Neymar fora da Bola de Ouro

comentários

Mais uma vez Messi e Cristiano Ronaldo aparecem como favoritos para a conquista da Bola de Ouro da Fifa, em janeiro. Ontem, a entidade divulgou relação dos três finalistas para a disputa da Bola de Ouro 2016, e a única surpresa foi a inclusão do francês Griezmann, do Atlético de Madrid. Neymar, que constava da lista de 20 nomes, este ano ficou de fora. Marta, que já foi cinco vezes laureada com o prêmio, mais uma vez foi selecionada e vai disputar com Melanie Berenguer e Carli Lloyd. Mantendo a tradição, a Fifa selecionará 50% dos votos dos treinadores e capitães das equipes os 50% restantes serão votos dos jornalistas. A cerimônia será no dia 9 de janeiro de 2017, na sede entidade, em Zurique. Cristiano Ronaldo ganhou 2008, 2013 e 2014. Messi conquistou cinco vezes o Bola de Ouro.

Abel de volta
O Fluminense, agora com novo presidente Pedro Abad, foi atrás do treinador Abel para dirigir o time, pelo menos em 2017. Nada foi revelado sobre o contrato; A apresentação foi ontem, ocasião em e que Abel disse que é preciso muito trabalho para se chegar a um ponto ideal. Disse que é preciso ter alma e, para ele, é o que está faltando. A idéia do cube tricolor é melhorar o nível do time que, este ano, faltando ainda uma rodada, ocupa a 12ª colocação, com apenas 49 pontos.

Vasco
O Vasco quer promover uma guinada na equipe, agora que está na Série A, depois de uma luta feroz para deixar a Série B. Para isso, foi buscar o treinador Cristovão Borges. A saída de Jorginho só se consumou devido ao sufoco que o time passou no final da Série B. Mantivesse Jorginho e Zinho o mesmo padrão do primeiro turno, ambos teriam permanecido em São Januário.

Cuca
Alguma coisa muito forte impediu que o treinador Cuca continuasse dirigindo o Palmeiras. Depois do título do Brasileirão, o normal seria a manutenção do treinador. Antes mesmo de acabar a competição já tinha manifestado o interesse de sair do Parque Antártica. A alegação do treinador é que precisa aprender mais futebol e, para tanto, vai aproveitar o tempo disponível e fazer estágio na Europa, principalmente Inglaterra, Espanha e França. Como alegação confirmou também o interesse de passar mais tempo com a família, que mora em BH. Atendendo ao interesse de Cuca, o Palmeiras procurou contratar um novo profissional. E o seu nome é Eduardo Batista.


A agonia do Internacional

comentários

O comportamento do Internacional que tem o percentual negativo de 77% para cair para a Série B, foi muito lamentado pelos desportistas que julgaram o presidente do clube, Vitório Píffero, infeliz nas intervenções quando defendia o Colorado, esquecendo da dor da tragédia da Chapecoense, enlutando o esporte mundial, em especial, o futebol. O time sulista, está com receio de deixar a Série A, e a principio se recusa a enfrentar o Fluminense, na última rodada do Brasileirão, domingo, 11, caso a CBF não interceda para punir o jogador Vitor Ramon, do Vitória, sob a alegação de que ele atuou pelo time baiano sem condições. Para não cair pela primeira vez para Série B, o Inter precisa ganhar do Fluminense e o Vitória perder para o Palmeiras. No caso de vitória do Inter os dois estariam empatados com 45 pontos e a decisão sobre a vaga dependerá do números de vitórias e saldo de gols. O desespero do Internacional é tão grande com o temer de sair da Série A, o que fez a imprensa a escrever que o Inter está mais vermelho de vergonha. O presidente do clube, Píffero, chegou a dizer que a queda do Inter era semelhante a tragédia da Colômbia.

Velório
É de geral tristeza o ambiente em todo Chapecó que, desde ontem, está recebendo os corpos das vítimas do acidente aéreo. O velório será coletivo na Arena Condá e os caixões serão conduzidos do aeroporto ao local da cerimônia por carros dos Bombeiros . As pessoas pertencentes à cidade de Chapecó serão enterradas na cidade e os demais serão transportados para suas cidades. O velório contará com a presença de autoridades do esporte e política. O presidente Michel Temer irá à cidade para participar da cerimônia. O presidente da Fifa Gianni Infantino estará presente também.

Campeã
A primeira Idéia foi da Conmebol de dar à Chapecoense o título da Copa Sul-Americana, competição que seria decidida entre o time brasileiro e o Atlético Nacional, da Colômbia.Agora os dirigentes do Atlético resolveram também a aceitar a sugestão da cidade da América do Sul. Falta agora só a Conmebol oficializar o título.

Série B
O medo do Internacional de cair para a Série B está no fato do time nunca ter disputado esta competição. Oito times grandes do futebol já visitaram o descenso e até alguns, como Vasco e Bahia que caíram três vezes; Os times que disputaram a Série B, foram Atlético Mineiro, Bahia (3) Botafogo (2), Grêmio (2),Palmeiras (2), Corinthians , Fluminense e Vasco (3).


A dor da Chapecoense

comentários

Este espaço que ocupo sempre o faço dominado pela alegria e a concepção de que o esporte é o conjunto e forma do dom da vida, esta que nos foi dada por uma Inteligência Maior, e que até hoje está envolta em simbolismo jamais decifrado e, como reza a Bíblia, ao definir a morte “que é a separação da alma e do corpo enquanto a morte espiritual é a separação da alma e de Deus.” É a explicação e o consolo nesta hora de tristeza pelo infausto acidente com o avião que transportava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, fundada em 1973, vitimando 75 dos 81 passageiros.

O esporte em geral e o futebol por dimensão são, como disse, alegria, sempre afastando a tristeza para escanteio. Essa alegria todos nós vivenciamos domingo, há apenas três dias, vendo o campeão Palmeiras levantando o título do Brasileirão, diante de uma

Chapecoense corajosa, eficiente, limpa, honesta, gentil e briosa, valorizando a conquista do Verdão, que somou sua alegria ao coroamento da dedicação e esforço. O perdedor, no caso a Chapecoense, deixou o gramado inferiorizado no placar, é certo,mas com orgulho tão igual como o do vencedor.

A trajetória da Chapecoense, fundada em maio de 1973, já era vista como do primeiro plano nacional, atuando de igual contra adversários de tradições longevas, sem, porém, desmerecer em seu espírito de luta. A prova disso é a posição alcançada no Brasileirão que termina domingo 11, obtendo a nona colocação, perto de Grêmio, Botafogo, Atlético Paranaense e deixando para trás grandes do futebol do país, Ponte Preta, São Paulo, Cruzeiro e Fluminense . Outro gigantismo da personalidade da associação de Santa Catarina seria a inédita final que faria da Copa Sul-Americana, com o Atlético Nacional, da Colômbia, amanhã, destino no qual encontrou o infortúnio.

Não podemos dizer às vítimas o quanto sentimos pela perda de vocês, e o tanto que fizeram para fazer o mundo melhor, através da alegria. Todos nós sabemos definir a morte e ela não é mistério para ninguém. O lamento em episódio como este, a 34 quilômetros da cidade de Medelin, hoje pacificada, humana e diferente da época em estive em Cáli, em 1964, é, repito, que a morte de cada ser humano, brilhante ou comum não seja gratuita, deixando em todos nós, mesmo sem qualquer ligação com as vítimas, a sensação de desamparo, o qual, entretanto, cede lugar a tantas outras desventuras e também muitas alegrias. O reconhecimento imediato das dores de hoje atingiram seu auge através do Atlético Nacional, que vai propor que a Chapecoense seja declarada campeã da Copa Sul-Americana. Gesto nobre comum ao esporte.


Palmeiras, o melhor

comentários

O último final de semana foi festivo para Palmeiras e Vasco, o time paulista pela conquista do Brasileirão, depois de 22 anos de espera e, o carioca, pela tão esperada subida à Série, depois de ameaçada por longo tempo. A conquista era esperada, porque nas duas últimas rodadas o time palmeirense precisava de apenas um ponto para se distanciar do Santos, seu principal adversário. A vitória sobre o Chapecoense veio por 1 a 0, consolidando liderança do time de Cuca por quase toda competição. Os comandados de Cuca se aproximaram da vitória, quando, no Maracanã, o Flamengo acabou com o sonho do Santos, vencendo a partida.

Cuca: Meio às comemorações havia uma dúvida do Palmeiras em relação ao treinador, Cuca que está indeciso sobre sua permanência, pois quer reservar mais tempo para estudar mais futebol. Para isso esta projetando ir para França, Espanha e Inglaterra para se aperfeiçoar. Além disso, existe tanbém problema famíliar, porque sua residência é em Curitiba, o que representa mais uma dúvida para definir seu futuro.

Vasco: O Vasco viveu seu drama particular ao enfrentar o Ceará, que não se amedrontou com o fator fora de casa e da grande necessidade do Vasco querer ir para à Série. Chegou até a comandar o placar, fazendo um a 1 a 0. No segundo tempo, o time dirigido por Jorginho despertou, cravando 2 a 1 e a comemorar a volta à elite do futebol do país.

Daniel Alves: Titular na seleção brasileira, o lateral Daniel Alves fraturou a perna esquerda na partida do Juventus contra o Genoa, e que acabou perdendo por 3 a 1. Segundo estimativa, o jogador ficará sem atividade durante pelo menos quatro meses, período que vai atrapalhar o planejamento de Tite para a segunda fase das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A seleção volta a jogar no dia 23 de março, contra o Uruguai e a 28, contra o Paraguai. Considerando quatro meses de inatividade é certo que DA não esteja na relação para esses dois jogos.

Zé Roberto: Uma novidade no título do Palmeiras, foi a presença de Zé Roberto, com 42 anos de idade. Após os festejos, Zé Roberto disse que não está pensando em se aposentar e que vai continuar jogando no Palmeiras por algum tempo ainda. Pelo o que se viu contra o Chapecoense, o jogador apesar da idade, representa um esteio do time, tanto na defesa como no ataque. É exemplo para muitos outros jogadores que, aos 35 anos, de julgam velhos e param.


Palmeiras campeão. Será ?

comentários

Acredito seriamente que o Palmeiras será o campeão do Brasileirão 2016, levando em consideração a campanha do Verdão durante a competição, com liderança em quase todas as 37 rodadas anteriores.

Sem menosprezar o Chapecoense, conclui-se que no patamar dos dois times existe grande diferença de nível técnico, embora o time catarinense se destacou no ano, ocupando a nona colocação e, tem, como credencial, ser o finalista brasileiro na Copa Sul-Americana, em decisão, dia 30 deste mês, contra o Atlético Nacional, da Colômbia, campeão da Libertadores de 2016. Acresce ainda que, o empate, favorece o time palmeirense, pois com 74 atuais e mais um ganho impossibilitaria o Santos, segundo colocado, que mesmo com duas vitórias nas duas rodadas não atingiria os 75 palmeirense.

Em razão do duplo compromisso contra o time colombiano, o treinador Caio Junior resolveu escalar, para hoje, um time misto, reservando-se para a decisão continental. Por todos os fatores a decisão de hoje na Arena, em São Paulo, não deixa dúvidas quanto à superioridade do time do Parque Antártica, que durante as 36 rodadas conseguiu 22 vitorias, oito empates e seis derrotas.

Rebaixamento
Enquanto na parte de cima já a quase uma definição, na de baixo, o assunto está complexo, envolvendo Internacional e Vitória. O time sulista é o 17º, o primeiro da zona da degola, enquanto o baiano é o 16º.

A situação é a seguinte: O Inter, para sobreviver na Série A, tem que vencer suas duas partidas, hoje, contra o Cruzeiro e, domingo que vem, contra o Fluminense. Se o Vitória também vencer, permanece a mesma situação e o time de Porto Alegre visita a Série B, pois está com 39 pontos, três a menos do clube baiano.

Conclusão: a sorte do Internacional é o Vitória tropeçar contra o Coritiba e Palmeiras, na última rodada. A emoção do Brasileirão pode terminar hoje com a vitória ou empate do Palmeiras sobre o Chapecoense, mas quanto ao que vai para o descenso ainda pode demorar uma semana, pois América Mineiro, Santa Cruz e Figueirense já deram adeus à primeira divisão e em 2017 vão para a Série B. Depois de ganhar até título mundial, o Inter está ameaçado de cair para a Série B, pela primeira vez.


Vasco na corda bamba

comentários

Hoje é um dia muito especial para os torcedores do Vasco que, esta tarde, às 17hh30m, em São Januário têm jogo de vida e morte pela última rodada da Série B, contra o Ceará, que nada mais aspira na competição, mas é o termômetro para definir o rebaixamento.

A história é a seguinte: sobem para a Série A, os quatro primeiros colocados, na Série B. O Vasco é o quarto, com 62 pontos, dois a mais do Náutico seu algoz perseguidor. No caso de vitória vascaína se afasta do time pernambucano que, mesmo que ganhe somaria 63. No caso de empate do time de São Januário e uma eventual vitória do Náutico, o time vascaíno continuaria na Série B. Portanto, hoje, só a vitória interessa e no caso de empate sobreviveria se o Náutico perder para o Oeste, condição pouco provável.

Foi vertiginosa a queda do time vascaíno a partir do segundo turno da competição, uma sombra do equilíbrio do primeiro turno. Levantaram-se várias hipóteses, sendo a mais corrente a de que faltou dinheiro pagar os salários, por isso, a caída. Entretanto, o presidente Eurico Miranda nega tal versão, atribuindo ao time a responsabilidade pelo fraco desempenho.

Ceni
O São Paulo, depois de tentativas frustradas, está correndo o mesmo risco quando contratou dois treinadores argentinos – Juan Carlos Osório e Edgardo Bauza – que acabaram sem colocar o time aonde os dirigentes queriam.

Agora, depois de pensar em ficar com Ricardo Gomes decidiu demiti-lo e contratar Rogério Ceni, lendário goleiro do clube e que fez muita história no longo período defendendo o time do Morumbi. A pergunta é: Ceni seria o treinador ideal para dirigir um time com a ambição e o prestígio do São Paulo? Depois que deixou de jogar e mesmo antes, Rogério Ceni demonstrou interesse em se tornar treinador. Motivado pelo próprio clube fez um rápido estádio na Europa e, na volta, já se projetou na função que não vai só depender dele para obter sucesso e, sim, da estrutura fomentada pelo clube. É tentativa que se espera dê certo.

Marcelo Oliveira
A vida de treinador é mesmo ingrata. Quando esteve no Cruzeiro e conquistou dois títulos brasileiros, Marcelo Oliveira era visto como um dos grandes.Foi para o Palmeiras e não deu certo. O jeito foi encarar o Atlético Mineiro e dirigiu o time também na Copa do Brasil. No Brasileirão ele se manteve até em condições de chegar à Libertadores. Veio a Copa do Brasil e, no primeiro jogo, no Mineirão, acabou sendo derrotado pelo Grêmio, por 3 a 1, sem pouca chance de reverter o resultado m Porto Alegre. Resumo da ópera: a diretoria não gostou e deu-lhe o bilhete azul.Mais um treinador desempregado.


Grêmio sai na frente

comentários

O torcedor comum esperava que o Grêmio viesse do Sul e, dentro do Mineirão, superasse o Atlético Mineiro por 3 a 1, resultado que dificulta, e muito, a desforra do time mineiro no Sul e a conseqüente conquista da Copa do Brasil. O duelo que se esperava era previsto entre Marcelo Oliveira e Renato Gaúcho este que retornou ao Grêmio com destaque. O time mineiro tem que lamentar a derrota, mas o torcedor que aprecia o bom futebol gostou do espetáculo, que será repetido em Porto Alegre, em uma semana.

Chapecoense
Quem duvidava da força da Chapecoense acabou se enganando.Depois de empatar por 1 a 1, em Buenos Aires, na Arena Condá, em Santa Catarina, novamente repetiu o empate, desta vez por 0 a 0, que lhe direito a disputar a final da Copa Sul-Americana, com o vencedor de Atlético Nacional, da Colômbia e Cerro Portenho. A vibração no Sul é intensa, porque e a grande chance do time participar da Libertadores, no caso do titulo da Sul-Americana.

Ricardo Gomes e Ceni
Demorou muito a saída de Ricardo Gomes da direção técnica do São Paulo. Time de grande tradição, neste ano, o clube ficou a reboque no Brasileirão, primeiro pela má participação – 13º, com apenas 12 vitórias em 36 jogos- e a crise política reinante entre os dirigentes. Resultado: sobrou para o time que ficou a ver navios. A decisão foi demitir Ricardo Gomes e começar a conversa com Rogério Ceni que pode ser anunciado como novo treinador. De imediato algumas barreiras separam o ex-goleiro da nova função porque ele quer um contrato de dois anos e com cláusula rescisória. O clube está estudando. Quando Rogério abandonou o futebol disse que seria treinador e, de preferência, no São Paulo. Para isso fez estágio na Europa. Ele será o treinador do time na temporada de 2017

Corinthians
Longe de sua pretensão de, se não ganhar o Brasileirão, mas conseguir uma vaga na Libertadores, o Corinthians teve seu sonho desfeito por inteiro. Na sétima colocação, longe do título e ainda com escassa possibilidade da Libertadores, o Timão se contenta em lamentar o desmanche do time que teve bom comportamento com Tite. Ao todo foram embora do clube 18 jogadores, em desmanche prejudicial. Pensar em um elenco forte para 2017, é o pensamento dos dirigentes, mas, para isso, necessita muito recurso para contratar novos craques.


Neymar ameaçado do prisão

comentários

Idolo dentro campo com um dos mais promissores craques do mundo do futebol, o jogador Neymar e sua família estão ameaçados de prisão pela justiça espanhola, sob a alegação de que a transferência do jogador em 2013, do Santos para o Barcelona, foi fraudada, em prejuízo do fisco do país. O Ministério Público pede a prisão do jogador por dois anos e exige, da família, o pagamento de R$ 40 milhões. O pedido foi feita à justiça pela DIS que tinha os direitos de transferência do jogador que, segundo o denunciante, foi oficializado pelo então presidente do Barcelona, Sandro Roseli. A família de Neymar não se pronunciou e disse que só se pronuncia depois de conhecer a ação do Ministério Público local.

Vasco
O jogo entre Vasco e Ceará, sábado, no Maracanã, em outras circunstâncias, seria apenas um confronto para definir colocações secundárias, mas o que o torcedor carioca assistirá é um duelo que vai apontar, entre os dois adversários, o que ficará com a vaga na Série A, de 2017. A situação é a seguinte: na última rodada da Série B, o Vasco ocupa a quarta colocação, com 62 pontos, dois a mais do Náutico, quinto. O que vai ocorrer na prática, que, se ambos ganharem, o Vasco, do time cearense e o Náutico, do Oeste, o time de São Januário fica com a vaga.
No caso de derrota de Vasco e Náutico, o time carioca subiria para a Série A, pois manteria 62 pontos e o pernambucano, 60. Na hipótese de vitória vascaíno não haveria alteração na tabela, o Vasco confirmado na elite do futebol brasileiro. Para lotar o Maracanã a diretoria vascaína baixou o preço dos ingressos, na base de R$ 20 inteira e R$ 10 para meia entrada.

Renato Gaúcho
À véspera de disputar o título da Copa do Brasil, o treinador Renato Gaúcho, em entrevistas, tocou em ponto que merece reflexão sobre a profissão de treinadores do país.Ele disse que não iria para o exterior aprender futebol, porque considera porque “ nada iria aprender lá fora mais do que já sabe.” Deu a explicação para o assunto dizendo que nem José Mourinho ou Pepe Guardiola faria sucesso no Brasil, devido a estrutura do futebol brasileiro.Citou o calendário intenso no Brasil e a falta de salários do profissionais, fatos que levam a qualquer treinador não ter êxito. Segundo Renato, todos pensam que o treinador é inferior, mas deixou claro que o problemas no futebol é que fazem o profissional não atingir o melhor dele.


O drama do Internacional

comentários

Foi cruel a derrota do Internacional para o Corinthians, no Itaquerão, por a 1 a 0, primeiro pela distância que agora o separa na tentativa de permanecer na Série A, em 2017 e, segundo pela forma impiedosa que o árbitro Rodolfo Toski Marques marcou um pênalti contra a equipe gaúcha, sem lógica, numa jogada absolutamente normal entre zagueiro e atacante. Quando o nome do árbitro foi anunciado pela CBF, o clube mostrou insatisfação, porque ele mesmo tinha atuado pessimamente em outra partida no campo do Corinthians.

Com 39 pontos, o Internacional está a pique de cair para a Série B. Para tanto, no próximo jogo enfrenta no domingo o Cruzeiro, na Beira Rio e, no domingo, 4, o Fluminense, no Maracanã. A melhor solução é vencer os dois jogos e chegar a somar 45 pontos e se livrar do descenso. Ocorre que seu maior opositor, o Vitória, tem 42 pontos, na 16ª posição. Um simples empate contra o time mineiro perderá chance de subir, se, na segunda-feira, o Vitória ganhar do Coritiba, em Curitiba, então adeus Inter. Portanto, o time gaúcho não depende só dele para se manter na elite do futebol nacional. As diversas contratações de treinadores do Internacional podem ser apontadas como o principal motivo para a queda hoje vivida por um time que é um dos mais bem organizados do país, com numero de sócios superior a 100 mil. A ida de Falcão, ídolo do clube e afastado pouco tempo depois, foi um inicio do desequilíbrio da diretoria. Depois foi buscar Celso Roth, que não tinha nada para acrescentar e, o resultado, se vê pelo desespero tentando fugir do rebaixamento, terrível para um time que já ganhou tudo no país, inclusive um título mundial.

Palmeiras
Enquanto o Inter agoniza, buscando fôlego para continuar entre os grandes times do país, o Palmeiras flutua levemente e pronto para colocar no peito a medalha de campeão de 2016. Qualquer análise sobre a vitória palmeirense bate com as observações do treinador Cuca após a partida contra o Cruzeiro, dizendo que se tem um time que merece o título este é o Palmeiras, pela trajetória nas rodadas do Brasileirão. Disse que o time ficou invícto 19 partidas e tem exemplar comportamento na defesa e no ataque, por isso o privilégio da liderança folgada e pronta a chegar ao título. Domingo joga contra o Chapecoense e todo mundo palmeirense está pronto para comemorar o título, depois de 22 anos. A festa vai ser grande na nova arena do Parque Antártica.


Tudo para a vez do Palmeiras

comentários

Ficaram reduzidas a menos de 1% as especulações sobre o campeão do Brasileirão de 2016 devido ao comportamento do Palmeiras, na 36ª rodada, vencendo o jogo contra o Botafogo, domingo, por 1 a 0, chegando aos 74 pontos, precisando de apenas um empate em dois jogos para consolidar o título. O único que pode ainda tirar a conquista do alviverde é Santos que tem 68 e pode se prevalecer de duas vitórias e contar com derrotas do Palmeiras. Acontecendo essa hipótese, vitórias de um e derrotas do outro, os dois se igualariam nos 74 pontos, mas o time da Vila Belmiro seria campeão por número de vitórias, 23 contra 22.

Considerando o nível apresentado durante todo o Brasileirão e de pouco imaginar que, nos dois últimos jogos perca, primeiro para o Chapecoense, domingo e o Vitória, dia 4, quando precisará apenas de um empate para colocar a mão no troféu. O Santos que é a grande ameaça tem no caminho, ainda o Flamengo que se despediu do título, após o empate com o Coritiba. A festa do título palmeirense pode vir no próximo domingo, contra o Chapecoense, em São Paulo, dentro casa e diante de seu torcedor que espera comemorar o que já duram 22 anos, pois o último título foi conquistado em 1994, em partida final com o Cruzeiro. Na partida basta um simples empate, o que elevaria a contagem para 75, número incapaz de ser atingido pelo Santos, mesmo vencendo seus dois últimos compromissos. A partida será no Alliance, às 17 horas.

Vasco
Situação diferente do Palmeiras vive o Vasco da Gama que despencou na Série B, depois de liderar por muito tempo a competição. No último jogo, sábado, Santa Catarina, contra o Criciúma local, quando perdeu por 1 a 0 , dificultando o acesso à Série A, de 2017. Com 62 pontos, o time vascaíno terá que vencer o Ceará, em São Januário. A boa possibilidade do time dirigido por Jorginho é que o seu maior adversário, o Bahia, que enfrenta no jogo final o Atlético Goianiense, já campeão. No caso de derrotas de vascaíno e dos baianos, e vitória do Náutico, diante do Oeste, o time de São Januário permaneceria com 62 pontos, com o Bahia à frente, e, no caso de uma vitória do Náutico sobre o Oeste, chegaria aos 63 pontos, na quarta colocação e com acesso à Série A. A alternativa maior o Vasco é ganhar a partida de sexta-feira, diante de seu torcedor e comemorar à volta à elite do futebol brasileiro.