Vida

comentários

Sensibilizar novos doadores e fidelizar os já existentes é o objetivo da Campanha Nacional de Doação de Sangue em 2015. A ação foi iniciada ontem com o slogan ‘Doar sangue é compartilhar vida’, e também mensagem de agradecimento aos atuais doadores. Em 2014, cerca de um milhão de pessoas praticaram o ato de solidariedade pela primeira vez, o que representa 38% do total das doações de sangue. Já outras 1,6 milhão (62%) retornaram para doar.  Atualmente, 1,8% da população brasileira doa sangue. 


Araguari cansado de guerra

comentários

Aconteceu nesse fim de semana, em Ferreira Gomes, Audiência Pública chamada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para tratar das mortandades de peixes que têm ocorrido no rio Araguari em decorrência, provavelmente, de impacto que as hidrelétricas Cachoeira Caldeirão e Ferreira Gomes vêm promovendo no meio ambiente a quem têm influência. Autoridades de diversos órgãos públicos e representantes de entidades atenderam ao chamado para o evento, mas não a direção das empresas das duas hidrelétricas, tampouco a direção da Sema e do Imap. Uma pena! Em virtude desse desfalque, nova Audiência Pública foi marcada, para 4 de dezembro. Oxalá esse pessoal desta vez compareça para o debate tão importante. Se não marcarem presença, estarão assinando, em tese, os seus atestados de culpa pelo desequilíbrio ecológico no Araguari.


Uma boa!

comentários

Carteira de habilitação nas mãos nem sempre significa pleno conhecimento de um automóvel, e isso fica mais evidente em algumas situações, como as que envolvem mecânica, por exemplo. Ciente disso, no Rio de Janeiro, o Detran promove desde março de 2013 um curso especial para condutores que desejam se aprofundar um pouco mais no tema. De acordo com o coordenador de Educação do Detran-RJ, João Marcelo Gueiros, o curso foi concebido para mulheres, mas o público masculino passou a se inscrever cada vez mais. “Com isso, adaptamos nosso material para atender também ao universo masculino e, ao todo, cerca de seiscentos alunos já passaram pelo curso. Hoje somos procurados por homens e mulheres de todas as idades, de leigos a profissionais. O curso tem duração de três horas, sendo duas horas de aula teórica e uma de prática. Nele ensinamos sobre manutenção preventiva e mostramos que, com pequenos cuidados, evitamos possíveis acidentes de trânsito devido ao mau funcionamento do veículo e preservamos vidas”, diz João Marcelo. Que bom se isso chegasse aqui no Amapá.


Acontecimentos

comentários

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, Fábio Garcia, que também é o ouvidor do TRE-AP, participou de 18 a 20 de novembro da 8ª Reunião do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral e do X Encontro de Representantes das Ouvidorias Eleitorais. Os eventos foram no Hotel Sagres, em Belém (PA). Foram debatidas, nos dois momentos, demandas das ouvidorias eleitorais do país, promovendo soluções para problemas comuns do segmento. Fábio ressaltou que a troca de informações, experiências e absorção de novos conhecimentos são fundamentais para o avanço da gestão dos tribunais regionais eleitorais.


Importante

comentários

Neste sábado, 21, às 10h, na Sala do Conselho Deliberativo do Sebrae, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) comanda debate sobre a proposta de Decreto de Regulamentação da Zona Franca Verde de Macapá e Santana, elaborada por Ministério do Desenvolvimento e apresentada ao gabinete dia 11 passado. Foram convidados diversos representantes de sindicatos do setor econômico e turístico. “Precisamos tratar do assunto e assegurar que este regime aduaneiro especial contribua para o desenvolvimento do Amapá”, diz Randolfe.


Judiciário em Mazagão

comentários

A Comarca de Mazagão será palco de mais uma Audiência Pública do Poder Judiciário amapaense. A ação, que visa prestar contas à sociedade, ocorrerá amanhã, 19, a partir das 18h30, no Fórum da cidade.
A prática tem como principal finalidade promover ampla prestação de contas das comarcas, propiciando diálogo presencial entre a população e o Judiciário.
Para a oevento, a Justiça do Amapá convida toda a comunidade de Mazagão a participar efetivamente da Audiência Pública.
‘Entre outras coisas, o evento garantirá ao cidadão a oportunidade de opinar, denunciar, sugerir e expor os anseios sobre os serviços da Justiça”, ressalta a presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargadora Sueli Pini.


Desequilíbrio ecológico

comentários

Mais uma vez os moradores do município de Ferreira Gomes, a 135 quilômetros de Macapá, foram surpreendidos com grande quantidade de peixes mortos às margens do rio Araguari. A Associação de Atingidos por Barragens atribui o incidente às atividades da Hidrelétrica de Ferreira Gomes e afirma que essa foi a maior mortandade de peixes já registrada na região. “Isso acontece quando eles da Ferreira Gomes Energia abrem as comportas; eles fazem isso de madrugada pra ninguém ver os peixes mortos. Desta vez a quantidade foi muito grande e não deu tempo de recolher tudo”, acusa o presidente da associação, Moroni Guimarães. Moradores mais pobres recolhem os peixes para comer. A orla de Ferreira Gomes amanheceu tomada de peixes de várias espécies. Foi terceira vez que houve registro de mortandade de peixes no Araguari em pouco mais de um ano. A primeira foi registrada em setembro de 2014. Na época, os moradores usaram os peixes mortos para bloquear a BR 156 em sinal de protesto. Nos dois primeiros casos ficou constatado por meio de exame que a mortandade foi causada pela liberação violenta de água da barragem. A Ferreira Gomes Energia foi multada em mais de R$ 10 milhões e obrigada a assinar Termo de Ajustamento de Conduta. Nesta segunda-feira, 16, a entidade vai pedir ao Ministério Público Federal que abra um inquérito para investigar o caso. (Extraído do site do confrade Seles Nafes).


Benefício

comentários

O decreto 8.537, de 5 de outubro de 2015, que regulamenta a lei da meia-entrada, entra em vigor a partir de 1 de dezembro e estabelece as novas regras para a obtenção do benefício. A partir dessa regulamentação, 40% dos ingressos disponíveis em eventos culturais e jogos esportivos devem ser destinados à meia-entrada de estudantes, jovens de baixa renda e por pessoas com deficiência. Os ingressos disponíveis para venda pela internet também devem ter sua cota reservada à meia-entrada. Novas regras da meia-entrada serão válidas a partir de dezembro. Então tá.


Volta ao passado

comentários

Acadêmicos do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Amapá (Unifap) realizaram nessa sexta-feira, 14, na Escola Municipal Maria Luiza Bello da Silva (escola de aplicação da universidade), o projeto “Construir conhecimento: brincando e encantando a criançada”, que resgata brincadeiras e brinquedos tradicionais por meio de atividades recreativas.
Coordenado pela professora Elda Araújo, da disciplina Prática Pedagógica II, o projeto visa proporcionar aos alunos da escola de aplicação momentos de convivência saudável, amiga, criativa e construtiva e promover a interação entre a Unifap e a sociedade, oportunizando às crianças e à comunidade escolar vivenciar práticas de aprendizagem.
‘O tema do resgate de brinquedos e brincadeiras tradicionais evidencia que existem brinquedos tão antigos quanto ao homem. As crianças das cavernas provavelmente já se divertiam com gravetos, pedras e o que tivessem a mão’, diz a professora Elda.


Vida

comentários

O Hemoap iniciou campanha para captar novos doadores, principalmente para manter o estoque de sangue com RH negativo. O fator é raro entre a população e preocupa a unidade no que tange à média de abastecimento.  A demanda maior está entre os tipos sanguíneos O-, A-, AB-, B-. Segundo a chefe de captação de doadores, Marilda Ferreira, é necessária a manutenção de doações periódicas para atender, especificamente, pacientes que precisam de plaquetas, componentes do sangue que tem como prazo de  validade apenas cinco dias após o colhimento. “A demanda cresce e precisamos manter essa periodicidade”, destaca Marilda Ferreira.