Destruição

Não bastasse o muro de arrimo, agora é a rampa do Santa Inês que vem sendo destruída pela falta de manutenção, de defesas e locais apropriados para lançar os cabos de atração das embarcações.

Compartilhe:

Não bastasse o muro de arrimo, agora é a rampa do Santa Inês que vem sendo destruída pela falta de manutenção, de defesas e locais apropriados para lançar os cabos de atração das embarcações.

Sacrilégio
Túmulos do cemitério de São José viram alvo de saqueadores, que furtam peças de prata e cobre que voltam a ser vendidas no próprio cemitério.

Desfile
Banda de Música dará o tom do desfile da PM, que contará com o efetivo de 630 policiais militares, estruturados em 12 pelotões, além do diferencial de 180 alunos soldados do CFA.

Normal
Dia da Raça (5 de setembro) não é feriado como muitos imaginam, por isso, não existe nenhuma alteração no funcionamento de órgãos públicos, bancos e comércios.

Concerto
Sesc Amapá promove nesta quarta (5) no Centro Walkíria Lima, às 19h, Concerto Dois Violões da Amazônia, com os violonistas paraenses José Maria Bezerra e Ricardo Smith.

Terror
Moradores do Marabaixo IV sofrem com arrombamento de imóveis, assaltos à noite em plena luz do dia, e ameaça de morte dos próprios criminosos que residem no próprio bairro. Clima é de medo extremo.

Pesquisa
Embrapa revela que o açaí deve passar obrigatoriamente por um ‘choque térmico’ para combater a doença de chagas. Doença matou 3 pessoas ano passado no Amapá

Telefonia
Pesquisa da Anatel revela que o Amapá habilitou 22 mil linhas de telefonia móvel em apenas um ano. Dados comparam julho de 2017 e 2018. Apesar do ganho, realidade da telefonia móvel vem mudando.

Ideb
Ministério da Educação divulgou dado preocupante: desempenho do ensino médio caiu drasticamente, deixando o Amapá com o 4º pior Ideb do país.

Desembargo
Juiz Contreras foi empossado novo desembargador do Tjap. Eduardo Contreras foi escolhido por antiguidade para assumir vaga do desembargador aposentado César Augusto.

 

Rapidinhas

Foi assinado um Termo de Cooperação Técnica entre Prefeitura de Macapá e Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob/AP).

O pacto tem como base a avaliação pelo Sicoob em antecipar os créditos das empresas que contrataram obras e serviços com o Município de Macapá, dentro das normas estabelecidas pelo Banco Central do Brasil (Bacen) para a realização de empréstimos bancários.

De acordo com o secretário de Finanças, Jesus Vidal, a assinatura é um marco para a prefeitura.

O instrumento tem a finalidade estabelecer entre as partes condições de cooperação técnica, visando a concessão de empréstimos pelo Sicoob às empresas contratadas pelo Município para a realização de obras com recursos municipais


 
Compartilhe: