Confraria Tucuju

Criada em 8 de junho de 1996, a Confraria Tucuju completou no sábado 23 anos de existência, mas sem ter o que comemorar. Atualmente presidida pela advogada Telma Duarte, a confraria foi obrigada a deixar o espaço que ocupava em área da Diocese de Macapá, e seus bens encontram-de “guardados” no depósito do governo do Estado, na Rua Leopoldo Machado.

Compartilhe:

Criada em 8 de junho de 1996, a Confraria Tucuju completou no sábado 23 anos de existência, mas sem ter o que comemorar. Atualmente presidida pela advogada Telma Duarte, a confraria foi obrigada a deixar o espaço que ocupava em área da Diocese de Macapá, e seus bens encontram-de “guardados” no depósito do governo do Estado, na Rua Leopoldo Machado.

Ações contra o BMG
Servidores públicos têm acionado a Justiça contra o Banco BMG, alegando terem contratado empréstimo comum consignado em folha de pagamento quando na verdade tratava-se da operação de crédito denominada “cartão de crédito consignado em folha de pagamento” que exige encargos mais onerosos.
Um deles alega que já pagou 67 parcelas que somam R$8.477,51, e ainda está em débito na quantia de R$3.946,47. Em alguns casos o BMG tem sido condenado a suspender as cobranças.

GEA x Sinsepeap
Na audiência de conciliação entre GEA e Sinsepeap, diante do desembargador Rommel Araújo, o sindicato fez proposta de retorno para as salas de aula com reposição das aulas relativas aos dias parados, sem corte de salário ou lançamento de falta nas folhas de ponto. Até 10 de junho o sindicato fará o encaminhamento para o governo do calendário de reposição de aulas, a ser analisado pela equipe técnica da Seed.
A proposta será analisada pelo governo do Amapá até a data da reunião específica, 14 de junho.

Barulho e condenação
Lembram de Afonso Ismael Alves Bentes de Sá, que prometeu derrubar meio mundo no Ministério Público e no Tribunal de Justiça do Amapá, virando baterias contra a desembargadora Sueli Pini, o procurador de Justiça Márcio Alves, o promotor de Justiça Afonso Guimarães e a procuradora-geral de Justiça Ivana Cei?
Não conseguiu provar nada, foi acusado de participar de uma Orcrim e acaba de ser condenado a quatro anos e três meses de reclusão pelo juiz Décio Rufino, da 2ª Vara Criminal de Macapá.

Debatendo barragens
Doutores e especialistas estarão reunidos em Macapá, nesta segunda-feira, 10 de junho, participando do workshop sobre Segurança de Barragens, que irá discutir amplamente o assunto, cumprindo programação na região Norte da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia (ABMS). No Amapá, o Ministério Público é parceiro do evento.
O Amapá tem 38 barragens, sendo 23 de mineração, 11 de acúmulo de águas e quatro de hidrelétricas.

De cinema para ginásio
O IPHAN vai contratar empresa especializada na execução “Adaptar o cimena, imóvel público tombado na Vila de Serra do Navio, para uso ocomo ginásio poliesportivo.
A entrega das propostas pode ser feita na sede do Iphan, em Macapá, até 26 de junho.

Marcando em cima
O Procon Amapá fiscaliza até 12 de junho, mini boxes, motéis, hotéis e sexyshops de Macapá. A ação é motiada pela grande demanda nas datas comemorativas do mês, como as festas juninas e dia dos namorados.
A fiscalização é para coibir ações irregulares e desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor.

Licitação na FLONA
Serviço Florestal Brasileiro publicou aviso de audiências públicas prévias ao edital de licitação para a concessão florestal na Floresta Nacional do Amapá (FLONA). Elas serão realizadas em Ferreira Gomes (17 de junho), Telecentro de Pracuúba (18 de junho), Câmara Municipal de Amapá (19 de junho) e Câmara Municipal de Serra do Navio (21 de junho).
Os documentos de suporte do edital estão disponíveis em: www.florestal.gov.br.

Unidades do Superfácil
A partir de julho, o atendimento nas unidades da rede Superfácil de Macapá (Beirol e Zonas Norte, Sul e Oeste) passa a ser das 8h às 14 horas, conforme comunicado já expedido pela diretora-geral Luzia Grunho.
Funcionará o dia inteiro apenas a unidade central da Rua Cândido Mendes.

Cotas para candidatos negros
A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), em nome da ONG Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro), questionou o Tribunal Superior Eleitoral sobre a possibilidade de haver cota nos partidos políticos para candidatos negros.
E para o financiamento e tempo de propaganda eleitoral de suas campanhas.

 

Pingado

  • GEA promete realizar pagamento de R$ 1,5 milhão até o dia 28 de junho de 2019 e de R$ 728 mil até 22 de julho de 2019, com a finalidade de quitar o débito de 2018 junto ao Hospital São Camilo.
  • Turma do TRF1 diz que segurado preso tem proteção previdenciária assegurada pelo período de 12 meses após sua soltura.
  • O MEC estuda rever o decreto de moratória que impede a criação de curso de medicina por cinco anos no Brasil.
  • Emenda do deputado Júnior Favacho, apresentada em projeto de lei do governo do Estado que extingue o IEF, extingue também a Floresta Estadual do Amapá (FLOTA).

 
Compartilhe: