Social

Tarifa de ônibus na capital será de R$ 1,60 nesta sexta-feira (7), em razão do feriado da Independência. Setap diz que empresas manterão 70% da frota rodando.

Compartilhe:

Tarifa de ônibus na capital será de R$ 1,60 nesta sexta-feira (7), em razão do feriado da Independência. Setap diz que empresas manterão 70% da frota rodando.

Itinerário
Ainda sobre a frota de ônibus no feriado, empresas farão percurso das linhas até o Sambódromo, pela manhã, quando ocorre o desfile de 7 de Setembro.

TRE
TRE-AP suspende nesta sexta (7) atendimento ao público em todos os cartórios eleitorais e na sede do Tribunal. Apenas atendimento aos partidos será mantido, em horários programados.

Bloqueio
Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 2 milhões da Empresa de Energia Cachoeira Caldeirão pelos episódios de mortandade de peixes ocorridos entre 2016 e 2017, em Ferreira Gomes.

Prevenção
Ministério Público do Amapá promove na segunda-feira (10), a partir das 8h, uma mesa redonda sobre prevenção ao suicídio e automutilação.Ação faz parte do ‘Setembro Amarelo’.

Lixo
O excesso de lixo atrai urubus e causa perigo à rota aérea em alguns pontos da capital amapaense. Essas lixeiras viciadas já foram identificadas e estão sendo eliminadas pelo município.

Museu
A Coordenação do Museu Sacaca avisa que neste feriado de 7 de setembro estará aberto normalmente para visitação pública no horário de 09 às 17h.

Duplicação
Duplicação da Rodovia Duca Serra segue cronograma de serviços. Obra física foi concluída no perímetro entre o Iapen, no Marabaixo, até a rotatória da AP-440 (Km 9), na zona oeste de Macapá.

Celeridade
TRE-AP realizou nesta quinta (6) sessão extraordinária para dar celeridade na conclusão dos julgamentos de registros de candidaturas referentes às eleições gerais deste ano.

Operação
Polícia Civil deflagrou nesta quinta (6) Operação Independência. Sete pessoas foram presas na capital. Elas respondem por crimes diversos e tiveram as prisões decretadas preventivamente.

 

Rapidinhas

O Procon realiza no período de 10 a 14 de setembro uma fiscalização educativa em concessionárias de veículos para coibir a prática de informações inadequadas aos consumidores sobre valores e condições de vendas.

Tais práticas tem sido alvo de diversas reclamações de consumidores e estão em desacordo com o Artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Durante as fiscalizações os responsáveis legais pelas empresas serão orientados a cumprir as determinações do Código de Defesa do Consumidor.

Paralelo a esta ação, o Procon/AP estará atendendo as denúncias efetivadas no SINDEC e através do Disk Denúncia 151.


 
Compartilhe: