Mais de 500 mil livros formam os acervos do Iphan

Ao todo, são 13 bibliotecas que guardam mais de 500 mil livros e periódicos, e estão interligadas entre si e às principais bibliotecas do país. Nos arquivos do Iphan estão 5,5 km lineares de textos

Compartilhe:

Desde sua fundação, em 1937, o Iphan tem constituído e conservado um dos maiores acervos bibliográficos, documentais e iconográficos do Brasil. Esse conjunto é referência nacional e internacional no que se refere à gênese e ao desenvolvimento da cultura brasileira. O Iphan reuniu extenso material histórico entre os anos 1940 e 1960, resultado da ampliação de sua atuação e, nas décadas seguintes, recebeu inumeras doações de pessoas físicas e jurídicas. A partir de 2011, priorizou-se a digitalização dos acervos e suas condições de guarda e conservação.

Ao todo, são 13 bibliotecas que guardam mais de 500 mil livros e periódicos, e estão interligadas entre si e às principais bibliotecas do país. Nos arquivos do Iphan estão 5,5 km lineares de textos, 411 mil imagens, mapas e fotografias e, aproximadamente, 2.000 títulos de audiovisuais, entre os quais os documentários do Etnodoc. Estes últimos, formam uma coleção de documentários etnográficos que apresentam diversidade de estilos e narrativas e despertam o interesse de instituições educacionais e culturais, bibliotecas comunitárias e cineclubes.

Um dos mais importantes acervos do Iphan é o Arquivo Central que reúne os dados registrados sobre os bens tombados como Patrimônio Material, nos Livros do Tombo (Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico; Histórico; das Belas Artes; e das Artes Aplicadas). O Patrimônio Imaterial está agrupado por categoria e inscrito nos Livros de Registro (dos Saberes; das Celebrações; das Formas de Expressão; e dos Lugares).

As Cartas Patrimoniais compõem outro acervo de grande valor e apresentam as recomendações referentes à proteção e preservação do Patrimônio Cultural, elaborados em encontros em diferentes épocas e partes do mundo. Somam-se a esses acervos, os títulos publicados pelo Iphan que proporcionam ao público em geral o acesso a obras essenciais ao conhecimento do Patrimônio Cultural Brasileiro. Ao longo de quase oito décadas de trabalho, foram editadas mais de 1.500 obras relacionadas às atividades de preservação, tombamento, registro e valorização desse patrimônio e a projetos de restauração e recuperação de centros históricos em todas as regiões do Brasil. (portal.iphan.gov.br).

 

  • Exposição

Na sexta (6), completa 16 anos da Exposição a Céu Aberto, no Museu Sacaca, das 9h às 17h. Fazendo parte da campanha “Vem Pro Museu. Valorize, Que é Nosso.
Na programação terá Contação de Estória, Oficinas de Bonecas, galeria de artes Samaúma, Cortejo de Marabaixo e outras atrações. Entrada gratuita.

 

  • Agenda

Hoje tem o projeto Quinta do Jazz no quiosque Norte das Águas, no Complexo Marlindo Serrano (Araxá), a partir das 21h.
Quinteto Amazon Music e convidados estarão tocando o melhor repertório da música instrumental. Vá lá.

 

  • Escuridão

Cidades do Samba está na escuridão total e isso vem deixando a população mais assustada.
O local sem atividades e como está, contribui com a insegurança dos moradores e de quem passa por lá. Quem resolve?

 

  • Promessa

O Amapá foi um dos três estados onde não houve captação de recursos via Lei Rouanet em 2017. Os outros foram Acre e Roraima.
“Queremos mudar esse cenário e ampliar o uso dos mecanismos de fomento à cultura em todas as regiões.
Vamos capacitar e estimular proponentes e gestores públicos, qualificar projetos e atrair mais patrocinadores, disse o ministro Sérgio Leitão, no lançamento do circuito “Cultura Gera Futuro”, em Macapá (segunda 2).

 

  • Mudança

Marina Beckmam é a nova coordenadora da Fundação de Cultura de Macapá, em substituição a Sérgio Lemos (Teco), que foi para o gabinete civil.
Marina estava como diretora adjunta da Fumcult. Sua posse está agendada pra semana que vem. Boa sorte.

 

  • Agenda

Dia 4 de maio tem show nacional “Todo Caminho é Sorte, em Macapá, da cantora Roberta Campos.
Na casa de show Prime (antiga Green). Informações: 98137-3130.

 

  • Corrida

A 1ª Corrida da Polícia Civil vai acontecer dia 22 de abril, em comemoração a semana do policial civil, de 16 a 22 deste mês.
Inscrições ao preço de R$ 50,00, pelo www.chiptiming.com.br.


 
Compartilhe: