Jorge Amado e o seu “Cemitério” Particular

O escritor e poeta brasileiro, Jorge Amado, nos presenteou com muitas escritas como esse “Cemitério”. Guarde-o pra você.

Compartilhe:

Poesia é um gênero literário caracterizado pela composição em versos estruturados de forma harmoniosa. É uma manifestação de beleza e estética retratada pelo poeta em forma de palavras. No sentido figurado, poesia é tudo aquilo que comove, que sensibiliza e desperta sentimentos. É qualquer forma de arte que inspira, encanta e que é sublime e bela.

O escritor e poeta brasileiro, Jorge Amado, nos presenteou com muitas escritas como esse “Cemitério”. Guarde-o pra você.

“Tenho horror a hospitais, os frios corredores, as salas de espera, ante-salas da morte, mais ainda a cemitérios onde as flores perdem o viço, não há flor bonita em campo santo. Possuo, no entanto, um cemitério meu, pessoal, eu o construí e inaugurei há alguns anos quando a vida me amadureceu o sentimento. Nele enterro aqueles que matei, ou seja, aqueles que para mim deixaram de existir, morreram: os que um dia tiveram a minha estima e perderam.

Quando um tipo vai além de todas as medidas e de fato me ofende, já com ele não me aborreço, não fico enojado ou furioso, não brigo, não corto relações, não lhe nego o cumprimento. Enterro-o na vala comum de meu cemitério – nele não existe jazigo de família, túmulos individuais, os mortos jazem em cova rasa, na promiscuidade da salafrarice, do mau caráter. Para mim o fulano morreu, foi enterrado, faça o que fa&cce dil;a já não pode me magoar.

Raros enterros – ainda bem! – de um pérfido, de um perjuro, de um desleal, de alguém que faltou à amizade, traiu o amor, foi por demais interesseiro, falso, hipócrita, arrogante – a impostura e a presunção me ofendem fácil. No pequeno e feio cemitério, sem flores, sem lágrimas, sem um pingo de saudade, apodrecem uns tantos sujeitos, umas poucas mulheres, uns e outras varri da memória, retirei da vida.

Encontro na rua um desses fantasmas, paro a conversar, escuto, correspondo às frases, às saudações, aos elogios, aceito o abraço, o beijo fraterno de Judas. “Sigo adiante e o tipo pensa que mais uma vez me enganou, mal sabe ele que está morto e enterrado”.

 

  • Tambor

A festa Tambor da Liberdade foi remarcada para o dia 1º de junho na Maloca daTia Chuinha, no Curiaú, a partir das 12h.
Com exposição cultural, roda de conversa, capoeira, hip-hop, marabaixo, batuque, bloco Kulembé, Brenda Melo, Amadeu Cavalcante, Mayara Braga, Oneide Bastos, Enrico Di Miceli, Silmara Lobato e Paulinho Bastos.

 

  • Música

Escola de música Walquiria Lima está com inscrições abertas, até 31 de maio, para 104 vagas no curso de Educação Profissional Técnica dos instrumentos: contrabaixo elétrico, piano, saxofone, violino, violão erudito e vilão popular.
As inscrições estão sendo feitas pelo site www.processoseletivo.ap.gov.br.

 

  • Samba

Sábado (25) o projeto Pagode do Josimar vai apresentar um show com o grupo Papo Reto, o sambista Mel e Kinzinho AP, além do DJ Samuel.
Na casa de eventos Beija-Flor Festas & Eventos, a partir das 18h. na rua Hamilton Silva, entre as avs: 13 de Setembro e Felipe Camarão – Beirol.

 

  • Beneficente

Dia 7 de junho, às 10h, será realizado um festival de prêmios em prol do tratamento de saúde da poeta e marabaixeira, Esmeraldina Santos, na maloca da Tia Chiquinha (Curiaú).
Terá apresentação de vários artistas como: Banda Afro Brasil, Mayara Braga, Oneide Bastos, Brenda Melo, Bloco Kulembé, grupo Raízes do Bolo, Paulinho Bastos e outras atrações.

 

  • Em Sampa

Sábado (25) tem show da cantora, Patrícia Bastos e Marcelo Pretto, na Casa de Francisca, em São Paulo (antigo Palacete Tereza – Centro), às 22h, com Dante Ozzetti, Swami Jr. e participação especial de Thais Ozzetti.

 

  • Agenda aí

Dia 8 de junho vai rolar a Feijoada do Meio Dia da Imperatriz, na Fortaleza dos Gonçalves (av: Enestino Borges – Jesus de Nazaré), a partir das 12h.
Participação de vários grupos de samba e pagode, e dos intérpretes das escolas de samba amapaense.

 

  • Campeã

Quadrilha junina Simpatia da Juventude conquistou o título do Pré-Festival da Fefap, no último domingo (19), ocorrido no Complexo do Super Fácil – Beirol.
Com a temática Um Sonho Real, a Simpa contou um pouquinho de seus 25 anos de criação. Parabéns.


 
Compartilhe: