Eleição contestada

comentários

O resultado da eleição para a presidência do Tribunal de Justiça do Amapá, vencida pelo desembargador João Guilherme Lages, já foi parar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Como a coluna havia antecipado, a desembargadora Sueli Pini ingressou com recurso (Procedimento de Controle Administrativo) listando o que considera uma série de irregularidades.
Segundo Sueli Pini, as irregularidades estão na escolha do vice-presidente (Agostino Silvério), corregedor-geral (Eduardo Contreras), diretor da Escola Judicial (Carlos Tork) e para os integrantes do Tribunal Regional Eleitoral (Rommel Araújo e Gilberto Pinheiro). O recurso tem data de 5 de dezembro.

Instruindo PAD
O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) não confirma e nem desmente, mas a coluna apurou que Márcio Schiefler Fontes, conselheiro do CNJ, esteve no Amapá esta semana. Ele teria ouvido testemunhas em um PAD (Processo Administrativo Disciplinar) contra desembargador que atuou como corregedor do Tribunal Regional Eleitoral.
Para tanto usou o plenário da Câmara Única do TJAP.

Vencendo etapas
Com direito a festa e discursos foi vencida neste sábado (15), a primeira etapa – entrega do prédio – da instalação do Instituto de Prevenção Hospital de Amor Amapá. Agora vem a segunda fase, que é a inauguração, prevista para ocorrer no primeiro semestre de 2019. A administração será feita através de convênio entre o governo do Amapá e a direção do Hospital de Amor.
Quando inaugurada a unidade poderá fazer até oito mil atendimentos mensais.

Obras da Caesa
A Caesa anuncia concorrência pública para execução de obras de reabilitação e ampliação do sistema coletor de esgoto sanitário de Macapá, compreendendo reabilitação (Bacia Fortaleza) e ampliação (Bacia Mulheres) da rede coletora de esgoto, reabilitação das estações elevatória de esgoto 1, 2 e 3 (Bacia Fortaleza) e da estação elevatória de esgoto 7 (Bacia Beirol), implantação da estação elevatória de esgoto  4 (Bacia Mulheres) e linha de cecalque, e reabilitação da Unidade de Tratamento (Lagoas de Estabilizaçã o), na cidade de Macapá.
Abertura das propostas está marcada para 17 de janeiro de 2019.

Voltando ao primeiro grau
A ação penal contra Ricardo Soares, presidente do Tribunal de Contas do Amapá, que vinha tramitando no STJ e baixou para o Tribunal de Justiça do Amapá, agora tramita na justiça comum do primeiro grau de jurisdição do estado do Amapá.
O STJ determinou a remessa do processo para juízo de primeiro grau de jurisdição, dado que Ricardo não se encontra dentre aqueles com prerrogativa de foro.

Eleição na CMM
Os vereadores Caetano Bentes e Ruzivan Pontes devem disputar a presidência da Câmara Municipal de Macapá com a ida de Acácio Favacho, eleito deputado federal, para a Câmara. Caetano deve ter em sua chapa o experiente vereador Gean do Nae, que está no quinto mandato. Só não há entendimento quanto uma data para o pleito.
Aliás, a CMM ainda não aprovou sequer a LDO, o que permitirá a votação do Orçamento do município para 2019.

Pedidos negados
Presos na Operação Miríade, deflagrada dia 13 de novembro pela Polícia Federal no Amapá – venda de terras da União no estado – José Mauro Soares Pereira e Vinicius Abdon Moreira (gravado oferecendo terras para um empresário) tiveram indeferidos pedidos de revogação da prisão.
O juiz federal Jucélio Neto manteve a preventiva dos dois.

Buscando gratuidade
Deputado afastado Moisés Souza ingressou com uma série de agravos de instrumento (cível) no TJAP, todos sob a relatoria do desembargador Rommel Araújo, e pediu o deferimento de gratuidade da justiça.
Rommel Araújo facultou a Moisés comprovar, no prazo de cinco dias, a impossibilidade de suporptar o preparo, sob pena de indeferimento do pedido de gratuidade.

Pedido prejudicado
Advogado de Edmundo Tork, condenado em ação penal da operação Eclésia, requereu permissão para deslocamento do mesmo da prisão domiciliar em que se encontra para receber atendimento médico de urgência por conta de quadro de dor constante na coluna cervical. Enfermeiro do TJAP constatou que Edmundo apresentava quadro de melhora na parestesia dos membros inferiores, e estava em repouso após ter recebido medicação.
Desembargador Carlos Tork considerou prejudicado o exame do pedido de urgência.

A Frase
O crime não tem nacionalidade, nem tem nacionalidade também a honradez (Rui Barbosa)

Criação de municípios (foto de um dos municípios)
Criados pela Lei Federal 7.639/1997, os municípios de Ferreira Gomes, Laranjal do Jari, Santana e Tartarugalzinho completam 31 anos nesta segunda-feira 17. A instalação dos municípios criados ocorreu com a posse do prefeito e da câmara municipal, após a realização simultânea das eleições municipais em todo o país. O presidente da República era José Sarney.

Pingado
>>> Portarias do Incra reconhecem 175 famílias do Territórios Quilombolas no Rosa, Conceição do Macacoari, Mel da Pedreira e São Raimundo do Pirativa. São três em Santana e um em Macapá.
Adicional de insalubridade para gestantes está na pauta do Senado na terça-feira 18.
>>> Luiz Omar está confirmado como presidente do Ypiranga Clube, com posse marcada para dia 23.
>>> Começando a ler o livro “Sérgio Cabral, o homem que queria ser rei”, presente do amigo José Maria Botelho.


Laudo Suíço faz 118 anos

comentários

Ontem, 1º de dezembro, completou 118 anos da divulgação do Laudo Suíço, pelo então presidente da Suíça Walter Hauser, dando ganho da causa do Brasil na questão do Contestado Franco Brasileiro. José Maria da Silva Paranhos, o Barão do Rio Branco, então ministro das Relações Exteriores, conseguiu que fossem estabelecidos os limites territoriais, demarcando a fronteira entre o Oiapoque e a Guiana Francesa. A demarcação das terras, porém, não significou a separação dos povos. A data ainda marca a inauguração da Praça Barão do Rio Branco, em Macapá, em 1950.

Perícia da Politec
Das 21 ações penais da Operação Mãos Limpas, 16 estão em fase de diligências, e em todas essas tanto o Ministério Público quanto as defesas de deputados e ex-deputados denunciados requereram a realização de perícia grafotécnica.
O trabalho será feito pela Polícia Técnica Científica do Amapá, conforme determinação do Tribunal de Justiça.

Nos finalmente
Está na fase de alegações finais a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) do Ministério Público Eleitoral contra a deputada federal eleita Aline Gurgel, defendida pelo advogado Eduardo Tavares. Também é investigado na ação Clemilson Cassemiro Ferreira.
A relatora no Tribunal Regional Eleitoral é a desembargadora Sueli Pini.

Aposentadoria incentivada
Já está regulamentado o Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI), no âmbito do Poder Judiciário do Amapá, conforme lei estadual aprovada este ano, destinado aos magistrados e aos servidores do quadro de pessoal efetivo.
O prazo para adesão ao PAI começa hoje, dia 3, e vai até 14 de dezembro, sem chance de prorrogação. As regras estão na resolução publicada.

Rumo ao STJ
Subiu para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma ação penal (0000891) que tem como réus: Edmundo Tork, e os ex-deputados estaduais Eider Pena, Edinho Duarte e Moisés Souza.
Foi para processamento do recurso especial interposto por Eider Pena e do agravo em recurso especial interposto pelo Ministério Público do Amapá, todos inadmitidos no TJAP pelo desembargador Gilberto Pinheiro.

Refis do Geap
O Programa de Refinanciamento de Dívidas (Refis) da Geap Autogestão – operadora de plano de saúde dos servidores – permite aos beneficiários ativos e inativos o parcelamento dos débitos atrasados de maneira célere, econômica e segura.
O Refis estava previsto para se encerrar em novembro, mas foi prorrogado para 14 de janeiro de 2019. As condições de pagamento permanecem as mesmas: os descontos podem chegar a até 95% e o parcelamento pode ser realizado em até 60 vezes.

Limpeza geral
Se for respeitado o que ficou acordado entre o MP, o governo do Amapá e a prefeitura de Macapá; dia 7 de dezembro vai acontecer limpeza geral do conjunto Macapaba, e em 30 dias, os empreendimentos que ocupam os logradouros e áreas institucionais serão retirados, permanecendo somente os que estão cadastrados pela Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo.

Avanço das drogas
De acordo com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), o tráfico de drogas é a atividade criminosa mais lucrativa do mundo, com uma movimentação de cerca de 320 bilhões de dólares por ano. Relatório do ano passado aponta o crescimento do número de usuários de drogas, que atingiu a marca de 250 milhões de pessoas em 2015. Dessas, cerca de 29,5 milhões de pessoas – ou 0,6% da população adulta global – apresentaram transtornos relacionados ao consumo de drogas, incluindo a dependência.

Ouro do Lourenço
O Ministério Público Federal realiza, em 10 de dezembro, audiência pública para discutir o futuro da mineração no garimpo do Lourenço. O órgão pretende que seja implantado no Distrito um projeto de pequena mineração sustentável a ser executado pela comunidade tradicional garimpeira. A proposta será apresentada durante o evento, no auditório da Escola Estadual Juvenal Guimarães Teixeira, das 9h às 12h, no Distrito do Lourenço, em Calçoene.

Terras problemáticas
De acordo com o Imazon, o Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap) foi o segundo pior em uma avaliação de transparência ativa de informações sobre terras públicas, realizada em oito estados amazônicos. O órgão não apresentou 70% dos indicadores pesquisados. Além do Amapá, foram analisados Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Roraima e Tocantins. Em nenhum, foi encontrada uma situação 100% satisfatória de divulgação de informações.

 

Pingado

  • Hoje, 2 de dezembro, Dia Nacional do Samba, tem roda de samba o dia inteiro na área da sede campestre da Loja Maçonica Duque de Caxias, no Araxá.
  • Kely Dayane Silva Costa e Tassia Valéria Azevedo Leão foram presas pela Polícia Federal durante a Operação Retorno, que combate fraude no seguro-desemprego.
  • A 2ª turma do STF decide nesta terça-feira o HC impetrado pela defesa do ex-presidente Lula no qual se alega a suspeição do ex-juiz federal Sérgio Moro.
  • Prestação de contas ameaçando mandato dos deputados estaduais Max da AABB e Luciana Gurgel.


Mais médicos

comentários

Pouca gente acredita, mas o governo federal fechou a semana afirmando que 92% das vagas do novo edital do Programa Mais Médicos já foram preenchidas. Seriam 25.901 inscritos com registro (CRM) no Brasil. Desse total, 17.519 foram efetivadas e 7.871 profissionais já estão alocados no município para atuação imediata. Na apresentação ao município, que vai até 14 de dezembro, o médico deve entregar todos os documentos exigidos no edital. Não se tem notícia de que algum médico tenha se apresentado no Amapá. Os médicos cubanos começam a deixar o estado dia 29.

Falta tudo
Segundo estado minerador do Brasil, o Pará apresentou seu plano de mineração durante reunião entre parlamentares membros das comissões de Indústria, Comércio, Minas e Energia (CIC) e de Administração Pública (CAP), da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap); e representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará (Sedeme).
O Amapá tem muito minério, mas hoje não tem rodovia, não tem ferrovia e não tem porto.

Eleição no TJAP
Na sessão desta quarta-feira, dia 28, o Tribunal de Justiça do Amapá deve eleger sua nova direção para comando a partir de março de 2019, quando encerra o mandato do presidente Carlos Tork.
E o eleito para presidência pode ser o desembargador João Lages, a se confirmar a desistência de Manoel Brito em assumir cargo de direção no TJAP.

Só espera o acórdão
O promotor de Justiça Adauto Barbosa, condenado pela Câmara Única do TJAP sob a acusação de litigância de má-fé em ação que envolveu procuradores do estado e uma empresa de vigilância, informou que só espera a publicação do acórdão para recorrer ao STJ.
Adauto diz que as instâncias superiores precisam tomar ciência das inovações aqui materializadas, e garante que não conseguirão acorrentar o MP.

Cofre da Fieap
Pauta de reunião da Federação das Indústrias do Estado do Amapá (FIEAP) aponta que o salário do superintendente da entidade pode chegar aos R$21.380.73. Hoje é de R$11 mil. Já o salário de coordenadores, chefe de gabinete e de relações institucionais pode bater em quase R$10 mil.
É o que mostra tabela de cargos e salários a ser aplicada de acordo com avaliação de futura rentabnilidade.

Conjunto invadido
Se o que ficou acordado entre o MP, GEA e PMM, dia 7 de dezembro ocorre limpeza geral do Macapaba, e em 30 dias, os empreendimentos que ocupam logradouros e áreas institucionais serão retiradas, permanecendo somente os já cadastrados pela Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo.
Existe ocupação desordenada do passeio público, com diversos flagrantes de desobediência às normas urbanísticas, como ocupação ilegal de logradouro público, construções residenciais e comerciais, como frigorífico, minibox, fossas, borracharias, e outros estabelecimentos em madeira e alvenaria.

Sempre roubados
Técnicos da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e fiscais do Procon no Amapá, atuando em Macapá e Santana, interditaram e um posto de combustível que vendia gasolina com 32% de teor de álcool, sendo que o permitido é de 27%.
Como o nome do posto interditado não é revelado, todos ficam sob suspeita. A gente acaba sendo roubado na quantidade e na qualidade do combustível fornecido pelos postos.

Entre as melhores
O Índice de Gestão do Desempenho das Varas do Trabalho (IGEST) apontou que o TRT da 8ª Região, que inclui o Amapá, possui 5 das suas varas trabalhistas figurando entre as dez melhores do Brasil.
Três das cinco melhores ficam em Belém, e as outras duas (quinta e oitava varas) em Macapá.

O jeito é vender
A coisa anda tão braba que tem sindicato vendendo o restante de lote urbano, onde existe um prédio comercial, visando levantar dinheiro para tentar outros investimentos. O lote fica na Marcelo Cândia, em Macapá.
É o caso do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Extração e Beneficiamento de Minérios Ferrosos e não Ferrosos dos estados do Amapá e Pará, que marcou assembleia para decidir a questão no dia 29 de novembro.

Todos contra o aedes
Neste domingo (25) começa a Semana Nacional de Combate ao Aedes nos estados e municípios. A partir desta data até o dia 30 a população de todo o país está convocada para unir esforços no enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya. A semana fecha com o dia D (30) de combate ao Aedes, com a realização de mutirões de limpeza em todos os espaços, incluindo os órgãos públicos.

 

Pingado

  • E a Funasa no Amapá buscando explicação para o sumiço de mais de 60 bombas d’água de seu depósito na Fazendinha.
  • Na sessão desta quinta-feira (29) a Câmara Única do TJAP julga apelação do empresário Luciano Marba contra Boêmios do Laguinho, tendo como relator o desembargador Rommel Araújo.
  • Creche Tia Chiquinha, da prefeitura de Macapá, será inaugurada nesta segunda-feira, 26 de novembro.
  • Possibilidade de Carnaval 2019 inicia com desavenças entre três escolas de samba e a Liesap


Justa homenagem

comentários

Raimundo dos Santos Souza, nosso querido e saudoso mestre Sacaca, cujo nome está eternizado no museu que leva seu nome, em Macapá, foi homenageado ontem pela Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture, em solenidade realizada no Rio de Janeiro. Sacaca foi a quinta personalidade no mundo a receber tal homenagem, juntando-se ao escritor José Saramago, ao médico Ivo Pitanguy, a escritora Camile Claudeu e ao pintor Cícero Dias. O padre Paulo Roberto também foi condecorado vice-presidente da Divine Académie.

 

Ao trabalho
Já se sabe que muita gente não vai aparecer, mas o governo do Amapá informa que a segunda-feira (19) será dia normal de trabalho, véspera do feriado em comemoração ao Dia da Consciência Negra. Na terça-feira (20), serão mantidos os serviços essenciais, que exijam regime de plantão permanente, como saúde e segurança pública, por exemplo.

Presos da Miríade
A Operação Miríade, deflagrada esta semana pela Polícia Federal para desarticular organização criminosa especializada em praticar fraudes e vender terras da União no estado do Amapá, prendeu em Macapá Edilan do Rosário Mendonça, José Mauro Soares Pereira, Vinícios Abdon Moreira, o advogado Dorgival do Nascimento e Rubens Lima Morais. Eles são acusados de vender terras no Amapá para empresários do Mato Grosso e do Paraná, cobrando mil reais por hectare.

Assessores das excelências
Cada deputado estadual do Amapá terá direito a 25 assessores com a finalidade de cobrir todas as ações do parlamentar no estado. É o que diz a reforma administrativa aprovada pela Assembleia Legislativa. E tem promessa de concurso público, coisa que não acontece desde o século passado.

Está tudo nas caixas
A Secretaria do Pleno do Tribunal de Justiça do Amapá guarda 43 caixas de documentos apreendidos dentro da Assembleia Legislativa durante a deflagração da “Operação Mãos Limpas” da Polícia Federal, de setembro de 2010. Tudo disponível aos advogados constituídos nos autos dos processos referentes a operação, desde setembro de 2017.  É que houve desmembramento no STJ e tem advogado de deputado e ex-deputado falando em prejuízo para a defesa.

Gratuidade da justiça
Instrução normativa do Tribunal de Justiça do Amapá recomenda aos juízes critérios para a análise dos pedidos de gratuidade de justiça, indeferindo o pleito se houver nos autos elementos que evidenciem a capacidade de custear as despesas processuais, na forma estabelecida pelo artigo 99 do Código de Processo Civil. Ficam fora da análise recomendada os pleitos patrocinados pela Defensoria Pública.

Lei anticorrupção
Cinco anos após a promulgação da Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013), mais da metade dos estados já regulamentou a norma e instituiu mecanismos de responsabilização de empresas que lesarem a administração pública. Por outro, diversas unidades da federação, entre elas o Amapá, ainda permanecem inertes quanto ao assunto. Isso é o que aponta o estudo “Um panorama da aplicação da Lei Anticorrupção nos estados brasileiros”.

Vacina em dia
O Ministério Público Federal (MPF) enviou ofício a todos os secretários de saúde dos estados solicitando que as creches e as pré-escolas dos municípios verifiquem, no momento da matrícula, a caderneta de vacinação das crianças, informando às autoridades sanitárias e às respectivas famílias a ocorrência de falta das vacinas obrigatórias.
A iniciativa é resultado da audiência pública “Programa Nacional de Imunização – Redução das Desigualdades Sociais”, realizada em setembro, na sede da Procuradoria-Geral da República.

Nome na internet
A Receita Federal vai publicar na internet o nome e o CPF de pessoas citadas em representações fiscais e penais em denúncias que o órgão envia ao Ministério Público para investigação de supostos crimes. É o que determina a Portaria RFB 1.750, publicada no Diário Oficial da União.

Juntando cópias
O desembargador Carlos Tork deferiu pedido do Ministério Público do Amapá para que as cópias das publicações dos Diários Oficiais, no item correspondente a Assembleia Legislativa, referente ao período de janeiro de 2009 a agosto de 2010 sejam juntadas em todas as ações penais que cuidam de suposto recebimento ilegal de diárias por parte de deputados, as quais estão sob sua relatoria. s autos devem aguardar em secretaria.

 

PINGADO
• Hoje, 18 de novembro, é dia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), criada em 1930.

• Creche Tia Chiquinha, da prefeitura de Macapá, deve ser inaugurada dia 26 de novembro.

• Juíza Alaíde Maria mandou penhorar dois toboáguas da sede da Associação Atlética Banco do Brasil em Macapá.

• Lucro da Petrobras soma R$ 23,7 bi no ano. E a gente aqui no andar de baixo se ferrando com o preço da gasolina e do gás de cozinha.


Problemas da usina

comentários

O juiz federal Hilton Sávio Gonçalo Pires mandou a empresa Alupar Investimentos promover, no prazo de 60 dias, o aprimoramento/esclarecimento do relatório técnico apresentado como complementação do estudo de impacto ambiental da UHE Ferreira Gomes, abrangendo, inclusive, o baixo Araguari na área de influência da UHE Ferreira Gomes, com vista a: mapear as atividades que possam causar impactos na REBIO Lago Piratuba, e produzir monitoramentos sistemáticos (aproveitando os já existentes e os projetos em andamento) sobre a qualidade da água, biota aquática, atividades pesqueiras entre outros que possam elucidar impactos associados às usinas no baixo Rio Araguari. Foi fixada multa diária de R$10 mil, para o caso de eventual descumprimento.

Pedidos negados
O deputado Moisés Souza, preso no Iapen, formulou pedido para análise de questão de ordem no processo pelo qual o deputado Kaká Barbosa (PR) pretende fazer acordo com o Ministério Público para devolver de forma parcelada mais de R$2 milhões recebidos indevidamente da Assembleia Legislativa do Amapá. A juíza Alaíde Maria de Paula indeferiu o pedido de Moisés, réu no mesmo processo, para declarar ilícitas as provas e a suspensão do processo.
Ela determinou a intimação do procurador geral de Justiça Márcio Augusto Alves para que se manifeste em 15 dias.

PT enrolado
O Partido dos Trabalhadores no Amapá segue enrolado com a não prestação de contas de 2015, que acabou tirando a legenda das eleições de 2018. Agora a Justiça Eleitoral quer saber a origem do valor de R$ 13.905,82 que pagou a primeira parcela do acordo. O PT também deve apresentar comprovante de pagamento das parcelas já vencidas. Prazo de 30 dias para resposta.
A dívida do PT é de R$ 554.981,51 e multa, menos o valor recolhido R$ 13.905,82.

Dosimetria adiada
O Tribunal de Justiça do Amapá adiou do dia 7 para a sessão de quarta-feira, dia 14, o anuncio da pena imposta a cada um dos condenados da ação penal da Operação Eclésia que envolve a Assembleia Legislativa do Amapá e a Faculdade Atual em um contrato fraudulento de mais de R$870 mil.
Estão condenados Janiery Torres Everton, José Maria Miranda Cantuária, Katy Eliana Ferreira Motinha, Lindemberg Abel Nascimento e os ex-deputados Moisés Souza e Edinho Duarte.

Nosso saneamento
Levantamento da CNI, com base em dados oficiais, mostra que 15 dos 16 municípios do estado do Amapá, o correspondente a 93,75% das cidades, registraram doenças relacionadas à falta de saneamento básico, em 2017. Os números revelam que apenas 5,9% da população têm acesso à rede de coleta de esgoto, patamar bem inferior à média nacional de pouco mais de 50%. Entre as epidemias e endemias com maior incidência estão diarreira, verminoses e dengue.
O Amapá é o segundo estado mais atrasado no país em relação à coleta de esgoto, ficando atrás apenas de Rondônia. Um dado preocupante é que somente três municípios amapaenses têm política de saneamento.

Empréstimos homologados
A Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira da Aneel homologou os valores dos empréstimos de 10 de novembro de 2018 do Fundo da Reserva Global de Reversão (RGR) às distribuidoras designadas para a prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica.
Foram aprovados R$81,2 milhões para cinco distribuidoras, dos quais R$12,4 milhões são para a CEA. Ainda serão averiguadas as disponibilidades de caixa para eventual proporcional dos valores.

Desvalorização
Segundo a pesquisa da instituição beneficente de ensino global Varkey Foundation, divulgada esta semana, o Brasil é o país que mais desvaloriza o professor entre as 35 nações avaliadas.
O Índice Global de Status de Professores teve sua estreia em 2013 e também mostrava uma posição desconfortável do Brasil: penúltimo lugar. Desta vez, está em último. A pesquisa mostra que nove em cada 10 brasileiros acreditam que não há respeito por parte dos alunos aos seus professores.

Vida boa
O governo do Amapá decretou ponto facultativo nas repartições da administração na sexta-feira, 16 de novembro, pós-feriado da Proclamação da República. O expediente volta ao normal na segunda-feira, 19 de novembro.
Depois vem o feriado do dia da Consciência Negra (20) e o ponto facultativo do Dia do Evangélico (30).

Valsa dos 15 anos
Esta semana, mais um programa criado durante o governo Lula completou 15 anos. O Luz Para Todos foi lançado no primeiro ano de gestão do presidente Lula e revolucionou a vida de milhões de pessoas que viviam na escuridão.
Mas no Amapá até hoje não foi concluído.

Dívida eterna
Ainda tramita na Justiça local o polêmico processo que trata da dívida da União dos Negros do Amapá com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).
A questão é a validade do termo de confissão de dívida pactuado entre o estado do Amapá e a CEA, para efeito de declarar a inexistência de dívida por parte da UNA.

 

Pingado

  • Tribunal de Justiça do Amapá vai aprovar a minuta de resolução que regulamenta o Programa de Aposentadoria Incentivada.
  • Esta semana o Pleno do TJAP negou quatro pedidos em mandados de segurança do deputado Moisés Souza.
  • Nesta sexta-feira, dia 16, tem eleição na OAB Amapá. Os advogados Auriney Brito e Charles Bordalo disputam a presidência.
  • O CNJ vai apurar a indicação do juiz Sérgio Moro a ministro da Justiça. Os procedimentos tramitam em segredo de justiça.


Problemas da usina

comentários

O juiz federal Hilton Sávio Gonçalo Pires mandou a empresa Alupar Investimentos promover, no prazo de 60 dias, o aprimoramento/esclarecimento do relatório técnico apresentado como complementação do estudo de impacto ambiental da UHE Ferreira Gomes, abrangendo, inclusive, o baixo Araguari na área de influência da UHE Ferreira Gomes, com vista a: mapear as atividades que possam causar impactos na REBIO Lago Piratuba, e produzir monitoramentos sistemáticos (aproveitando os já existentes e os projetos em andamento) sobre a qualidade da água, biota aquática, atividades pesqueiras entre outros que possam elucidar impactos associados às usinas no baixo Rio Araguari. Foi fixada multa diária de R$10 mil, para o caso de eventual descumprimento.

 

Pedidos negados
O deputado Moisés Souza, preso no Iapen, formulou pedido para análise de questão de ordem no processo pelo qual o deputado Kaká Barbosa (PR) pretende fazer acordo com o Ministério Público para devolver de forma parcelada mais de R$2 milhões recebidos indevidamente da Assembleia Legislativa do Amapá. A juíza Alaíde Maria de Paula indeferiu o pedido de Moisés, réu no mesmo processo, para declarar ilícitas as provas e a suspensão do processo.
Ela determinou a intimação do procurador geral de Justiça Márcio Augusto Alves para que se manifeste em 15 dias.

 

PT enrolado
O Partido dos Trabalhadores no Amapá segue enrolado com a não prestação de contas de 2015, que acabou tirando a legenda das eleições de 2018. Agora a Justiça Eleitoral quer saber a origem do valor de R$ 13.905,82 que pagou a primeira parcela do acordo. O PT também deve apresentar comprovante de pagamento das parcelas já vencidas. Prazo de 30 dias para resposta.
A dívida do PT é de R$ 554.981,51 e multa, menos o valor recolhido R$ 13.905,82.

 

Dosimetria adiada
O Tribunal de Justiça do Amapá adiou do dia 7 para a sessão de quarta-feira, dia 14, o anuncio da pena imposta a cada um dos condenados da ação penal da Operação Eclésia que envolve a Assembleia Legislativa do Amapá e a Faculdade Atual em um contrato fraudulento de mais de R$870 mil.
Estão condenados Janiery Torres Everton, José Maria Miranda Cantuária, Katy Eliana Ferreira Motinha, Lindemberg Abel Nascimento e os ex-deputados Moisés Souza e Edinho Duarte.

 

Nosso saneamento
Levantamento da CNI, com base em dados oficiais, mostra que 15 dos 16 municípios do estado do Amapá, o correspondente a 93,75% das cidades, registraram doenças relacionadas à falta de saneamento básico, em 2017. Os números revelam que apenas 5,9% da população têm acesso à rede de coleta de esgoto, patamar bem inferior à média nacional de pouco mais de 50%. Entre as epidemias e endemias com maior incidência estão diarreira, verminoses e dengue.
O Amapá é o segundo estado mais atrasado no país em relação à coleta de esgoto, ficando atrás apenas de Rondônia. Um dado preocupante é que somente três municípios amapaenses têm política de saneamento.

 

Empréstimos homologados
A Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira da Aneel homologou os valores dos empréstimos de 10 de novembro de 2018 do Fundo da Reserva Global de Reversão (RGR) às distribuidoras designadas para a prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica.
Foram aprovados R$81,2 milhões para cinco distribuidoras, dos quais R$12,4 milhões são para a CEA. Ainda serão averiguadas as disponibilidades de caixa para eventual proporcional dos valores.

 

Vida boa
O governo do Amapá decretou ponto facultativo nas repartições da administração na sexta-feira, 16 de novembro, pós-feriado da Proclamação da República. O expediente volta ao normal na segunda-feira, 19 de novembro.
Depois vem o feriado do dia da Consciência Negra (20) e o ponto facultativo do Dia do Evangélico (30).

 

Dívida eterna
Ainda tramita na Justiça local o polêmico processo que trata da dívida da União dos Negros do Amapá com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).
A questão é a validade do termo de confissão de dívida pactuado entre o estado do Amapá e a CEA, para efeito de declarar a inexistência de dívida por parte da UNA.

 

Valsa dos 15 anos
Esta semana, mais um programa criado durante o governo Lula completou 15 anos. O Luz Para Todos foi lançado no primeiro ano de gestão do presidente Lula e revolucionou a vida de milhões de pessoas que viviam na escuridão.
Mas no Amapá até hoje não foi concluído.

 

Desvalorização
Segundo a pesquisa da instituição beneficente de ensino global Varkey Foundation, divulgada esta semana, o Brasil é o país que mais desvaloriza o professor entre as 35 nações avaliadas. O Índice Global de Status de Professores teve sua estreia em 2013 e também mostrava uma posição desconfortável do Brasil: penúltimo lugar. Desta vez, está em último. A pesquisa mostra que nove em cada 10 brasileiros acreditam que não há respeito por parte dos alunos aos seus professores.

 

Pingado

• Tribunal de Justiça do Amapá vai aprovar a minuta de resolução que regulamenta o Programa de Aposentadoria Incentivada.

• Esta semana o Pleno do TJAP negou quatro pedidos em mandados de segurança do deputado Moisés Souza.

• Nesta sexta-feira, dia 16, tem eleição na OAB Amapá. Os advogados Auriney Brito e Charles Bordalo disputam a presidência.

• O CNJ vai apurar a indicação do juiz Sérgio Moro a ministro da Justiça. Os procedimentos tramitam em segredo de justiça.


Carreta da Mulher

comentários

Depois de concluir atendimentos na Praça Barão do Rio Branco, a Carreta Saúde da Mulher se muda a partir de segunda-feira (5) para o conjunto Cabralzinho, Zona Oeste de Macapá. Em um ano e sete meses de funcionamento, a carreta já passou pelos bairros Infraero, Jardim Felicidade, Pedrinhas, Perpétuo Socorro e Centro, somando mais de 20 mil procedimentos feitos. Os serviços mais procurados foram consultas ginecológicas e os exames de PCCU, que juntos somaram 1.969 atendimentos no bairro Central, que também teve um horário especial para atender as comerciárias.

 

Dosimetria da pena
Nesta quarta-feira (7), o Pleno do Tribunal de Justiça do Amapá deve anunciar a pena imposta a cada um dos condenados da ação penal da Operação Eclésia que envolve a Assembleia Legislativa do Amapá e a Faculdade Atual em um contrato fraudulento de mais de R$870 mil.
Estão condenados Janiery Torres Everton, José Maria Miranda Cantuária, Katy Eliana Ferreira Motinha, Lindemberg Abel Nascimento e os ex-deputados Moisés Souza e Edinho Duarte.

Danos nas escolas
Se depender do deputado estadual Oliveira Santos (PRB), danos causados por alunos dentro das escolas serão reparados pelos pais.
É o que determina projeto de lei de autoria do parlamentar, em tramitação na Assembleia Legislativa do Amapá.

Luz para Todos
A Eletrobras anunciou licitação que tem como objeto a execução das obras civis e montagem eletromecânica das Redes de Distribuição Rural (RDR’s) em 13,8 kV e 34,5 kV constantes do Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Energia Elétrica no estado do Amapá, com fornecimento parcial de materiais. O tipo será menor preço global, em regime de empreitada por preço unitário. A sessão pública está marcada para 22 de novembro.

Comunidade quilombola
Tramita no Incra Amapá processo que trata da regularização fundiária das terras ocupadas pelos remanescentes da Comunidade Quilombola denominada Comunidade de Remanescentes de Quilombos do Ambé localizada no município de Macapá. A comunidade é composta de 53 famílias e o território identificado e delimitado possui área de14.105,8970 hectares.

Foi aberto prazo de 90 dias para apresentação de contestações ao relatório técnico.

Adaptação de cinema
Superintendência do IPHAN no Amapá abriu processo de licitação visando a contratação de empresa especializada na execução “Adaptar o Cinema, Imóvel Público Tombado na Vila de Serra do Navio, para uso como Ginásio Poliesportivo onde visará à manutenção da estrutura arquitetônica tombada da Vila”.Entrega das propostas será dia 26 de novembro.

Conciliação itinerante
Tribunal de Justiça do Amapá instituiu o programa de conciliação itinerante no âmbito das práticas de resoluções de conflitos de interesses preferencialmente na modalidade cidadania, com atribuições para orientar os cidadãos e encaminhá-los para os órgãos responsáveis para resolução de conflitos. A execução do Programa será coordenada pelo NUPEMEC/TJAP e para sua consecução será utilizado um veículo, tipo VAN e mediadores e conciliadores capacitados.

Defesa de autonomia
Eleito senador pelo Ceará, Cid Gomes (PDT) quer fortalecer a capacidade legislativa dos estados e do Distrito Federal. Ele diz que os estados brasileiros têm realidades diferentes e precisam ter mais autonomia na capacidade de fazer leis e de adaptar a legislação a suas realidades.Para ele, há muita concentração de poderes legislativos na União, o que limita os outros entes federados.

TV Brasil
Deve desembarcar em Macapá, nesta terça-feira (6), uma equipe da TV Brasil chegará para documentar o projeto Constelação Familiar no Cárcere, desenvolvido pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Cidadania (NUPEMEC/TJAP). O NUPEMEC é coordenado pela desembargadora Sueli Pini.

Atrás dos padrinhos
O governador Waldez Góes disse esta semana que vai mexer no seu time de gestores para o próximo mandato, e que fará o anúncio antes do final do ano. E é mais quem corre atrás de padrinho político com o objetivo de permanecer – ou entrar – no time para 2019.

 

Pingado
• Deputado Kaká Barbosa anunciando reforma administrativa na Assembleia Legislativa do Amapá. A primeira em 27 anos.

• Completamente abandonado o prédio onde funcionou a Advocacia Geral da União no Amapá. Mato e sujeira tomam conta do local.

• A 13ª Semana de Conciliação no Amapá vai realizar 2.762 audiências. Inicia nesta segunda-feira (5).

• Novembro ainda tem feriado nos dias 15 (quinta-feira) e 20 (terça-feira). Proclamação da República e Consciência Negra.


Uma eternidade

comentários

O STF levou 25 anos para concluir o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 825, do governo do Amapá, que tramitava desde 1993 e vinha discutindo legalidade de normas da Constituição estadual. São situações que tratam do ICMS, da admissão de emendas constitucionais por meio de iniciativa popular e da exigência de autorização prévia da câmara municipal para que prefeito e vice-prefeito pudessem se ausentar do país por menos de 15 dias. Decidiu esta semana.

Concluso para decisão
Está para o juiz André Gonçalves de Menezes, da 4ª Vara Cível de Macapá, decidir sobre o recurso de agravo do Ministério Público do Amapá e do deputado Kaká Barbosa (PR) contra o indeferimento do pedido de homologação do acordo para que Kaká devolva, de forma parcelada, mais de R$2 milhões recebidos irregularmente da Assembleia Legislativa. Processo tramita desde 2014, e faz parte da Operação Eclésia.

Tempo para se explicar
Atolado até pescoço em denúncias de irregularidades do tempo em que era presidente da junta governativa do Sesi no Amapá, Josevaldo Araujo Nascimento foi notificado pela Secretaria de Controle Externo do TCU no Amapá. Ele tem 15 dias para se explicar sobre contratação de funcionários mediante a prática de nepotismo, não comprovação da escolaridade exigida para o cargo contratado e ausência de justificativa para o enquadramento de funcionários recém contratados no último nível da classe dos cargos. Josevaldo é irmão da deputada federal Jozi Araújo.

Encontro das designadas
Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) recebeu na sexta-feira (26), em sua sede em Brasília, representantes das distribuidoras designadas. As distribuidoras fizeram apresentações, entre outros temas, sobre os seguintes pontos: adimplência setorial, perdas de energia e indicadores de qualidade como DECi e FECi que medem a duração e frequência equivalentes de interrupção por unidade consumidora – interna. A CEA estava lá.

Sob investigação
Eleita deputada federal pelo PRB, Aline Gurgel é alvo de ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) de autoria do MP Eleitoral. Outro investigado na ação é Cemilson Cassemiro Pereira.
A relatora é a desembargadora Sueli Pini, no TRE, que marcou audiência de instrução para o dia 31 deste mês, quando serão inquiridasas testemunhas arroladas pelas partes. Na defesa dos dois atua o advogado Eduardo Tavares.

Obras paralisadas
O TCU achou 14.403 obras paralisadas ou inacabadas no país (Amapá no meio), fazendo com que R$ 144 bilhões deixem de circular na economia gerando emprego. Dentre as 2.218 creches da pré-escola projetadas, 400 estão paralisadas e 1.818 estão inacabadas ou em andamento. Das 3.074 Unidades Básicas de Saúde (UBS) projetadas, 192 estão paralisadas e 2.882 estão com obras inacabadas ou em andamento. Quanto às UPAS, 165 mil estão em andamento e quatro mil identificadas como paralisadas.

Servidor sem aumento
A medida provisória que cancela ou adia o aumento salarial de várias carreiras do serviço público teve a vigência prorrogada por mais 60 dias. A MP adia por um ano o reajuste, antes acertado para janeiro de 2019, de várias carreiras, como as do Banco Central, da Polícia Federal e da Receita Federal. Médicos, professores e diplomatas também são atingidos. Em alguns casos, fica cancelado o aumento em forma de adicional ou gratificação.

Cardápio para diabéticos
A Câmara analisa o Projeto de Lei 10620/18, do deputado Sandes Júnior (PP-GO), que pretende obrigar restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares a oferecer cardápio adequado às pessoas acometidas por diabetes. Conforme o texto, o infrator está sujeito às sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90).

Sem coligações
O fim das coligações nas eleições proporcionais – vereadores e deputados – entrará em vigor a partir das eleições municipais de 2020. A medida está prevista na Emenda Constitucional 97, de 2017, que também trata de cláusula de desempenho para acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e televisão. O objetivo é impedir que um partido “transfira” votos para candidatos de outras legendas, com votação inferior, apenas por estarem coligados.

Articulações
Ainda não acabou o ano de 2018, mas já começaram as articulações para eleição da mesa diretora da Assembleia para 2019 e o próximo presidente da Câmara Municipal de Macapá.
Kaká Barbosa (ALAP) e Ruzivan Pontes (CMM) são os mais cotados.

 

Pingado

  • Projeto relatado pelo senador Davi proíbe pagamento com cartão para jogos de azar e pornografia infantil.
  • Ministério Público do Amapá ingressou com ação de improbidade contra a Realiza Produções e Eventos Ltda, mais quatro pessoas.
  • Projeto do senador Randolfe prevê pagamento de assistência financeira aos artesãos que tenham as atividades interrompidas por falta de matéria prima.
  • A 13ª Semana de Conciliação no Amapá vai realizar 2.762 audiências. Inicia dia 5 de novembro.


Aniversário de Amapá

comentários

Criado pela Lei 798/1901 (lei estadual do Pará), o município de Amapá festeja 117 anos nesta segunda-feira 22, e já foi capital do estado. O Amapá tem sua história ligada a questões litigiosas com a França, que reivindicou soberania sobre a área. Nos episódios diplomáticos e de batalhas militares que culminaram com a conquista brasileira desse território em 1900, teve destaque a figura de Francisco Xavier da Veiga Cabral (o Cabralzinho), que por seus atos de bravura e coragem tornou-se uma figura heroica para o estado. Carlos Sampaio (PMN) é o atual prefeito de Amapá.

No rádio e televisão
Candidatos a governador do Amapá, João Capiberibe (PSB) e Waldez Góes (PDT) vão se enfrentar em três debates durante esta semana, sendo dois na televisão e um no rádio. O primeiro será dia 24, na Rádio Diário FM 90.9, comandado pelo jornalista Luiz Melo.
Os dois debates seguintes serão na televisão: dia 25 na TV Amapá Canal 6.1 (Globo) e dia 26 na TV Equinócio Canal 10. O debate da TV Amapá será mediado pelo jornalista Roberto Paiva, o mesmo do primeiro turno, que vem de São Paulo.

Prisão de eleitor e propaganda
A partir desta terça-feira, dia 23, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto. Já sexta-feira (26) é o último dia para a divulgação da propaganda eleitoral gratuita do segundo turno no rádio e na televisão.

Pedido indeferido
A Aneel indeferiu o pedido da Companhia de Eletricidade do Amapá – CEA de expurgo de Parcela de Ineficiência por Sobrecontratação, mantendo-se a cobrança referente aos pontos de conexão Laranjal – 69 kV, para os anos de 2014 e 2017, e Macapá – 69 kV, para os anos de 2015, 2016 e 2017.
Despacho foi publicado na sexta-feira 19.

Oitiva de testemunhas
Tramita na Justiça Eleitoral do Amapá ação penal proposta pelo Ministério Público Eleitoral contra Moisés Souza e Mário Antonio Marques Fascio por suposto uso de documento particular falsificado para fins eleitorais.
Juiz Carlos Canezin negou benefício da suspensão condicional do processo e marcou para 8 de novembro a oitiva das testemunhas arroladas pela acusação e pela defesa.

Veto derrubado
Esta semana, deputados e senadores, em sessão conjunta, decidiram derrubar o veto do presidente da República Michel Temer ao piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.
Assim, os agentes receberão R$1.250 a partir de 2019; R$1.400 em 2020 e R$1.550 em 2021.

Livres de representação
O TRE do Amapá julgou improcedente representação do MP Eleitoral contra Camilo Capiberibe, Rinaldo Martins e Eliza Nunes do Nascimento.
Tem a ver com a eleição de 2014, quando Camilo, agora eleito deputado federal, disputou reeleição e foi derrotado por Waldez Góes.

Dispensando assessores
Deputados estaduais não reeleitos no Amapá começaram o festival de exoneração de assessores e desmonte de gabinetes para economizar despesas.
A semana fecha tendo como campeões na exoneração de assessores os deputados Haroldo TopFiat (PSDB) e Pedro DaLua (PSC).

Oitiva de réus
Desembargador Carmo Antônio marcou para 29 de outubro a oitiva de Alberto Augusto Sidônio, Edmundo Tork, Franck William Costa, Jorge Amanajás, Edinho Duarte, José Arcângelo Campelo, José Maria Miranda Cantuária, Moisés Souza, Solange de Oliveira Carvalho e Vitório Miranda Cantuária.
Todos réus em ação penal (421) da Operação Eclésia.

Licitação na saúde
Secretaria de Saúde do governo do Amapá vai realizar licitação para contratar empresa especializada em fornecimento de materiais reagentes e insumos para realização de exames com base na tabela de preço do SUS, com cessão de equipamentos de apoio, controle de qualidade interno e externo para pleno funcionamento dos Laboratórios Assistenciais do SUS-AP.
Propostas serão acolhidas até 22 de outubro, com a disputa no dia 5 de novembro.

 

Pingado

  • Vice-presidente do TRE do Amapá, desembargadora Sueli Pini revelou que foram nulos quase 30% dos votos para o Senado no estado. Contra apenas 7,33% em 2014.
  • Dia 28 o Pleno do Tribunal de Justiça do Amapá vai decidir sobre concessão de auxilio alimentação aos servidores militares à disposição do Poder Judiciário.
  • Sedel não promoveu sequer uma pelada para marcar os 28 anos da inauguração do estádio Zerão.
  • Incidência de ICMS sobre venda de automóveis por locadoras vira tema de repercussão geral no STF.


A guerra da UNA

comentários

Na ação movida por sete pessoas contra Yuri Lorran Soledade, presidente da União UNA, desembargador Eduardo Contreras mandou intimar os autores para que comprovem a regularização da representação, esclarecendo, ainda, se a advogada Fabiola Bordalo permanece ou não com poderes, considerando que o advogado Eder de Oliveira Moreira juntou novas procurações somente de alguns autores.
E o Centro de Cultura Negra caindo aos pedaços.

Supressão da instância
Ao mandar suspender o início da propaganda eleitoral no Amapá, o ministro Og Fernandes, do TSE, disse que existia a perspectiva de que o TRE/AP concluísse o julgamento da mudança do vice na chapa do PSB no primeiro dia útil após o primeiro turno, tendo em vista a extrema gravidade do fato.
No entanto, o presidente do TRE/AP entendeu (em 9.10.2018) por remeter o pedido de substituição diretamente ao TSE. E Og devolveu os autos para julgamento na primeira instância, o que só foi concluído no dia 11.

Sem prisão
Desde ontem nenhum candidato que participará do segundo turno de votação das Eleições 2018 pode ser detido ou preso, salvo no caso de flagrante delito. A regra se restringe a prisão de candidatos nos 15 dias que antecedem as eleições.
No Amapá a regra vale para Waldez Góes (PDT) e João Capiberibe (PSB).

Venda da CEA
Esta semana o BNDES publicou edital para realização de licitação visando contratação de serviços necessários para a licitação da concessão de distribuição de energia elétrica no estado do Amapá, associada à transferência de controle da CEA. Abertura das propostas é prevista para dia 26 de outubro.
Isso significa a largada para a venda da “nossa” Companhia de Eletricidade do Amapá.

Ausentes das urnas
Rodolfo Juarez revelou que os 85.442 eleitores que deixaram de votar no dia 7 corresponderia a um segundo (e fictício) colégio eleitoral do estado do Amapá, menor apenas daquele do município de Macapá e sendo maior que os colégios eleitorais, somados, de Amapá, Calçoene, Cutias, Ferreira Gomes, Itaubal, Pedra Branca, Porto Grande, Pracuúba, Serra do Navio, Tatarugalzinho e Vitória do Jari.
Esses onze colégios eleitorais amapaenses, somados, totalizam 77.488 eleitores aptos a votar.

Prisão mantida
Em expediente do último dia 5, o juiz federal Jucélio Fleury Neto indeferiu pedido de liberdade provisória sem fiança e manteve a prisão preventiva de Luiz Henrique Costa, ex-diretor-presidente do IMAP, apanhado em operação da Polícia Federal.
E ainda advertiu que a reiteração de pedidos dessa natureza, sem que se apresente qualquer mudança do quadro fático já analisado, será indeferido sumariamente.

Derrame de santinhos
O Ministério Público Eleitoral no Amapá representou contra 15 candidatos a deputado federal e a deputado estadual pelo derramamento de “santinhos” em ruas próximas a seções eleitorais nas cidades de Macapá, Santana e Pedra Branca. Destes, apenas Alberto Negrão, Cristina Almeida e Victor Amoras se elegeram.
A multa prevista na legislação eleitoral varia de R$2 mil a R$8 mil.

Sem grana do fundo
Dos 30 partidos que elegeram parlamentares nas eleições deste ano, nove não atingiram a cláusula de barreira: PCdoB, Rede, Patri, PHS, PRP, PMN, PTC, PPL e DC. Isso significa que eles não terão acesso a dinheiro do Fundo Partidário nas eleições de 2020.
Não elegeram parlamentares e também não atingiram a cláusula de barreira: PRTB, PMB, PCB, PSTU e PCO.

Aumento de taxa
Tribunal de Justiça do Amapá vai tratar da aprovação de minuta de projeto de lei visando alterar a Lei estadual 0953/2005, para aumentar o percentual da Taxa Judiciária do Estado do Amapá. Também vai aprovar minuta de Resolução que disciplina o recolhimento da contribuição previdenciária e imposto de renda a partir da expedição de alvarás de levantamento.
Tudo marcado para a sessão do dia 17 deste mês.

Eleições 2018 – OAB
Faltando pouco mais de dois meses para o fim do ano, não é só na política partidária que haverá troca de cadeiras. Em novembro, acontecem as eleições nas OABs. A maioria das seccionais já definiu a data do pleito.
A OAB do Amapá realizará eleição no dia 16 de novembro.

 

Pingado

  • Nosso Marabaixo pode virar patrimônio cultural do Brasil. Processo com a proposta já tramita no IPHAN.
  • Assembleia Legislativa faz audiência pública nesta segunda-feira sobre prestação de contas dos recursos do SUS nos últimos quatro meses.
  • PGE no Amapá homologa ata de registro de preço do pregão para vigilância e monitoramento eletrônico.
  • STF decidiu que contribuição de servidor não incide sobre férias e adicionais.