Quinta é dia de Estação Lunar em Fazendinha

O evento iniciará às 19h com exposição e seguirá com muita música para o público. A segurança será feita pela Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM).

Compartilhe:

A programação do Macapá Verão 2018 segue em praças e balneários da capital. Nesta quinta-feira, 12, haverá a segunda edição do projeto Estação Lunar no distrito de Fazendinha. Ao todo, serão oito atrações, que incluem poesia, Marabaixo, Música Popular Amapaense (MPA) e exposição.

O evento iniciará às 19h com exposição e seguirá com muita música para o público. A segurança será feita pela Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM). A gastronomia fica por conta dos bares e restaurantes e dos ambulantes cadastrados pela prefeitura. Além disso, tem a Feira Colaborativa Mulheres que Fazem.

• 19h- Exposição do lixo a luz segundo tudonotodo – Afrane Távora; 20h- Mayara Braga;

•20h30- Poetas Azuis; 21h- Grupo Pilão; 21h30- Eudes Fraga; 22h30- Marabaixo da Juventude; 23h- Brenda Melo; 00h – Amadeu Cavalcante.
(Cássia Lima – Assessora de comunicação/PMM).

 

  • “São Tiago”

Título da nova música de Claudete Moreira, Joãozinho Gomes e Zé Miguel, com produção de Hian Moreira e gravada no estúdio HM.

 

  • Homenagem

Sexta, 13, tem show especial no palco do Norte das Águas (Complexo Marlindo Serrano – Araxá), com “Alan Gomes Cantando Djavan”, a partir das 22h. Repertório refinado. Informações: 98140-4980.

 

  • Manual

O Ministério da Cultura disponibilizou a edição on-line do Manual de Reparo e Manutenção de Instrumentos Musicais de Sopro, desenvolvido por José Vieira Filho. A obra é resultado de um trabalho pioneiro feito pelo autor para bandas de música de Portugal e dos Açores e, posteriormente, do Brasil. (www.cultura.gov.br).

 

  • Miss

Dia 22 de julho, no Teatro das Bacabeiras, está agendado para acontecer o Concurso Miss Amapá Nóbel. São 14 candidatas concorrendo ao título. A coordenação é da modelo amapaense Tharcila Helen.

 

  • Destruindo

Devagar o Centro de Cultura Negra (sede da UNA), que só funciona de novembro em novembro, está sendo destruído pelo tempo.
Parte da cobertura da maloca já não existe, estrutura comprometida, o mato tomou conta, a sujeira geral, etc. Com a palavra as comunidades quilombolas, que compõem o movimento negro, responsáveis pelo local.

 

  • Ícone

Professor Nonato Leal continua encantando a todos com a musicalidade de seu violão mágico. Técnica refinada e repertório espetacular. Poucos têm esse fantástico privilégio. Bravo.

 

  • Destaque

Miss Caipira da quadrilha junina Simpatia da Juventude, Michaely Medeiros, conquistou nota máxima em todos os concursos que participou na quadra junina deste ano. Meiga, alinhada, “abusada”, estilosa, criativa e competente. Merece o destaque e o registro da coluna.


 
Compartilhe: