Direto

comentários

Antônio Feijão, ex deputado federal, geólogo e agora postulante a advogado, é também um analista político de primeira linha. E ele arrisca um palpite sobre o cenário local: Waldez não disputa a reeleição para retomar projeto de virar senador da República. 


Musculatura

comentários

É claro que o governador é a principal peça em quaquer tabuleiro do jogo político. Ele mantém coalizão em torno de seu governo e este ano quer fazer maior número de prefeitos pelo interior. E o da capital.


De fora

comentários

Jornalista Ney Pantaleão, um dos talentos da nova geração, diz ter encontrado o ex governador Camilo Capiberibe. Que teria dito não estar em seus planos voltar às urnas agora. PSB vai de Rui Smith para a PMM.


Sucessor

comentários

Em prevalescendo a tese de que Waldez deixa o Setentrião para disputar o Senado em 2018, cresce o papel do vice, Papaléo. É que depois de assumir as rédeas no estado, seria candidato natural à reeleição.


Clã

comentários

E os Borges? Dizem que Gilvam também postula a Prefeitura de Macapá. Outros dizem que não, e sim o Senado. Mas é voz corrente que Cabuçu Borges estará na briga pela sucessão em Santana.  


Alternativas

comentários

Você também está preocupado com a crise? E se liga em inovação? Então saiba que uma Startup ensina 5 passos necessários para vencer a crise com mais vendas e menos custos. Não deixe de conferir postagem sobre esse tema em minha página. Acesse o Blog do Cleber Barbosa e confira. 


Procura

comentários

A Zamin Amapá Mineração está em busca de um investidor para injetar recursos no negócio e garantir a sobrevivência da empresa. A mineradora, cuja produção de minério de ferro está paralisada há um ano, apresentou um plano de recuperação judicial em dezembro do ano passado, tentará voltar a produzir.


Chance

comentários

Segundo o site Notícias de Mineração, especializado no setor, a recuperação judicial que a Zamin oficializou perante o estado é a última alternativa antes do pedido de falência. Até um protocolo foi celebrado pela mineradora com o Governo do Amapá no ano passado com esse fim.


Base

comentários

O PDT, do governador Waldez, claro, vai querer ser protagonista nas eleições municipais deste ano. Mas Roberto Góes – o preferido – já teria declinado de entrar na disputa pela prefeitura; nome então teria que sair da coalizão que ajuda na governadoria do estado.


Casadinha

comentários

Analistas de plantão dizem que para evitar erros de estratégia do passado, essas correntes políticas dizem que qualquer costura para a eleição deste ano terá que estar vinculada à próxima, de 2018.