Vida de cão

O valor da cesta básica subiu em todas as capitais brasileiras no mês de abril e as maiores altas foram registradas em Porto Alegre (6,17%), Cuiabá (5,51%) e Palmas (5,16%).

Compartilhe:

O salário mínimo no Brasil teria que ser de R$ 3.899,66, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Segundo a instituição, é esse o valor suficiente “para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”. O cálculo é feito todo mês pela Dieese desde 1994 com base no valor da cesta básica mais cara, atualmente a de Porto Alegre (R$ 464,19), seguida por Florianópolis (R$ 453,54), Rio de Janeiro (R$ 448,51) e São Paulo (R$ 446,28). O valor da cesta básica subiu em todas as capitais brasileiras no mês de abril e as maiores altas foram registradas em Porto Alegre (6,17%), Cuiabá (5,51%) e Palmas (5,16%). A escalada de preços fez com que o salário mínimo “suficiente” de abril fosse o mais alto desde novembro do ano passado. Os R$ 3.899,66 representam alta de 6,1% em relação a março e 4,16 vezes o salário mínimo atual, fixado em R$ 937 desde o começo do ano. (Revista Exame)

 

Corra para mim
Durante uma caminhada num parque local, meus filhos e eu encontramos um casal de cães soltos. Seu dono não parecia perceber que um deles havia começado a intimidar meu filho que tentou enxotar o cão, mas o animal só ficou mais disposto a incomodá-lo.

Meu filho acabou entrando em pânico. Ele correu vários metros, mas o cão o perseguiu. A ‘caçada’ continuou até eu gritar: ‘Corra para mim!’ Ele fez isso e se acalmou, e o cão finalmente decidiu comportar-se mal em outro lugar.

Em nossa vida há momentos em que Deus nos chama e diz: “Corra para mim!” Algo importuno está ao nosso encalço. Quanto mais rápido e longe vamos, mais de perto somos perseguidos. Não conseguimos nos livrar. Estamos demasiadamente receosos para nos voltarmos e confrontar o problema sozinhos. Porém, na verdade, não estamos sozinhos. Deus está presente, pronto para nos ajudar e confortar. Tudo o que temos de fazer é nos afastarmos do que nos apavora e irmos em Sua direção. Sua Palavra diz: “Torre forte é o nome do Senhor, à qual o justo se acolhe e está seguro” (Provérbios 18:10). Deus é o nosso refúgio em tempos de tribulação.— Jennifer Benson Schuldt

 

São José
A Diocese de Macapá apresenta nesta segunda-feira, 19, às 9h, na Catedral de São José de Macapá, o cartaz e a programação da Festividade de São José 2018. Neste ano, a programação será de 26 de fevereiro a 19 de março.

Para 2018 o tema escolhido foi ‘Com São José, pai trabalhador, cristãos e cristãs para uma sociedade melhor’, e o lema é ‘Não é ele o filho do carpinteiro?’(MT 13,55), inspiração para a homenagem aos profissionais que atuam em diversas atividades, bem como aos cidadãos que se encontram desempregados.

A arte do cartaz alusivo à festividade 2018 destaca a Imagem de São José junto ao Menino Jesus, filho adotivo na fé de José, e no plano de fundo a Imagem de José no seu ofício de carpinteiro, representando a classe trabalhadora. José era carpinteiro, homem trabalhador e ajudou na educação do Menino Jesus e lhe ensinou sobre sua profissão.
——————————
Saber
Waltinho Pop, colega meu da Diário FM 9.90, chama a atenção para quem quer mudar de vida. Um dos conselhos que ele dá é estudar na Fatech, a Faculdade de Teologia e Ciências Humanas, onde matrículas estão abertas para os cursos superiores de Bacharelado em Teologia e Licenciatura em Pedagogia. Para Waltinho, construir uma carreira de sucesso a partir de R$ 180 por mês é absorver os ensinamentos dados pela Fatech – na Avenida Cora de Carvalho, 1628, Centro. Telefone 98111-2228.


 
Compartilhe: