Criminalidade

É verdade, a Bíblia diz isso, como também é verdade que nosso setor de segurança pública está muito melhor preparado em oratória que de aparelhamento para o combate à criminalidade.

Compartilhe:

Saí de casa pouco depois das 6h. Na esquina peguei a companhia de uma vizinha na direção da parada de ônibus, três quarteirões adiante. Logo a vizinha falou que no bairro Ipê tinham liquidado um rapaz de forma cruel, com várias terçadadas, porque ele se negara a dar dinheiro pra beber aos quais imediatamente o mataram. Já na parada de ônibus ouvi uma mulher comentar que no início da noite anterior, próximo de sua casa, marginais, em arrastão, assaltaram várias pessoas. Subi no coletivo e uma mulher comentava pra outra que há instantes um homem lhe tomara o celular, na frente de muitas pessoas. Costumo ler, quando ando de ônibus. Ontem, lia ‘O que a Bíblia realmente ensina?’, das Testemunhas de Jeová. Justamente quando ouvi o relato do assalto por um telefone celular, lia este trecho: “A cada ano que passa, o mundo fica mais perigoso. Ele está cheio de exércitos agressivos, políticos desonestos, líderes religiosos hipócritas e criminosos endurecidos”. Depois vinha a justificativa de que tudo isso é porque o mundo está dominado pelo opositor de Deus, o Satanás. É verdade, a Bíblia diz isso, como também é verdade que nosso setor de segurança pública está muito melhor preparado em oratória que de aparelhamento para o combate à criminalidade.

 

Amor, ternura e saudades


Abro espaço ao doutor maçom Raimundo Lopes, que faz homenagem in memoriam de sua amada Maria Célia, que foi para o Terceiro Céu há 23 anos.

À SENHORA MARIA CÉLIA DA SILVA LOPES, por ocasião da passagem de vinte e três anos de separação (06.04.95), quero fazer minhas as palavras contidas nos versos de PEPE GUIZAR – RODOLFO VILA:

SEM TI
Sem ti eu não poderei viver,
E pensar que nunca mais serás meu
bem querer
Sem ti nada mais agora importa,
por sofrer
Minha alma chora,
Se estás longe daqui.
Sem ti não há esperança, só dor
Fostes embora, meu amor
E não voltas jamais.
Sem ti é inútil viver,
Como inútil será eu querer te
esquecer.

Macapá – AP, 06 de abril de 2018

Dr. Raimundo dos Santos Lopes,
com amor, ternura e saudades…

 

Não desista
Em 1986, John Piper quase deixou de ser ministro de uma grande igreja. Na época, admitiu em seu diário: “Estou tão desanimado. Tão vazio. É como se houvesse adversários por todos os lados”. Mas ele não desistiu e Deus o usou para liderar um ministério próspero que se expandiu muito além da sua igreja.

Embora sucesso seja uma palavra facilmente mal compreendida, poderíamos chamar Piper de bem sucedido. Mas, e se o seu ministério nunca tivesse crescido?

Deus fez um chamado direto a Jeremias: “Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei…” (1:5). Deus o encorajou a não temer seus inimigos “…porque eu sou contigo para te livrar…” (v.8).

Apesar do seu chamado pré natal, mais tarde Jeremias se lamentou, irônico: “Ai de mim, minha mãe! Pois me deste à luz homem de rixa e homem de contendas para toda a terra!…” (15:10).

Deus protegeu Jeremias, mas o seu ministério nunca prosperou. O povo nunca se arrependeu. O Senhor viu ele ser massacrado, escravizado e dispersado. Porém, apesar de uma vida de desânimo e rejeição, ele nunca desistiu. Sabia que Deus não o chamara ao sucesso, mas à fidelidade. Ele confiou no Deus que o chamou. A viva compaixão de Jeremias nos mostra o coração do Pai, que anseia que todos se voltem a Ele. — Tim Gustafson


 
Compartilhe: