Pesquisa online

As intenções de voto de eleitores brasileiros e a avaliação de políticas públicas também podem ser feitas por meio de análises em redes sociais. O artigo ‘As mídias sociais podem revelar as preferências dos eleitores?’, publicado pela revista especializada Journal of Information Technology & Politics, aponta que os resultados desta análise de sentimento podem indicar […]

Compartilhe:

As intenções de voto de eleitores brasileiros e a avaliação de políticas públicas também podem ser feitas por meio de análises em redes sociais. O artigo ‘As mídias sociais podem revelar as preferências dos eleitores?’, publicado pela revista especializada Journal of Information Technology & Politics, aponta que os resultados desta análise de sentimento podem indicar preferências com uma precisão de apenas 1% a 8% diferente da pesquisa tradicional, que tem uma precisão média de 81%. Segundo os autores, o artigo avaliou se dados extraídos das mídias sociais poderiam revelar as preferências políticas dos cidadãos com maior precisão do que as pesquisas de opinião pública tradicionais. Foram analisados 92.441 tweets relacionados aos candidatos presidenciais no segundo turno das eleições em 2014. Os resultados da análise foram comparados com seis pesquisas de preferências realizadas pelo Instituto de Pesquisas Datafolha. Segundo o artigo, a mídia social fornece aos usuários da internet um novo espaço no qual se expressam compartilhando seus pensamentos e opiniões sobre vários tópicos. “Cada vez mais, blogs, fóruns na web e plataformas de redes sociais como twitter, facebook, youtube, myspace e linkedIn oferecem aos seus públicos ambientes interativos que permitem a troca de informações, conhecimento, opiniões e emoções, permitindo uma comunicação rápida, aberta e acessível. Isso tornou a mídia social excelente fonte de dados para pesquisas de opinião”, descreve o artigo.

 

Estudo Plenitude
A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) está com uma campanha inédita relacionada à Bíblia de Estudo Plenitude. Quem adquirir a edição impressa ganha a versão digital da obra. Para ter acesso ao exemplar da promoção, o usuário deve baixar o app gratuito Biblia Plus em seu smartphone ou tablet e criar uma conta. Depois, basta acessar o site promo.biblia.plus e utilizar o código de ativação que consta da embalagem impressa. Assim, a versão digital fica ativada no Biblia Plus.

Apresentada na tradução de Almeida Revista e Corrigida, a Bíblia de Estudo Plenitude reúne índice de passagens bíblicas Fonte de Bênçãos e auxílios como concordância temática e dicionário conciso, além das palavras de Jesus impressas em vermelho. De orientação teológica pentecostal e carismática, é indicada a pastores e pregadores em geral, líderes de escolas bíblicas e dominical, estudantes de Teologia e cristãos que queiram se aprofundar no entendimento das Escrituras Sagradas.

 

O lembrete de Abigail
Davi e quatrocentos dos seus guerreiros percorreram a terra em busca de Nabal, um próspero brutamontes que rudemente lhes recusara ajuda. Se Davi não tivesse encontrado Abigail, mulher de Nabal, ele o teria assassinado. Ela embalou comida suficiente para alimentar um exército e foi ao encontro das tropas, esperando impedir um desastre. Respeitosamente, relembrou Davi de que a culpa o assombraria se ele mantivesse seu plano de vingança (1 Samuel 25:31). Davi percebeu que ela estava certa e a abençoou por seu bom juízo.

A raiva de Davi era legítima — ele protegera os pastores de Nabal no deserto (vv.14-17) e recebera o mal por bem. Entretanto, sua raiva estava levando-o a pecar. Seu primeiro instinto foi matar Nabal à espada, mesmo sabendo que Deus não aprovava o assassinato e a vingança (Êxodo 20:13; Levítico 19:18).

Quando somos ofendidos, é bom comparar os nossos instintos com o desejo de Deus para o comportamento humano. Podemos nos predispor a atacar as pessoas verbalmente, nos isolarmos ou escaparmos de várias maneiras. Porém, escolher uma reação graciosa nos ajudará a evitar o arrependimento e, mais importante, agradará a Deus. Quando nosso desejo é honrá-lo em nossos relacionamentos, Ele é capaz de fazer até mesmo os nossos inimigos estarem em paz conosco (ver Provérbios 16:7). Conseguimos suportar as injustiças da vida porque sabemos que Deus endireitará tudo.— Jennifer Benson Schuldt


 
Compartilhe: