Social

Em Destaque. Este ano, a comissão organizadora da 19ª edição da Parada do Orgulho LGBT+ do Amapá, que acontecerá neste domingo, 1º, entregará ao prefeito de Macapá, Clécio Luís, a comenda Cássio Guilherme, uma categoria especial do 1º Prêmio Orgulho LGBT+ Brilho de Fogo. Os organizadores concederão a comenda, em reconhecimento ao apoio prestado pelo […]

Compartilhe:

Em Destaque. Este ano, a comissão organizadora da 19ª edição da Parada do Orgulho LGBT+ do Amapá, que acontecerá neste domingo, 1º, entregará ao prefeito de Macapá, Clécio Luís, a comenda Cássio Guilherme, uma categoria especial do 1º Prêmio Orgulho LGBT+ Brilho de Fogo. Os organizadores concederão a comenda, em reconhecimento ao apoio prestado pelo chefe do Executivo municipal na defesa e garantia dos direitos humanos da população LGBT+ em Macapá.

 

 

Clic. Pela terceira vez, em cinco meses, o Amapá celebrou o crescimento da Defensoria Pública do Estado.  Nesta sexta, 30, foram empossados mais 11 defensores públicos aprovados no concurso realizado pelo governo em 2017 – os servidores que já atuam na função foram habilitados nos meses de março e agosto. Com as novas nomeações, o órgão passa a reunir 50 profissionais preparados para garantir assistência jurídica à população – beneficiando, principalmente, as pessoas que não têm como pagar por um atendimento particular. Solenidade aconteceu no Palácio do Setentrião.

 

Flash. Jornalista Luiz Melo com a Procuradora da Mulher na Câmara Federal, deputada Iracema Portela (PP-PI), Deputada Federal Aline Gurgel e a deputada estadual Telma Gurgel, durante a concorrida instalação da Procuradoria Especial da Mulher, no Sebrae/AP.

 

 Close. Lindíssima e sempre de bem com a vida, amiga Aimê Favacho comemora idade nova. Felicidades, saúde e sucesso sempre!

 

Clic. Toda a simpatia de Ariely, na comemoração de seu aniversário no estilo luau. Foi pra lá de concorrido

 

 

Notinhas

Boulangerie — Baguetes, croissants e petit four. Essas iguarias de origem francesa estão na lista do curso de boulangerie do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amapá (SENAI-AP) que será ministrado a trabalhadores franceses em Caiena, na Guiana Francesa. O curso de 200 horas começa na segunda-feira, 2 de setembro, a partir de uma cooperação internacional entre o SENAI e as instituições francesas Greta-Centre-Est-Guyane, Lycée Melkior Garre e o Pole Emploi. A Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França. Apesar da parceria, a carreta será submetida a toda burocracia aduaneira, que só não será maior devido ao Ata Carnet, um documento que reduz a burocracia e simplifica a exportação e a importação temporária de bens, sem pagamento de impostos, desde que o bem retorne ao Brasil. Para essa operação, pela primeira vez um Ata Carnet foi emitido pelo Amapá. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é organização garantidora do Ata Carnet.

 

Direitos da Pessoa Idosa – A Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) e o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDPI/AP) vão realizar no dia 2 de setembro, no auditório do Museu Sacaca, a 5ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Confedpi/AP). O evento é o ponto culminante das discussões e deliberações, em nível estadual, de todo o processo implementado com a realização das conferências municipais, e servirá de base para a participação do Estado do Amapá na Conferência Nacional, prevista para o ano de 2020, em Brasília.

 

Feira de Negócios – O Sebrae realiza no Município de Laranjal do Jari, a Feira de Negócios do Vale do Jari, que ocorre na Praça João da Silva Nery, no período de 6 a 8 de setembro, das 17h às 23h. O evento reúne as culturas econômicas no Vale do Jari, mobiliza produtores rurais, empresários, Microempreendedor Individual (MEI) e potenciais empresários. O evento está preparado para receber um público de até 20 mil visitantes.

 

Sem pentavalente – O município de Macapá está sem estoque da vacina pentavalente. De acordo com Nota Técnica emitida pelo Ministério da Saúde (MS), todo o país passará por problema de reabastecimento. O MS explicou na nota que a falta da vacina aconteceu porque 3,2 milhões de doses, produzidas por um laboratório indiano, foram interditadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária neste mês. A estimativa de regularização é em outubro, tempo em que as doses passam pelo processo de distribuição e reabastecimentos das salas de vacina. Até lá, a orientação é realizar o agendamento da vacinação.

 

Campanha – O Hemoap realizou na última semana, mais uma edição da campanha ‘Doa Mulher’, criada para incentivar o público feminino a se tornar doador de sangue. A campanha, que já tem 20 anos, acontece na última quinta e sexta-feira de cada mês, quando as doadoras são orientadas sobre a importância da doação de sangue. Atualmente as mulheres representam apenas 35% das doações do Hemoap, número considerado baixo.


 
Compartilhe: