Sumiço

Empresário Alexandre Souza, de 38 anos, desapareceu no rio Amazonas na tarde de domingo (2). Ele estava em um kitesurf. Prancha, pipa e trapézio foram encontrados boiando.

Compartilhe:

Empresário Alexandre Souza, de 38 anos, desapareceu no rio Amazonas na tarde de domingo (2). Ele estava em um kitesurf. Prancha, pipa e trapézio foram encontrados boiando.

Corpo
Assim que o desaparecimento do empresário foi confirmado os Bombeiros iniciaram as buscas. Corpo foi encontrado às 14h de ontem.

Crime
Cabeleireiro de 56 anos foi encontrado morto no banheiro do apartamento onde ele morava, no bairro Novo Horizonte, em Macapá. Vítima foi morta a facadas. Polícia trabalha com a linha de latrocínio.

Hidrômetros
Caesa diz que mais de 140 hidrômetros foram furtados de residências de Macapá. Caesa registrou ocorrência na polícia e diz que aparelho não tem valor comercial.

Música
Centro deMúsica Walkíria Lima oferta 1.031 vagas. Inscrições são realizadas exclusivamente via internet, de 3 a 5 de setembro no endereço http://sistemas.seed.ap.gov.br/cepmwl

Fanfarras
Depois de muito ensaio das bandas de fanfarra, as escolas municipais de Macapá irão se apresentar nesta quarta-feira, 5, no Desfile Cívico 2018, com percurso pela Av. FAB e homenagens à cultura da capital.

Populacional
Dados do IBGE revelam que três a cada quatro amapaenses vivem em Macapá ou Santana. Municípios concentram 73,9% da população.

Luau
Muitas pessoas saíram de suas casas no fim da tarde de sexta-feira, 31, para prestigiar a programação que deu início à segunda temporada do Luau na Sumaúma. Tema do primeiro evento foi voltado à juventude.

Gasolina
Amapaense já inicia semana com reajuste no preço da gasolina de 1,54%. Isso, claro, também afeta empresas e produtos, logo, quem paga a conta, literalmente, é o trabalhador.

Motos
Cresce cada dia mais o número de furto de motos em Macapá. Ao mesmo tempo, polícia também vem recuperando muitos veículos, sobretudo, em barreiras policiais.

 

Rapidinhas

A Escola Municipal Rondônia realizou uma programação repleta de atrações voltadas para a inclusão familiar no espaço escolar.

Mais de 200 famílias participaram da ação integrativa, que contou com a presença de arte-educadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e atividades lúdico-pedagógicas.

Para as famílias, o momento foi para interagir e conhecer um pouco sobre as atividades que os estudantes têm acesso dentro do ambiente escolar.

Capoeira, contação de história, dança e brincadeiras oportunizaram a interação entre adultos e crianças na atividade que aconteceu ao ar livre, no Parque do Forte.


 
Compartilhe: