Joinville é a capital nacional da dança

A entrega simbólica do título ocorreu na noite de abertura do 34ª Festival de Dança de Joinville, na quarta-feira (20), e o título foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta.

Compartilhe:

Agora é oficial e a cidade catarinense de Joinville é a Capital Nacional da Dança. O título, sancionado pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo ministro da Cultura, Marcelo Calero, só confirma a vocação da região que promove, há mais de 30 anos, o Festival de Dança considerado pelo Guiness Book como o maior no mundo em número de participantes – em torno de 4,5 mil bailarinos. A cidade ainda abriga a única Escola do Balé Bolshoi fora da Rússia.

A entrega simbólica do título ocorreu na noite de abertura do 34ª Festival de Dança de Joinville, na quarta-feira (20), e o título foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta (21). Há mais de 30 anos, Joinville promove o evento e, em paralelo, acontecem também a Mostra de Dança Contemporânea, o Festival Meia Ponta – voltado para crianças –, a Feira da Sapatilha, o Encontro das Ruas, a Rua da Dança, além do Palcos Abertos e da Passarela da Dança. O festival segue até sábado (30), com diversas companhias nacionais de dança.

Para o presidente do Instituto Festival de Dança de Joinville, Ely Diniz da Silva Pinto, o título concedido oficialmente à cidade já tem o reconhecimento dos participantes. “A diferença é que agora é oficial, é lei. Culturalmente é inquestionável, pois sediamos um festival considerado o maior do mundo em número de participantes e abrigamos a única escola do Balé Boshoi fora da Rússia”, salientou. O ministro da Cultura, Marcelo Calero, reforçou que a dança conferiu um outro status à cidade: “O título de capital da dança concedido a Joinville reflete a riqueza da produção artística brasileira e a importância econômica da atividade cultural”.

A edição deste ano do Festival reúne mais de 400 grupos de escolas de dança do país. Segundo ele, a maioria dos estados está representada. “Joinville é um “brasileirão da dança”, diz, ao acrescentar que a média de público nos espetáculos é de 4,2 mil pessoas, entre turistas e a comunidade local, apenas no palco principal. Mas mais 230 mil pessoas circulam pelos palcos espalhados pela cidade. A realização do evento só é possível porque o Festival está na lista dos beneficiados com incentivo fiscal da Lei Rouanet. “O mecanismo é de extrema importância para a produção cultural no país e por isso é muito importante entender que o que se faz em cultura não seria possível sem essa fonte de financiamento. (www.cultura.gov.br).

 

  • Jovem Guarda

Nesta sexta (20), a casa de shows Dona Antônia vai apresentar A Noite da Jovem Guarda, com a banda Don Juan’s.
Av: Gal. Gurjão – Centro, ao lado do Teatro das Bacabeiras, às 21h. Boa pedida.

 

  • É hoje

Samba e Chorinho no palco do Norte das Águas, nesta sexta (20), a partir das 20h. Artistas: Lolito do Bandolim, Humberto Moreira e Beto 7 Cordas. No Complexo Marlindo Serrano – Araxá.

 

  • Musa

Dia 29 de julho vai acontecer o tradicional concurso Musa Verão, no balneário de Fazendinha.
Como parte da programação do Macapá Verão 2018.

 

  • Sucesso

O projeto musical Estação Lunar, que acontece toda quinta de julho em Fazendinha (durante o Macapá Verão) é sucesso garantido de público.
Cerca de 6 shows a cada noite, sempre iniciando, às 19h. É a valorização da música e do artista regional tucuju.

 

  • Aprovado

O povo amapaense aprovou a música Jeito Tucuju gravada no ritmo do samba, pelo cantor e compositor carioca, Rangel.
Segunda (16), na Lapa (RJ), ele gravou ao vivo seu novo disco (CD), incluindo Jeito Tucuju (hino cultural do Amapá). Obrigado.

 

  • Cinema

O Ministério da Cultura, por meio da Agência Nacional do Cinema, lançou a Chamada Pública Fluxo Contínuo Produção para Cinema 2018.
SãoR$ 150 milhões projetos de longas-metragens de ficção, documentário e animação apresentados por produtoras brasileiras e distribuidoras brasileiras independentes. (www.cultura.gov.br).

 

  • Estação Lunar

Na quinta (26) tem mais Estação Lunar no balneário de Fazendinha, a partir das 7 da noite, com artistas regionais cantando nossa aldeia.
Atrações: Marrecos Land, Sabrina Zahara, Cássio Pontes, Banda Suíte Popular, Oneide Bastos, Arraial do Pavulagem e Zé Miguel.


 
Compartilhe: