Gente do bem

comentários

Um rapaz simples, de fala mansa e concentrado em Jesus. Essa é a impressão particular que tenho de Acenildo Costa, aquele apresentador de televisão que de segunda à sexta-feira aparece no Canal 16 (TV Tarumã), às 19h. É um programa de média ou quase nenhuma produção, mas muito bom. Bom no sentido de conteúdo. Um programa bem afeito a quem o apresenta. Acenildo se preocupa com o próximo. Detesta as práticas que afastam as pessoas de Deus. Ele divulga a nossa cultura, dando as notícias com veracidade, sem maquiagem. Através de padres, pastores e missionários, prega a Palavra de Deus. Produz matérias filantrópicas com objetivo de ajudar pessoas carentes e doentes. Por meio da Caravana da Solidariedade consegue alimento, roupas, calçados, etc., para quem precisa, na cidade e no interior do estado. Parabéns, Acenildo. Contatos: 99169-8393 / 98411-7246.

 

Menos um

Lula preso. Para mim, nenhuma novidade esse fato revela. Eu já esperava essa prisão desde que ele começou a dizer que nada sabia, quando ainda em seu primeiro mandato de Presidente do Brasil. E passei a ter certeza de vê-lo no xilindró, quando José Dirceu, o então chefe do Gabinete Civil no Palácio do Planalto, caiu preso. Dirceu caiu por causa do Escândalo do Mensalão. Mas o famigerado PT queria mais e mais das finanças do país, aliás, do dinheiro do povo. Veio a Operação Lava Jato. Se Lula se salvou da cadeia, no caso Mensalão, pelo menos por omissão, nunca poderia se safar da Lava Jato, na qual ele poderia ser recolhido por tudo, menos por omissão, já que estava, aliás que está, envolvido até o pescoço com lavagem de dinheiro e corrupção. Assim eu imaginava, assim aconteceu. E agora? Bem, agora temos um meliante na cadeia, segundo a Justiça. Um ladrão a menos solto nas ruas. O PT, que teve o seu grande líder tirado de circulação, precisa se reformular, mostrar uma cara mudada, de partido sério, sem larápios do dinheiro público. Só assim poderá conquistar algum espaço no cenário político nacional. O partido da estrela precisa esquecer os grandes líderes que já teve, porque todos eles, absolutamente, só queriam enganar os companheiros e roubar o povo brasileiro.

 

Não desanime!
Eu gosto de observar os pássaros brincando; por isso, anos atrás, construí um pequeno santuário em nosso quintal para atraí-los. Durante vários meses, desfrutei da visão dos meus amigos emplumados se alimentando e sobrevoando ao redor — até um falcão achar que o meu refúgio de pássaros era a sua reserva particular de caça.

Assim é a vida: Bem quando nos assentamos para descansar, algo ou alguém vem para perturbar os nossos ninhos. Por que, perguntamos, a vida precisa ser um vale de lágrimas?

Ouvi muitas respostas a essa antiga pergunta, mas ultimamente, me satisfaço com apenas uma: “Toda a disciplina do mundo é fazer [de nós] filhos, para que Deus possa ser revelado a [nós]” (George MacDonald). Quando nos tornamos como crianças, começamos a confiar, descansando unicamente no amor do nosso Pai celestial, procurando conhecê-lo e ser como Ele.

Preocupações e tristezas podem nos seguir todos os dias de nossa vida, mas “…não desanimamos […] porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas” (2 Coríntios 4:16-18).

Então, como não nos regozijarmos com tal fim em vista? As delícias do céu excederão em muito as dificuldades deste mundo. — David H. Roper


Voo alto

comentários

Político habilidoso, simpático e apaziguador, o diretor presidente da Companhia de Transportes e Trânsito de Macapá (CTMac), André Lima, desincompatibilizou-se do cargo. Vereador licenciado da capital, que estava, volta para a Câmara Municipal, porque a lei permite, no entanto executando plano mais alto. André se lançará candidato a deputado federal. Ele é desses nordestinos que contribuem, e muito, para o progresso da localidade que escolhem para morar. Todos sabemos, nordestino é ‘cabra da peste’, ou seja, homem valente, corajoso, batalhador. Isso André Lima tem demonstrado ao longo destes 25 anos em que se encontra no Amapá, procedente de Recife (PE). Tudo o que tem feito, é bem feito. Academicamente, formou-se em Administração. Sem dúvida bom nome a ser apreciado para representar o Amapá em Brasília.

 

Vida

Os cristãos, depois do Domingo de Páscoa, ainda renovam a certeza de que estão certos na vida porque acreditam no Deus Filho. Sim, Jesus Cristo está vivo! Ele venceu a morte! Ressuscitou! Está no Céu, à direita do Deus Pai, enquanto o Deus Espírito Santo está a nos alumiar, aqui na Terra, para que todos os homens e mulheres de boa vontade também vençam a morte e alcancem a Eternidade junto à Santíssima Trindade. Porque Jesus ressuscitou num domingo após Sua Morte na Cruz, há o Domingo de Páscoa, quer dizer, nova vida, libertação do estado pecaminoso de outrora. Paulo dizia que se não acreditarmos na Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, nossa fé é vã. Já imaginou se hoje encontrassem o corpo de Jesus ou mesmo os restos mortais dele? O mundo estremeceria! Seria apagada para sempre a chama da luz espiritual que nos mantém firmes na crença6 da Vida Eterna. Muitos contrários à fé cristã tentam enganar a humanidade, insinuando ou apresentando vestígios do corpo de Cristo em escavações arqueológicas. Leda tentativa. Cristo está vivinho da silva e virá outra vez à Terra, desta vez para levar com Ele aqueles que acreditarem até o fim, perseverarem na Fé.

 

Os planos dele ou os nossos?
Aos 18 anos, meu marido começou um negócio de limpeza de carros. Ele alugou uma garagem, contratou ajudantes e criou folhetos publicitários. O negócio prosperou. Sua intenção era vendê-lo e usar a receita para pagar a faculdade; por isso, ficou empolgado quando um comprador manifestou interesse. Após algumas negociações, parecia que a transação iria ocorrer. Mas, no último minuto, o acordo desmoronou. Passaram-se vários meses até o seu plano de vender o negócio ter sucesso.

É normal ficar desapontado quando o tempo e o projeto de Deus para a nossa vida não correspondem às nossas expectativas. Quando Davi quis construir o templo do Senhor, ele tinha a motivação correta, a capacidade de liderança e os recursos. Contudo, Deus disse que ele não poderia realizar o projeto porque havia matado pessoas demais em batalhas (1 Crônicas 22:8).

Davi poderia ter brandido o punho para o céu com raiva. Poderia ter feito beicinho ou seguido em frente com os seus próprios planos. Porém, humildemente, disse: “…Quem sou eu, Senhor Deus, […] para que me tenhas trazido até aqui?” (17:16). Davi passou a louvar a Deus e a declarar sua devoção a Ele. Valorizava mais o seu relacionamento com Deus do que a sua ambição.
O que é mais importante — realizar nossas esperanças e sonhos, ou nosso amor a Deus? A verdadeira satisfação é encontrada em nos rendermos à vontade de Deus. — Jennifer Benson Schuldt


Em que mãos estamos

comentários

Apesar de todas as prisões, escândalos, conduções coercitivas, vexames e escutas telefônicas propiciados primeiramente pelo Mensalão e, agora, pela Operação Lava Jato, a classe política continua a mesmíssima de todos os tempos, com raras, raríssimas exceções. Aliás que é bom nem falar das exceções, porque elas estão suprimidas pela grande desfaçatez que impera no país. A cabeça do povo, não sei como está no acompanhamento de tudo isso, mas a dos políticos continua voraz, nem aí para os destinos do país; querem apenas sobreviver, lotar ainda mais os seus currais. Neste ano teremos eleições gerais. Será que o povo vai deixar a política continuar assim?

 

Injustiça

Não escrevo, hoje, neste espaço, dou vez às seguintes preciosidades de Augusto Cury presentes no livro assinado por ele ‘Nunca desista de seus sonhos’: “(…) é necessário que os professores sejam valorizados e aliviados. Nunca uma classe tão nobre foi tão desprestigiada profissionalmente. Eles deveriam trabalhar menos e ganhar mais. Os professores da pré-escola à universidade deveriam ter um salário igual ou melhor do que o dos juízes, dos promotores, dos psiquiatras, dos psicólogos clínicos, dos generais, dos chefes de polícia. Por quê? Porque o trabalho deles é tão importante quanto de todos esses profissionais. Os professores educam a emoção e trabalham nos solos da inteligência para que os jovens não adoeçam em sua mente, não se sentem nos bancos dos réus, não façam guerras. Quem é mais importante: aquele que previne as doenças ou aquele que as trata? A medicina preventiva é, certamente, mais importante do que a curativa. Os educadores são os profissionais que mais contribuem para a humanidade. Todavia, estão em um dos últimos lugares na escala profisional”.

 

Um líder servo
Nas sociedades tradicionais africanas, a sucessão da liderança é uma decisão séria. Após o falecimento de um rei, toma-se grande cuidado ao selecionar o próximo governante. Além de vir de uma família real, o sucessor precisa ser forte, destemido e sensato. Os candidatos são questionados para se determinar se eles servirão ao povo ou se regerão com mão pesada. O sucessor do rei precisa ser alguém que lidere, mas também sirva.

Embora tenha feito suas próprias más escolhas, Salomão se preocupou com o seu sucessor. “E quem pode dizer se será sábio ou estulto? Contudo, ele terá domínio sobre todo o ganho das minhas fadigas e sabedoria…” (Eclesiastes 2:19). Seu filho Roboão foi esse sucessor. Ele demonstrou sua falta de bom senso e acabou concretizando o pior medo de seu pai.

Quando o povo pediu condições de trabalho mais humanas, Roboão teve a oportunidade de demonstrar uma liderança serva. “…Se, hoje, te tornares servo deste povo, e o servires…”, aconselharam os anciãos, “…eles se farão teus servos para sempre” (1 Reis 12:7). Mas ele rejeitou o conselho deles. Roboão não buscou a Deus. Sua dura resposta ao povo dividiu o reino e acelerou o declínio espiritual do povo de Deus (12:14-19).

Na família, no trabalho, na Igreja ou em nosso bairro — necessitamos da Sua sabedoria para termos a humildade de servir em vez de ser servidos. Um bom líder é um bom servo.


Criminalidade

comentários

Saí de casa pouco depois das 6h. Na esquina peguei a companhia de uma vizinha na direção da parada de ônibus, três quarteirões adiante. Logo a vizinha falou que no bairro Ipê tinham liquidado um rapaz de forma cruel, com várias terçadadas, porque ele se negara a dar dinheiro pra beber aos quais imediatamente o mataram. Já na parada de ônibus ouvi uma mulher comentar que no início da noite anterior, próximo de sua casa, marginais, em arrastão, assaltaram várias pessoas. Subi no coletivo e uma mulher comentava pra outra que há instantes um homem lhe tomara o celular, na frente de muitas pessoas. Costumo ler, quando ando de ônibus. Ontem, lia ‘O que a Bíblia realmente ensina?’, das Testemunhas de Jeová. Justamente quando ouvi o relato do assalto por um telefone celular, lia este trecho: “A cada ano que passa, o mundo fica mais perigoso. Ele está cheio de exércitos agressivos, políticos desonestos, líderes religiosos hipócritas e criminosos endurecidos”. Depois vinha a justificativa de que tudo isso é porque o mundo está dominado pelo opositor de Deus, o Satanás. É verdade, a Bíblia diz isso, como também é verdade que nosso setor de segurança pública está muito melhor preparado em oratória que de aparelhamento para o combate à criminalidade.

 

Amor, ternura e saudades


Abro espaço ao doutor maçom Raimundo Lopes, que faz homenagem in memoriam de sua amada Maria Célia, que foi para o Terceiro Céu há 23 anos.

À SENHORA MARIA CÉLIA DA SILVA LOPES, por ocasião da passagem de vinte e três anos de separação (06.04.95), quero fazer minhas as palavras contidas nos versos de PEPE GUIZAR – RODOLFO VILA:

SEM TI
Sem ti eu não poderei viver,
E pensar que nunca mais serás meu
bem querer
Sem ti nada mais agora importa,
por sofrer
Minha alma chora,
Se estás longe daqui.
Sem ti não há esperança, só dor
Fostes embora, meu amor
E não voltas jamais.
Sem ti é inútil viver,
Como inútil será eu querer te
esquecer.

Macapá – AP, 06 de abril de 2018

Dr. Raimundo dos Santos Lopes,
com amor, ternura e saudades…

 

Não desista
Em 1986, John Piper quase deixou de ser ministro de uma grande igreja. Na época, admitiu em seu diário: “Estou tão desanimado. Tão vazio. É como se houvesse adversários por todos os lados”. Mas ele não desistiu e Deus o usou para liderar um ministério próspero que se expandiu muito além da sua igreja.

Embora sucesso seja uma palavra facilmente mal compreendida, poderíamos chamar Piper de bem sucedido. Mas, e se o seu ministério nunca tivesse crescido?

Deus fez um chamado direto a Jeremias: “Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei…” (1:5). Deus o encorajou a não temer seus inimigos “…porque eu sou contigo para te livrar…” (v.8).

Apesar do seu chamado pré natal, mais tarde Jeremias se lamentou, irônico: “Ai de mim, minha mãe! Pois me deste à luz homem de rixa e homem de contendas para toda a terra!…” (15:10).

Deus protegeu Jeremias, mas o seu ministério nunca prosperou. O povo nunca se arrependeu. O Senhor viu ele ser massacrado, escravizado e dispersado. Porém, apesar de uma vida de desânimo e rejeição, ele nunca desistiu. Sabia que Deus não o chamara ao sucesso, mas à fidelidade. Ele confiou no Deus que o chamou. A viva compaixão de Jeremias nos mostra o coração do Pai, que anseia que todos se voltem a Ele. — Tim Gustafson


Inseminação artificial

comentários

Mercado de genética cresce no Pará com adoção de novas tecnologias. Com mais de 20 milhões de cabeças de gado, o Pará vem ampliando os investimentos em inseminação artificial para atender a forte demanda, inclusive do exterior, por bezerros e carne de qualidade. O estado fechou 2017 com aumento de 4% no número de vacas inseminadas e as vendas de doses de sêmen também cresceram. Na central de inseminação Semex Brasil, o total de doses vendidas teve elevação de 10% e nos primeiros meses de 2018 já ultrapassaram 15%. “O Pará é uma região de grande potencial para a pecuária de corte. Os pecuaristas vêm aderindo cada vez mais ao cruzamento industrial entre raças taurinas e zebuínas e adotando tecnologias para tornar o sistema de produção mais eficiente e rentável. Em 2018, a expectativa é de um salto ainda maior no volume de doses de sêmen comercializadas na região”, assegura Fabrício Molina Pereira, médico veterinário e representante da Semex Brasil no Pará, uma das maiores empresas de genética bovina do mundo.

 

Mal coletivo

Carl Gustav Young foto), o criador da psicologia analítica, revela que quanto mais se fala de algo, esse algo impregna na consciência coletiva, e como que sem perceber todos estão praticando aquele algo. É o que ocorre no Brasil. Falo do Brasil, só pra localizar meu comentário, mas acontece no mundo inteiro. Nunca a mulher brasileira apanhou tanto como agora na era da Lei Maria da Penha. Nunca tivemos tanto menores de idade marginais como desde quando vigora o Estatuto da Criança e do Adolescente. Quanto mais se fala e se faz campanha contra as drogas, mais o uso de drogas se dissemina. E assim vai. Então vamos falar de amor, misericórdia e perdão, porque se isso fizermos, mais e mais pessoas terão essas virtudes.

 

Sabedoria e graça
Em 4 de abril de 1968, o líder norte-americano dos direitos civis Martin Luther King Jr. foi assassinado, deixando milhões de pessoas iradas e desiludidas. Em Indianápolis, uma multidão majoritariamente afro-americana se reuniu para ouvir Robert F. Kennedy falar. Muitos ainda não sabiam da morte de King: Kennedy teve de dar a trágica notícia. Ele pediu calma, reconhecendo não apenas a dor deles, mas seu próprio pesar permanente pelo assassinato de seu irmão, o presidente John F. Kennedy.

Então, ele citou uma variação de um antigo poema de Ésquilo (526–456 a.C.): Mesmo em nosso sono, uma dor inesquecível goteja sobre o coração até que, em nosso próprio desespero, contra a nossa vontade, vem a sabedoria por meio da formidável graça de Deus.

Essa declaração é notável. E diz que a graça de Deus nos enche de temor e nos dá a oportunidade de crescer em sabedoria nos momentos mais difíceis da vida.

Tiago escreveu: “Se […] algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera: e ser-lhe-á concedida” (1:5). E afirma que essa sabedoria é cultivada no solo da dificuldade (vv.2-4), pois ali não só aprendemos da sabedoria de Deus, mas descansamos em Sua graça (2 Coríntios 12:9). Nos momentos mais sombrios da vida, encontramos o que precisamos nele. As trevas das provações só fazem a graça de Deus resplandecer ainda mais. — Bill Crowder


Inversão de significados

comentários

Política, no seu significado etimológico, é a arte ou ciência de bem governar o povo; arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou estados. Ora, a respeitabilidade dada à ciência é decorrente do seu critério de funcionamento: abordagem, experimentação e conclusão. Neste país, parlamentar condenado, recolhido na cadeia, continua tendo o cargo e o status de deputado. O pior: além da população pagar esses elementos como presidiários, ainda tiramos do bolso recursos para os remunerar como parlamentares. “É uma vergonha”, diria Boris Casoy. Mas há quem diga que isso acontece porque vivemos numa democracia que, por sua vez, significa governo do povo, para o povo e pelo povo. Outra falácia: o povo não manda nada. Só faz votar. Quem manda, quem governa, são os eleitos que não estão nem aí para os significados de política e democracia. E assim o Brasil continua desacreditado pelo mundo.

 

Vida de cão

O salário mínimo no Brasil teria que ser de R$ 3.899,66, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Segundo a instituição, é esse o valor suficiente “para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”. O cálculo é feito todo mês pela Dieese desde 1994 com base no valor da cesta básica mais cara, atualmente a de Porto Alegre (R$ 464,19), seguida por Florianópolis (R$ 453,54), Rio de Janeiro (R$ 448,51) e São Paulo (R$ 446,28). O valor da cesta básica subiu em todas as capitais brasileiras no mês de abril e as maiores altas foram registradas em Porto Alegre (6,17%), Cuiabá (5,51%) e Palmas (5,16%). A escalada de preços fez com que o salário mínimo “suficiente” de abril fosse o mais alto desde novembro do ano passado. Os R$ 3.899,66 representam alta de 6,1% em relação a março e 4,16 vezes o salário mínimo atual, fixado em R$ 937 desde o começo do ano. (Revista Exame)

 

O ferreiro e o rei
Em 1878, ao chegar à atual Uganda, o missionário escocês Alexander Mackay instalou uma forja na tribo do rei Mutesa. Os moradores se reuniram em torno daquele estranho que trabalhava com as mãos, perplexos porque todos “sabiam” que trabalho era para mulheres. Naquele tempo, os homens ugandenses nunca trabalhavam com as mãos. Eles invadiam outras aldeias para capturar escravos e vendê-los para forasteiros. Contudo, ali estava aquele estrangeiro forjando ferramentas agrícolas.

A ética e a vida de trabalho de Mackay resultaram em relacionamentos com os nativos e ele conseguiu uma audiência com o rei. Mackay desafiou o rei Mutesa a acabar com o comércio de escravos, e ele o fez.

Na Bíblia, lemos sobre Bezalel e Aoliabe, escolhidos e dotados por Deus para trabalhos manuais ao projetar a tenda da congregação e todos os seus móveis para a adoração (Êxodo 31:1-11). Como Mackay, eles honravam e serviam a Deus com o seu talento e trabalho.

Nossa tendência é classificar o nosso trabalho como eclesiástico ou secular. Na verdade, não há distinção. Deus projeta cada um de nós de maneiras que tornam as nossas contribuições ao reino únicas e significativas. Mesmo quando temos pouca escolha sobre onde e como trabalhamos, Deus nos chama a conhecê-lo mais plenamente — e Ele nos mostrará como servi-lo — agora mesmo. Deus nos mostrará como servi-lo — onde estivermos. — Randy Kilgore


Vida

comentários

Os cristãos, neste domingo, renovam a certeza de que estão certos na vida porque acreditam no Deus Filho. Sim, Jesus Cristo está vivo! Ele venceu a morte!. Ressuscitou! Está no Céu, à direita do Deus Pai, enquanto o Deus Espírito Santo está a nos alumiar, aqui na Terra, para que todos os homens e mulheres de boa vontade também vençam a morte e alcancem a Eternidade junto à Santíssima Trindade. Porque Jesus ressuscitou num domingo após Sua Morte na Cruz, hoje é Domingo de Páscoa, quer dizer, nova vida, libertação do estado pecaminoso de outrora. Paulo dizia que se não acreditarmos na Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, nossa fé é vã. Ja imaginou se hoje encontrassem o corpo de Jesus ou mesmo os restos mortais dele? O mundo estremeceria! Seria apagada para sempre a chama da luz espiritual que nos mantém firmes na crença da Vida Eterna. Muitos contrários à fé cristã tentam enganar a humanidade, insinuando ou apresentando vestígios do corpo de Cristo em escavações arqueológicas. Leda tentativa. Cristo está vivinho da silva e virá outra vez à Terra, desta vez para levar com Ele aqueles que acreditaram até o fim, perseveraram na Fé.

 

Divagação

Discutir o Plano de Deus para a Humanidade é terrível! Deus é muito perfeito, perfeitíssimo. Costumo dizer que Ele é o maior enxadrista de todos os tempos. Eu ainda não consigo entender, plenamente, porque para seguir o Criador o cristão tem que sofrer. A hagiografia católica é prenhe de pessoas que por optar em levar a vida de acordo com os ensinamentos divinos, tiveram mortes horríveis. Todos os discípulos de Jesus Cristo, com exceção de João, foram martirizados. Por quê? Ah, só mesmo Deus em sua Santíssima Sapiência é capaz de explicar. Racionalmente, o certo seria esses homens serem arrebatados, levados para o Céu. Mas não, como o próprio Cristo, alguns foram cruficados, outros queimados, apedrejados. Quer dizer, tiveram morte feia! Mas quem é o homem com a sua racionalidade para explicar as coisas, os desígnios de Deus? Aqui, vem a calhar aquela máxima ‘nem mesmo Freud (foto) explica’. Isso mesmo, porque só o Divino explica, e Ele, com o seu silêncio, não explica nada, deixa que o homem se descubra ou redescubra, seguindo-o ou preferindo outros caminhos, aqueles que não levam para o Céu.

 

Segue-me
As academias oferecem muitos programas para quem quer perder peso e ficar saudável. Uma delas atende apenas quem quer perder pelo menos 25 quilos e desenvolver um estilo de vida saudável. Uma cliente diz ter saído da sua academia anterior, porque sentia que as pessoas magras e em forma olhavam para ela e julgavam seu corpo fora de forma. Agora, ela malha 5 dias por semana e está conseguindo uma perda de peso saudável em um ambiente positivo e acolhedor.

Há 2 mil anos, Jesus veio chamar os espiritualmente “fora de forma” a segui-lo. Levi era uma dessas pessoas. Jesus o viu sentado em sua sala de coletor de impostos e disse: “…Segue-me!…” (Marcos 2:14). Suas palavras cativaram o coração de Levi, e ele seguiu Jesus. Os cobradores de impostos eram, frequentemente, gananciosos e desonestos em suas transações, e considerados religiosamente imundos. Quando os líderes religiosos viram Jesus ceando na casa de Levi com outros coletores de impostos, perguntaram: “…Por que come e bebe ele com os publicanos e pecadores?” (2:16). Jesus respondeu: “…não vim chamar justos, e sim pecadores” (2:17).

Jesus veio salvar pecadores, que incluem todos nós. Ele nos ama, nos acolhe à Sua presença e nos chama a segui-lo. À medida que caminhamos com Ele, ficamos cada vez mais em forma espiritualmente. Os braços acolhedores de Jesus estão sempre abertos. — Marvin Williams


Perdão

comentários

Falar de Jesus Cristo, há tempos era muito difícil pra mim. Hoje em dia, não. Considero-me amigo Dele. Já a recíproca Dele vai além, muito além do que mereço, em minha pequenez de pecador inveterado. Essa recíproca é tanta que eu O considero meu único amicíssimo. Hoje, Sexta-feira Santa, lembramos o dia em que Jesus teve morte de Cruz, traído e incompreendido pelo homem que de tanto pensar em si, esquece que existe por causa justamente Dele. Então, neste espaço me dado por Ele, publicamente peço perdão pelas ofensas que eu tenha cometido contra meus semelhantes. Peço perdão aos meus irmãos em Cristo, porque Ele próprio ensinou que ‘tudo aquilo que fizeres a cada um do teu irmão é a mim que fazes”. Por tanto, perdão, meus irmãos.

 

É, mas não é!

Fabiana Karla faz uma personagem de humor, gorda, nutricionista. Em uma de suas gavetas de trabalho ela tem chocolate e outras guloseimas para consumo, durante o expediente. Aos clientes, é rigorosa quanto à ingestão de comida que pode favorecer a obesidade. Com “Isso pode, isso não pode’, bem no seu jeito engraçado, orienta a clientela, faz o espectador rir, e entre um paciente e outro paciente, vai empanturrando a barriga. A personagem incorpora a pessoa falsa, hipócrita, que ensina uma coisa, mas faz outra. Isso pode, isso não pode. É o médico cardiologista que no consultório e por aí condena peremptoriamente o uso do cigarro, mas que na intimidade dá gostosas baforadas. O político que arrota honestidade, mas está todo envolvido em corrupção. O religioso que prega a santidade do sexo somente usado para a procriação, porém é contumaz pulador de cercas. O comerciante que propaga pagar impostos e manter uma relação transparente com a clientela, mas altera para menos a pesagem da balança. O vendedor de açaí ralo que coloca trigo no produto para vendê-lo como se fosse do grosso. E assim vai… Todo ser humano age dessa maneira, alguns, costumeiramente, outros, de vez em quando. Quem não tem pecado que atire a primeira pedra.

 

Deus da minha força
Ninguém confundiria os soldados babilônicos com cavalheiros. Implacáveis, resilientes e perversos, eles atacavam as nações como uma águia arrebata sua presa. Além de poderosos, eram orgulhosos e praticamente adoravam suas próprias habilidades de combate. A Bíblia diz que o seu “…poder [era] o seu deus” (Habacuque 1:11).

Deus não queria que essa autossuficiência contaminasse as forças de Israel em preparo para combater os midianitas. Assim, disse a Gideão, líder do exército de Israel: “É demais o povo que está contigo, para eu entregar os midianitas em suas mãos; Israel poderia se gloriar contra mim, dizendo: A minha própria mão me livrou” (Juízes 7:2). Por esse motivo, Gideão dispensou os medrosos. E 22 mil homens partiram, ficando só 10 mil. Deus continuou a reduzir o exército até restarem apenas 300 homens (vv.3-7).

Com menos tropas, Israel estava em enorme desvantagem — seus inimigos, que povoavam um vale próximo, eram como “…gafanhotos em multidão…” (v.12). Apesar disso, Deus deu a vitória a Gideão.

Às vezes, Deus pode permitir que os nossos recursos diminuam para que possamos contar com a Sua força para continuar. Nossas necessidades mostram o Seu poder, mas Ele é Aquele que diz: “…eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel” (Isaías 41:10). Deus quer que dependamos da Sua força, não da nossa. — Jennifer Benson Schuldt


Mal coletivo

comentários

Carl Gustav Young , o criador da psicologia analítica, revela que quanto mais se fala de algo, esse algo impregna na consciência coletiva, e como que sem perceber todos estão praticando aquele algo. É o que ocorre no Brasil. Falo do Brasil, só pra localizar meu comentário, mas acontece no mundo inteiro. Nunca a mulher brasileira apanhou tanto como agora na era da Lei Maria da Penha. Nunca tivemos tanto menores de idade marginais como desde quando vigora o Estatuto da Criança e do Adolescente. Quanto mais se fala e se faz campanha contra as drogas, mais o uso de drogas se dissemina. E assim vai. Então vamos falar de amor, misericórdia e perdão, porque se isso fizermos, mais e mais pessoas terão essas virtudes.

 

Bagunça oficial

A crise brasileira, que por ser ética e moral, atinge todos os segmentos da sociedade, está longe de acabar. Os metidos a otimistas, geralmente falsos, posto apoiarem os interesses do governo federal, tentam camuflar a situação difícil da Nação, apontando indicadores econômicos que não condizem com a realidade. Só mentiras! Por isso que gosto de lembar do governo militar (foto), que impediu a entrada do comunismo no Brasil. Naquele tempo, quando a situação do país ia difícil, os ministros das áreas de economia e planejamento iam à imprensa dizer para o povo que era ‘hora de apertar o cinto’, ‘hora de panela vazia’. Falavam a verdade. De Lula pra cá, o respeito e consideração governamentais para com a população mudaram radicalmente. Temos quase 14 milhões de desempregados, gente passando fome, e muita, além de uma educação deseducada, saúde doente e segurança insegura, mas para o governo e arautos dele tudo vai bem. Descaramento!

 

Surpresos!
Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571–1610) era um artista italiano, conhecido por seu temperamento ardente e técnica não convencional. Ele usava trabalhadores comuns como modelos para os seus santos e conseguiu fazer os espectadores das suas pinturas sentirem-se como se fizessem parte da cena. A Ceia em Emaús mostra um estalajadeiro em pé enquanto Jesus e dois dos Seus seguidores estão sentados à mesa quando eles o reconhecem como o Senhor ressuscitado (Lucas 24:31). Um discípulo está se pondo em posição ereta, enquanto os braços do outro estão estendidos e as mãos abertas de espanto.

Lucas, que registra esses eventos em seu evangelho, nos diz que os dois homens voltaram imediatamente a Jerusalém, onde encontraram os 11 discípulos e outros reunidos e dizendo: “O Senhor ressuscitou e já apareceu a Simão. Então os dois contaram o que lhes acontecera no caminho e como fora por eles reconhecido no partir do pão” (vv.33-35).

O autor Oswald Chambers disse: “Raramente Jesus vem onde nós o esperamos; Ele aparece onde menos o esperamos, e sempre nas conexões mais ilógicas. A única maneira de um obreiro manter-se fiel a Deus é estar pronto para visitas surpresas do Senhor”.

Seja qual for o caminho em que estivermos hoje, que possamos estar prontos para que Jesus se manifeste a nós de maneiras novas e surpreendentes. Para encontrar o Senhor Jesus Cristo, precisamos estar dispostos a buscá-lo. — David C. McCasland


Bomba científica!

comentários

Em função de uma série de fenômenos naturais e anomalias que contradizem os ensinamentos acadêmicos sobre o formato da Terra, cientistas brasileiros do Dakila Pesquisas decidiram investigar as inconsistências. Em sete anos de estudos, foram realizados experimentos científicos, em diferentes pontos no mundo, com acompanhamento de instituições governamentais e de profissionais de vários segmentos do Brasil e de diversos países. Os resultados apontam que a Terra é convexa nos continentes e plana nas águas, e serão apresentados no longa metragem Terra Convexa: O Documentário, amanhã, 29 de março, no site terraconvexa.com.br em português, inglês e espanhol. A pré-estreia, para convidados, ocorreu ontem à noite em cinemas de São Paulo (SP) e Brasília (DF); hoje, em Belo Horizonte (MG). Segundo Urandir Fernandes de Oliveira, fundador do Dakila Pesquisas, a tese de que a Terra é redonda foi derrubada por sete experimentos: geodésico, que consiste em medir dois prédios com ampla distância, tendo como referência o nível do mar; experimento a laser para verificar a planicidade das águas; nivelamento das águas; Distorções óticas relacionadas a processos reflexivos; experimento de barcos na linha do horizonte; experimentos da gravidade e dos corpos celestes. Além de abordar o formato da Terra, o documentário vai revelar a descoberta de um novo continente separado por um paredão de gelo. Novos conhecimentos também serão demonstrados em relação ao Sol, a Lua, e constelações. (Fonte: Dino para Jornalistas)

 

Chelala, o precursor

Muita gente não sabe que o professor Charles Chelala (foto), o manda chuva do Partido da Pátria Livre no Amapá, foi quem primeiro vislumbrou a possibilidade do senador Davi Alcolumbre vir a ser candidato a governador do estado. Isso ocorreu em março de 2016, no Congresso Estadual do PPL, no Centro de Convenções ‘João Batista de Azevedo Picanço’. Na ocasião, Chelala bradou que o Amapá tinha um nome com todas as condições de assumir a governadoria estadual, e que esse nome era o senador Davi Alcolumbre. Depois, a campanha eleitoral para prefeito e vereadores começou, Davi se aproximou de Clécio e de Randolfe, redundando no segundo mandato do gestor macapaense. A aproximação teve como fulcro principal Clécio e Randolfe apoiarem Davi para o governo, em 2018. Pelo menos até agora o compromisso desses dois com o senador está sendo honrado, enquanto Chelala ri como precursor da ideia que dependerá do resultado das urnas, em outubro, para se concretizar ou não.

 

A galeria de Deus
O Salmo 100 é como uma obra de arte que nos ajuda a celebrar o nosso Deus invisível. Embora o foco da nossa adoração esteja além da vista, o Seu povo o torna conhecido.
Imagine o artista com pincel e paleta criando as palavras coloridas deste Salmo em uma tela. O que surge diante de nossos olhos é um mundo — “toda a terra” — bradando de alegria ao Senhor (v.1). Alegria. Porque a alegria do nosso Deus é redimir-nos da morte. “Em troca da alegria que lhe estava proposta…”, Jesus suportou a cruz (Hebreus 12:2).

À medida que nossos olhos se movem pela tela, vemos um coral internacional de incontáveis membros cantando “…com alegria…” e “…com cântico” (Salmo 100:2). O coração do nosso Pai celestial se agrada quando o Seu povo o adora por quem Ele é e pelo que Ele tem feito.

Depois, vemos imagens de nós mesmos, formados a partir de pó nas mãos do nosso Criador e conduzidos como ovelhas a verdes pastos (v.3). Nós, o Seu povo, temos um Pastor amoroso.
Finalmente, vemos o grande e glorioso lugar de habitação de Deus — e as portas pelas quais o Seu povo resgatado entra em Sua presença invisível, dando-lhe graças e louvor (v.4).
Que quadro, inspirado por nosso Deus. Nosso Deus: bom, amoroso e fiel. Não é de admirar que demorará toda a eternidade para desfrutarmos da Sua grandeza! Nada é mais tremendo do que conhecer a Deus. — Dave Branon