Futebol ajuda meta das medalhas

Até o momento, faltando apenas quatro dias para o final dos Jogos, os atletas brasileiro ocupam a 16ª colocação, com 11 medalhas, sendo três de ouro, quatro de prata e quatro de bronze.

Compartilhe:

A seleção masculina de futebol com a vitória sobre Honduras, ontem, à tarde, no Maracanã, mostrou-se favorita para conquistar a medalha de ouro e ajudar o Brasil a chegar ao topo das 10 melhores colocadas no ranking das vencedoras. Para subir ao décimo lugar, os brasileiros precisam de , no mínimo, 23 medalhas, com prevalência para às de ouro, com peso maior.

Até o momento, faltando apenas quatro dias para o final dos Jogos, os atletas brasileiro ocupam a 16ª colocação, com 11 medalhas, sendo três de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Em seu encalço estão países com tradição no esporte olímpico, como França (8), Itália (8) Holanda (8),Austrália (7) Japão (7), todos com possibilidades de aumentar o número até agora conquistado. Para pretender chegar ao objetivo traçado antes dos Jogos, o Brasil precisará, no mínimo,de mais quatro medalhas de ouro, pois ainda tem duas chances, no voleibol de praia, no já visto futebol e voleibol masculino, ainda Isaquias, na canoagem, Taewondo, com Venilton Teixeira. Algumas modalidades coletivas, como o voleibol feminino, o handebol, masculino e feminino, futebol feminino não corresponderam e ficaram pelo caminho, encurtando o caminho do COB.

Uma estatística ainda pouco conhecida é o fato de que das 11 medalhas até agora conquistadas pelo Brasil nove delas são oriundas de atletas ligados às Forças Armadas. As três medalhas de ouro pertencem a representantes das Forças Armadas: Rafael Silva, Thiago Braz e Robson Conceição. O convenio com o esporte brasileiro surgiu em 2008, quando os militares disputaram o Mundial, no Rio de Janeiro. O Ministério dos Esportes aceitou o planejamento dos militares com a criação do pelotão de atletas, admitindo-os em suas fileiras no cargo de 3º sargento, com soldo de R$ 3 mil 200 reais brutos. Já em 2008, os militares brasileiros ganharam o mundial, partindo daí a idéia da manutenção dom projeto que, em, Londres já teve feito, com 17 medalhas, e agora, no Rio, com ouro e prata e bronze.

A grande decepção para o esporte brasileiro e, ainda mais, para a seleção foi a desclassificação da seleção feminina de voleibol, bi-campeã olímpica em 2008 e , e que de ampla favorita acabou eliminada pela seleção da China. O treinador José Roberto Guimarães que conquistou o título olímpico no feminino e masculino disse que não sabe o que vai ser do futuro da seleção, admitindo que grande parte das jogadoras estão se despedindo, com Sheila, Fabiana, Dani Lins Jacqueline, Thayssa. Quanto a ele, ainda não formulou seu próximo caminho


 
Compartilhe: