Firmes na esperança

Desconfiai de toda a prosperidade. Ela é falsa, geralmente fomentada pelo mal, pela corrupção, por corações impuros, pela exploração dos menos aquinhoados. A literatura é rica em exemplos de prosperidade e fortunas que se esvaem porque originadas por atividades escusas, geralmente com a aplicação da injustiça. A Bíblia, com sua autoridade, diz pro homem acreditar […]

Compartilhe:

Desconfiai de toda a prosperidade. Ela é falsa, geralmente fomentada pelo mal, pela corrupção, por corações impuros, pela exploração dos menos aquinhoados. A literatura é rica em exemplos de prosperidade e fortunas que se esvaem porque originadas por atividades escusas, geralmente com a aplicação da injustiça. A Bíblia, com sua autoridade, diz pro homem acreditar em Deus e não noutros homens, porque os planos desses perecem, e os daquele são eternos. Em meio à tanta corrupção, desfaçatez, mentiras, roubalheiras, prisões, há gente já desiludida com a raça humana, com os seus semelhantes. Mas não devemos perder a fé. Jesus nos dá a esperança da Eternidade, e ‘cada novo dia é um descobrimento para crer que vale a pena viver’, como diz um certo José Alberto, no ‘Comece o dia feliz’ da Edição Paulinas.

 

Panorama

Tempos difíceis estes pelos quais o Brasil passa. Tempos estes que já tomam bons pares de anos. Tempos de Lava Jato, de prisões, de fome, de falta de dinheiro, de desvios de valores. Tempos de autoridades flagradas em má condução da coisa pública. Tempos de governantes e políticos desmoralizados porque se fizeram desmoralizar. E mais: tempos em que a educação do país vai de mal a pior. De acordo com pesquisa, a maioria dos alunos brasileiros erra ao fazer contas, e não entende o que ler. Também resultado de pesquisa: o Brasil tem a sexta pior nota em Matemática entre 76 regiões avaliadas. Trocando em miúdos, tudo resultado de termos tido, recentemente, um Presidente quase analfabeto, e que achava isso uma grande coisa, e também consequência de hoje termos um Presidente sem pulso e moral pra mudar esta história. O Analfabeto está na cadeia, por corrupção.

 

Para ser entendido
Gosto de visitar museus como a Galeria Nacional, em Londres, e a Galeria Estatal Tretyakov, em Moscou. Embora a maioria das obras de arte seja de tirar o fôlego, algumas me confundem. Olho para os salpicos de cor aparentemente aleatórios sobre uma tela e percebo que não tenho a mínima ideia do que estou vendo, mesmo que o artista seja um mestre em seu ofício.

Às vezes, podemos sentir isso a respeito das Escrituras. Imaginamos: Será sequer possível entendê-las? Por onde começo? Talvez as palavras de Paulo possam nos dar alguma ajuda: “…tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança” (Romanos 15:4).

Deus nos deu as Escrituras para nossa instrução e encorajamento. Ele também nos deu o Seu Espírito para nos ajudar a conhecer Sua mente. Jesus disse que enviaria o Espírito para nos guiar “…a toda a verdade…” (João 16:13). Paulo afirma isto em 1 Coríntios 2:12, dizendo: “…não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente”.

Com a ajuda do Espírito, podemos nos aproximar do texto da Bíblia com confiança, sabendo que, ao longo das suas páginas, Deus quer que conheçamos a Ele e aos Seus caminhos.
Leia a Bíblia para conhecer o seu Autor. — Bill Crowder


 
Compartilhe: