Brutalidade

Comerciante foi morto a tiros e facadas no sábado (10) durante assalto no bairro Jardim Marco Zero. Crime chocou sociedade pela brutalidade da quadrilha.

Compartilhe:

Comerciante foi morto a tiros e facadas no sábado (10) durante assalto no bairro Jardim Marco Zero. Crime chocou sociedade pela brutalidade da quadrilha.

Confronto
Logo após terem assassinado comerciante durante assalto, bandidos fugiram para o bairro Congós. Eles foram cercados pelo Bope e um acabou morrendo durante troca de tiros.

Dia dos Pais
Operação Dia dos Pais autuou dois estabelecimentos por ausência de preço em vitrines. Fiscalização verificou também se as lojas estavam com informações claras quanto a preços, formas de pagamentos e publicidade e propaganda.

Recursos
Convênios destinam R$ 2,4 milhões para educação e iluminação pública de Tartarugalzinho. Estado e Prefeitura também assinaram um Termo de Cooperação Técnica para a execução do Plano Municipal Simplificado de Gestão de Resíduos Sólidos.

Emprego
Sine Amapá auxilia multinacional na seleção de 270 trabalhadores. Além do espaço físico do Sine Centro e da Casa do Trabalhador, empresa contou com o apoio dos servidores na seleção de pessoal e treinamento.

Estudantes
Programação do Dia do Estudante movimenta faturamento na Casa do Artesão. Programação foi preparada pela Sejuv e Secult com apoio da Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo evidenciando a pluralidade artística dos jovens.

Defesa
Procon assina Termo e Santana é o primeiro a instalar Sistema de Defesa do Consumidor. Técnicos do Procon/AP irão treinar integrantes do Procon Municipal de Santana a utilizarem sistema.

 

Rapidinhas

Visando combater os altos índices de inadimplência, a CEA, em parceria com o Tjap, inicia nesta segunda-feira, 12, mais uma edição do Mutirão de Conciliação.

Até a quinta-feira, 15, serão colocados em pauta 300 demandas pré-processuais no Centro Judiciário de Solução de Conflitos da Zona Norte (Cejusc), em Macapá.

Este levantamento é de débitos de pequenos, médios e grandes consumidores. De acordo com a gerente de Combate à Inadimplência da CEA, Pâmela Nascimento, estes valores chegam ao montante de R$ 4,8 milhões.

O juiz coordenador do Cejusc da Zona Norte, Marconi Pimenta, lembra que a conciliação oportuniza o cliente a negociar de acordo com a sua realidade financeira.


 
Compartilhe: