cultural Rio Verde, capital.

 

Propostas
Segmentos artísticos e culturais do Amapá aguardam bons, verdadeiros e viáveis projetos dos candidatos que se apresentam para vereadores e prefeitos, em todo o estado.
As campanhas já começaram e toda população está atenta.


 
Compartilhe: