Patativas Tucujus no Sesc Araxá

O trabalho artístico retrata momentos da vida do poeta Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré, e apresenta seus poemas de forma teatralizada em formato de sarau

Compartilhe:

O Sesc Amapá promove no dia 27 de setembro, às 19h, no Salão de Eventos (Sesc Araxá), a apresentação “Patativas Tucujus”, do grupo Companhia de Artes Tucujus. O evento tem como intuito resgatar e repaginar os trabalhos antigos do grupo, apresentando uma nova versão da performance poética Patativas Tucujus, baseando-se no espetáculo teatral “O Sertão por Patativa” e na versão antiga de “Patativa – Verbo Poético do Sertão”.

O trabalho artístico retrata momentos da vida do poeta Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré, e apresenta seus poemas de forma teatralizada em formato de sarau, mesclando teatro e poesia, ao som de percussão, misturando a literatura nordestina com a literatura amazônica.

Uma pequena rádio representada no interior de uma cidade. Uma humilde casa composta por significantes símbolos de comunidades rurais. Um locutor que também é um sonoplasta. Um grupo de artistas da cultura popular, designados como os Patativas Tucujus. Neste ambiente, esse grupo formado por atores performers, apresentam quadros narrando a vida de Patativa do Assaré em sua humilde casa e seus poemas de forma teatral e do jeito de ser da vida nortista . Estão presentes na performance poética, poemas consagrados do poeta, tais como, “Cante lá que eu canto cá”, “Ispinho e Fulô” e “Triste Partida”. Mesclando teatro, poesia, música e dança. (www.sescamapa.com.br).

 

  • “A Face do Meu Amor”

A música de Rambolde Campos e a poesia de Joãozinho Gomes construíram a mais nova e bela obra do cancioneiro tucuju brasileiro, “A Face do Meu Amor”. Uma perfeita harmonia do amor com e a verdade da pureza de uma flor.
Uma parceria que junta a linguagem musical de dois artistas amazônicos em favor da vida e da beleza universal. Parabéns.

 

  • Alternativa

Um grupo de pessoas, liderado por Francisco Lino da Silva, está viabilizando o pagamento da dívida trabalhista, que levou a justiça a incluir a sede social de Boêmios do Laguinho, como bem penhorado, disponível a leilão.

 

  • Proteção

Câmara dos Deputados lança Frente Parlamentar em defesa do Patrimônio Cultural, com o objetivo de apoiar e fortalecer as instituições ou órgãos federais, estaduais e municipais responsáveis pela defesa da memória do país. (www.cultura.gov.br).

 

  • Negritude

A jovem Keane Santos, 14, é a Mais Bela Negra do município de Calçoene, eleita na terça, 3, na 15ª edição do Movimento Negro daquela cidade.
Com coreografia assinada por Jader Cristian e traje de Serginho Oliveira, a campeã defendeu a temática “O Show das Belezas Africanas”. Parabéns.

 

  • “Encanto das Águas”

Cantor e compositor, Natal Vilar, lançando sua nova obra musical, “Encanto das Águas”, que é uma bela homenagem ao grande rio Amazonas.

 

  • Tardizinha

Dia 15 de setembro tem o show de samba “Tardezinha do Piratão”, no Norte das Águas (Complexo Marlindo Serrano – Araxá), a partir das 15h30.
Atrações: Fábio Moreno, Charlinho, bateria Majestosa, casal Mestre Sala e Porta Bandeira, Rainha de Bateria e participação especial de Rally do Samba.

 

  • Exposição

Galeria de Artes Antônio Munhoz (Sesc Araxá) está com exposição fotográfica, “(RE) conhecendo a Amazônia Negra: Povos, Costumes e Influências Negras na Floresta”, até o final de setembro. Da artista Marcela Bomfim (RO), que faz parte do circuito Amazônia das Artes. (www.sescamapa.com.br).


 
Compartilhe: