O de sempre


O velho e experiente MDB vai dando as caras para não ser um coadjuvante abandonado no cenário eleitoral de 2022. A postura do ex-presidente Michel Temer em abrandar o discurso crítico sobre a ex-presidente Dilma Rousseff e a articulação em andamento para se lançar ao Planalto – conforme a coluna antecipou ontem – indicam que o PT, PSDB e até o presidente Jair Bolsonaro (ainda sem partido) serão obrigados a sentar à mesa para conversar com o cacique. MDB ainda tem grande bancada no Congresso Nacional, e é o maior partido municipalista do país. Os prefeitos e vereadores são os melhores cabos eleitorais para uma campanha nacional.

 

Ministérios, sempre

Há quem veja a decisão de Temer como grande jogada para ganhar o que realmente interessa ao MDB num eventual futuro Governo de Lula, de Jair ou de outro nome.

 

Lulista

Sem perder tempo, também, tido como um ‘independente’ dentro do partido, o senador Renan Calheiros vai dando mostras de fidelidade a Lula da Silva desde 2019.

 

Chanceler?

Uma frente suprapartidária de aliados comenta que Michel Temer pode ser chanceler do Itamaraty, de qualquer governo com o qual o MDB fechar. E é sonho dele.

 

Cadê o nióbio?

Um mistério continua nas gavetas da Polícia Civil de Minas Gerais há quase seis anos. Onde foi parar a carga das dez carretas encontradas estacionadas numa estrada de terra, e vazias, após saírem em comboio das minas de Araxá? O nióbio, a preciosa carga que foi levada pelos bandidos profissionais, valia quase R$ 1 bilhão.

 

Minério tech

Segundo a fonte da coluna, a carga (de minas exploradas pelo governo do estado e setor privado) ia para a China, pelo porto de Vitória (ES). O nióbio é o mais caro minério do mercado, usado na indústria bélica, aeronáutica e de eletroeletrônicos.

 

Grita textual

O PT estava desesperado com o julgamento do pedido de impugnação da decisão do ministro Edson Fachin que anulou as condenações do ex-presidente Lula. A presidente do partido, Gleisi Hoffmann, e os ex-presidentes Lula e Dilma soltaram seguidas notas com tons críticos e até intimidadores sobre “não mexer nos direitos de Lula”.

 

Dois pesos

Para críticos do partido, no Congresso, o tom petista é o conhecido de sua cúpula. Um cacique soltou: Absolver Lula numa canetada só, dentro de um plenário de 11 ministros, é democracia. Mas a Corte seguir o amplo direito processual de contestação de uma sentença… é golpe. Referindo-se ao pedido de impugnação feito pela PGR.

 

Sarah sem UTIs

Alvo de críticas na praça por não ceder espaço de suas amplas instalações para receber leitos de UTI e pacientes com covid-19, a Rede Sarah de hospitais entrou na mira da Procuradoria da República no DF, que requereu informações sobre a situação. A Sarah trata pacientes com trauma, sua especialidade, e recebe milhões de reais por ano em verbas federais via emendas parlamentares.

 

Os pacientes

Em ofício ao MPDFT e MPF, para justificar por que não recebe pacientes da rede pública de Saúde de Brasília, a Rede Sarah destacou que , em suas nove unidades no país – inclusive na capital federal – trata cerca de 1,5 milhão de pacientes por ano, a maioria deles de idade avançada e de grupo de risco para a covid-19, em leitos especificamente para os internados, sem poder paralisar estes tratamentos.

 

Cirurgias

Em resposta à reportagem, a Rede Sarah informou que, em Brasília, a unidade está recebendo “vários casos graves de pacientes para cirurgia de tumores cerebrais do Hospital de Base”, e que por isso suas UTIs estão lotadas.

 

ANTT Saúde

Em nota à coluna, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informa que “a gerência de Fiscalização já vinha trabalhando junto à gerência de pessoal da ANTT e junto à diretoria da Agência para encaminhamento de Ofício ao senhor Ministro de Estado da Saúde a fim de verificar a possibilidade de inclusão dos fiscais de transportes terrestres no Plano Nacional de Operacionalização (PNO) contra a covid-19”.

 

Esplanadeira

# InternetLab, Intervozes, Nurep e o Instituto Brasileiro de Direitos Autorais lançam hoje campanha digital “Remix – Direito Autoral para Geral”.# Divino Fogão cresce 492% no faturamento do delivery no 1º trimestre de 2021. # Enel Distribuição São Paulo e PicPay firmam parceria para facilitar pagamento da conta de luz com cashback. # Inscrições para qualificação de trabalhos para Prêmio SENAM 2021 têm data prorrogada até dia 19. # NürnbergMesse Brasil lança projeto Reload e cria encontros digitais como uma das novas frentes de atuação.


Foi para o VAR


A cúpula do PT está revoltada com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, de ter agendado para dia 14 de abril na pauta do plenário o julgamento do pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) de impugnação da decisão monocrática do ministro Edson Fachin, a que anulou todas as condenações de Lula da Silva apontando incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba nos processos. Em suma, após tanta comemoração do gol eleitoral do petista, o pênalti foi para o VAR – uma alusão às jogadas polêmicas no futebol. O PT cita “perplexidade” com a decisão de Fux, aponta validade inquestionável na decisão de Fachin e chama a pauta de tentativa de “cambalhota jurídica” patrocinada por setores insatisfeitos com a absolvição.

 

Corte rachada

Fontes da coluna consultadas ontem à noite indicam que, hoje, Lula da Silva tem um voto de vantagem no plenário. Se alguém mudar seu entendimento, a decisão é de Fux.

 

Puxadinho judicial

Ontem, os advogados de Lula correram para peticionar no STF o Habeas Corpus 164493, que pede a suspeição do então juiz Sergio Moro em outros dois processos. No caso do sítio de Atibaia, e no do imóvel do Instituto Lula.

 

Vaivém

O senador Jaques Wagner avisou a Lula e a correligionários mais próximos que vai disputar novamente o Governo da Bahia. E o governador Rui Costa tentará o Senado.

 

Volta de Monteiro

O ex-senador Armando Monteiro, expulso do PTB por ser crítico a Bolsonaro e hoje no PSDB, voltou a tomar gosto pela política. Ocupa a mídia para falar de Economia e política. É candidato ao governo de Pernambuco com as bênçãos do presidente nacional do partido Bruno Araújo, e da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra .

 

Aquece o frevo

O clima eleitoral vai ferver ano que vem. Na outra ponta, no MDB, o senador Fernando Bezerra Coelho é o nome natural na disputa, ou pode impulsionar a candidatura do filho Miguel Coelho, hoje prefeito de Petrolina. Porém Jarbas Vasconcelos, presidente do MDB estadual, é só elogios ao PSB do governador Paulo Câmara.

 

Pezão recluso

Ainda sobre o caso Luiz Fernando Pezão, o ex-governador do Rio, em prisão domiciliar, processado na Justiça Federal no Rio. O MPF alega que ele fez movimentação em dinheiro em espécie porque sua conta investigada está inativa desde 1997. Mas não houve prova ainda. Pezão reclama que ficou preso 12 meses e 11 dias, sem ser antes ouvido.

 

Ellen no IRB

A ex-ministra do STF Ellen Gracie está listada ao lado de oito conselheiros na chapa a ser eleita para o conselho de administração do Instituto Brasil Resseguros dia 30.

 

Ringue

O TSE já avisou ao presidente Jair Bolsonaro que não tem condições implantar o voto impresso ano que vem. Assim como nas eleições anteriores. Bolsonaro insiste.

 

No vermelho

O deputado federal Vinicius Farah (MDB-RJ) pediu ao Ministério da Economia uma trégua para os prefeitos. A meta é suspender, enquanto durar a pandemia, a inscrição no CAUC, espécie de SPC dos municípios. Farah tem dados da Confederação Nacional dos Municípios que apontam 75% das 5.568 no vermelho. Isso as impede de receber repasses de recursos federais.

 

No vermelho 2

A transferência anual para municípios está estimada em R$ 23 bilhões, em especial pelo Fundo de Participação Municipal. “Seria uma medida emergencial. Senão, corremos o risco de ter um apagão administrativo”, explica o deputado.

 

Em boa hora

O Mercado Livre vai doar R$ 5 milhões em parceria com ONGs para o combate ao coronavírus no Brasil. Segundo a empresa, as “iniciativas estão focadas principalmente no combate à fome e na disponibilização de recursos e insumos para a saúde pública”.

 

Esplanadeira

# Febratex 2021 começa dia 10 de agosto, em Blumenau (SC), com Moda Online Marketplace e outros 20 expositores. # IdeiaGov prorroga, para dia 12, inscrições para 1º Programa de Aceleração. # Log-In Logística Intermodal, empresa que administra Terminal Portuário de Vila Velha (ES), abre 17 vagas de motoristas exclusivas para mulheres. # Diretor executivo Rodrigo Geammal lança Camisetas que Transformam, loja digital em parceria com a marca Reserva.


Peso do coturno


A nomeação do general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira para o comando do Exército é um recado claro da maior força militar do Brasil de que não cederá a discurso político ou caprichos ideológicos do chefe da nação. Avalizado por toda a cúpula – os outros generais veteranos foram consultados e aprovaram – Paulo Sérgio foi justamente o pivô da irritação do presidente, que motivou a troca do alto comando militar das Forças. Ele concedeu uma entrevista, há dias, na qual previa o Exército preparado para uma terceira onda da covid-19. Bolsonaro foi obrigado a ceder à escolha dos generais para o comando, para evitar a maior crise de seu governo.

 

TGs

A coluna já publicou que os mais de 300 quartéis, os chamados Tiros de Guerra, estão à disposição de governos estaduais e prefeituras para ajudar na vacinação há meses.

 

Dose eleitoral

Os TGs – garotada de 18 anos em serviço – sempre ajudaram municípios nas campanhas de vacinação. Desta vez não foram convocados porque prefeitos e governadores querem lucrar eleitoralmente com a vacina salvadora.

 

Constatação

Mundo em crise: vivemos num país em que o herói é o que apareceu na hora certa, o mártir é o que não teve tempo de fugir, e o denunciante é o que não recebeu a sua parte.

 

Em dívida

O presidente Bolsonaro está devendo um ministério para o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS). Foi o primeiro médico político e abraçar a causa do negacionismo e a defendê-lo em seu erro de apostar numa gripezinha sobre a covid-19. Terra se reuniu com o presidente na terça-feira. Desde que foi exonerado do poderoso Ministério da Cidadania, ronda o Palácio atrás de um cargo na Esplanada.

 

Doria na fila

A vacina ButanVac contra a covid-19, anunciada pelo governador de São Paulo, João Doria Jr, mantém sua posição no cenário nacional a contragosto de quem aponta que ele perde espaço na disputa presidencial com a esperada polarização Bolsonaro x Lula da Silva. Doria já é apontado como aposta para terceira via.

 

Não é de hoje

O presidente da República distribuiu nos primeiro e segundo escalões de todos os ministérios, autarquias e estatais oficiais de sua confiança. Criou assim uma gestão sem igual na História do Brasil. Temos hoje um governo civil, controlado por militares. Por ora, é a tática de levar para cargos importantes pessoas de confiança. E só.

 

Não resolve

Outra do governador Romeu Zema. Enviou à Assembleia projeto de lei antecipando os feriados de 21 de abril deste ano, de 2022 e 2023 para três dias da semana que vem. Como o brasileiro não perde a piada, nem tempo, vai folgar a data nos três anos.

 

Na cama…

Um leitor da coluna fuçou o Portal da Transparência do Registro Civil do Brasil e constatou algo curioso. Obviamente, os óbitos cresceram de 2019 (1.265.595) para 2020 (1.454.324), com alta de 14,9% puxados pela pandemia. Mas os nascimentos no ano passado recuaram 6,3% em relação a 2019. Foram 2.602.907 novos brasileirinhos e 2.774.310 no ano de 2019.

 

…com o Brasil

…no ritmo que os registros de nascimentos surgem no primeiro trimestre deste ano (336.771), pode haver novo recuo em relação ao total de 2020. Em suma, o casal brasileiro está mais cauteloso quando o assunto é filho.

 

Culpa de quem?

De quem é a culpa pelo cenário de caos na pandemia da covid-19 no Brasil? Para 29,4% dos entrevistados pela Paraná Pesquisas, é do presidente Jair Bolsonaro; 20% atribuem a culpa ao presidente, a governadores, ao STF e ao povo em geral. Para 73,4%, o número de mortes está maior do que o esperado.

 

Viés de alta

Ainda de acordo com a pesquisa, 48% temem perder alguém e 9,9% têm medo de contrair a doença. A maioria (41,5% contra 39,5%) acha que a situação vai piorar nos próximos meses. A Paraná ouviu por telefone 2.334 cidadãos de 12 a 16 de março em 196 cidades de todos os estados e DF.

 

Esplanadeira

# Sem Parar lança sistema sem contato que agiliza acesso na entrada de condomínios. # Grupo Deutsche Post DHL anuncia novo plano de sustentabilidade com investimento de 7 bilhões de euros. # Tembici anuncia expansão no Bike Rio para novos bairros, com mais 50 estações. # Segunda edição do Canal Restaurante,

tema “Franquias”, será realizada online hoje. # ABRIG realiza hoje webinar sobre a importância da Propriedade Intelectual na Inovação Tecnológica.


Foco Nacional


O Congresso Nacional – deputados e senadores – e em especial os presidentes do Senado e da Câmara, Rodrigo Pacheco (MG) e Arthur Lira (AL), respectivamente, são responsáveis diretos por parte dos altos números de contaminação por coronavírus em Brasília. A decisão de manter as atividades parlamentares e as portas abertas das dependências de anexos e gabinetes durante a discussão das emendas do Orçamento da União lotou a capital. Estima-se que mais de mil prefeitos e vereadores visitaram Brasília em fevereiro e parte de março, sem contar lobistas e empresários, muitos deles contaminados e assintomáticos. O resultado se vê com registros de assessores contaminados em vários gabinetes das Casas. Até ontem à noite, o DF registrava 5.757 mortes, mais de 340,4 mil contaminados e cerca de 318,8 mil recuperados da covid-19.

 

Alto preço

Durante a maratona dos prefeitos e vereadores atrás de emendas, os departamentos médicos das Casas ficaram lotados. Médicos constataram numerosos casos em testes.

 

Três senadores

Há uma suspeita de que o saudoso senador Major Olímpio tenha se contaminado numa dessas visitas ao gabinete. Três senadores (Arolde de Oliveira e José Maranhão, além de Olímpio) já morreram vítima da doença.

 

Uma cidade

O Congresso é praticamente uma “pequena cidade”. Num dia normal, cerca de 30 mil pessoas passam pelas dependências das Casas.

 

Alívio na roça

Não é só o ex-presidente Lula quem respira aliviado com a anulação das condenações sob a caneta do então juiz federal Sergio Moro. Comemora também quem é apontado como verdadeiro dono do sítio de Atibaia (SP), Jonas Suassuna, onde a Operação Lava Jato encontrou supostas provas mais robustas que as do caso do tríplex do Guarujá (SP).

 

Cantinho camarada

A despeito de a Polícia Federal ter encontrado pedalinhos com nomes de netos do Lula no lago, e objetos pessoais numa suíte da casa-sede, Suassuna garante a próximos que era só um empréstimo do canto rural ao ex-presidente. Caberá à Justiça Federal no DF, agora, acolher a denúncia com provas já coletadas ou arquivar de vez o caso.

 

Quem é

Jonas Suassuna ficou rico vendendo CDs de trechos da Bíblia narrados pela voz do jornalista Cid Moreira. Depois entrou no negócio de telecomunicações, sócio da antiga Telemar. O empresário, primo do então senador Ney Suassuna, conseguiu pontes políticas e assim se aproximou de Lula da Silva, de quem virou um grande amigo.

 

Juiz decidirá

Jonas passou a oferecer o sítio a Lula depois que o petista deixou a Presidência, conta a amigos, e diz que nunca esperava ter tanta complicação na Justiça por causa disso.

 

Vacina e passeio

O governador do Piauí, Wellington Dias, telefonou para Lula e convidou o ex-presidente a tomar vacina contra a covid-19 no Delta do Parnaíba. E passear um pouco.

 

Minirreforma

A minirreforma ministerial do presidente Bolsonaro, que seria após a Páscoa, começou ontem com a demissão do chanceler Ernesto Araújo, após pressão política – mas também empresarial de exportadores. Pelo menos cinco pastas terão mudanças.

 

Em repouso

O presidente do PRTB, Levy Fidélix, está internado se tratando contra a covid-19, com leve melhora, diz amigo, num hospital particular de São Paulo. A coluna não conseguiu contato com sua assessoria. E a do hospital, consultada, não retornou.

 

Porradaria, não

A União dos Policiais do Brasil está irada com declarações de Roberto Jefferson, presidente do PTB, contra atuação da Guarda Municipal nas cidades no combate a quem desobedece decretos de confinamento contra a covid-19. Jefferson pode perder candidatos militares nas eleições do ano que vem.

 

Esplanadeira

# Fundação de Asseio e Conservação, Serviços Especializados e Facilities libera acesso gratuito a seu curso a distância de limpeza hospitalar, até dia 1º de abril. # Honeywell lança detector de gás portátil para aumentar segurança no transporte de vacinas contra a covid-19. # Pesquisa do Governo de SP revela que 64% dos cargos de chefia do estado são ocupados por mulheres. # Andréa Mello e outros coautores lançam livro: “Experiências que deixam marcas. Conceitos fundamentais sobre Customer Experience”.


Temer na fila


O ex-presidente da República Michel Temer está disposto a entrar na campanha pelo Palácio do Planalto ano que vem se conclamado pelo partido e aliados. Nos últimos dois dias, ele recebeu telefonemas de líderes dos partidos do chamado Centrão – legendas que ganharam essa denominação durante seu início de Governo em 2016 pela coalizão que se formou para governabilidade pós-Dilma Rousseff. Embora negue a pretensão, Temer está aliviado com a absolvição na Justiça Federal do Distrito Federal no caso Rodrimar, acusado pela Procuradoria Geral da República de receber suposta propina num decreto para estender a operação da empresa no Porto de Santos.

 

São como nuvem

Os partidos do Centrão (Progressistas, PSD, PL, Republicanos, Solidariedade, PROS, PTB e outros) até o fechamento da coluna eram aliados ao presidente Jair Bolsonaro.

 

Só o futuro dirá

O perfil conciliador e estrategista de Michel Temer, como decano do Congresso e ex-presidente da Câmara, pode contribuir para uma futura coalizão em torno de seu nome.

 

Dose dupla

Temer foi absolvido pelo juiz Marcus Bastos, da 12ª Vara Federal, o mesmo que já o absolvera no suposto tráfico de influência no episódio da frase “Tem que manter isso aí”, gravado por Joesley Batista, sobre suposta propina a Eduardo Cunha.

 

Memorial

O MDB começou a se movimentar em torno do chefão. Tomou posse o novo presidente da Fundação Ulisses Guimarães o deputado Alceu Moreira. Ele quer um museu sobre o mandato de dois anos do ex-presidente.

 

Bicadas no ninho

O grupo político do deputado federal e ex-presidenciável Aécio Neves (MG) cercou o do governador João Dória Jr (SP) dentro do PSDB. O que se diz no ninho é que se Dória quiser ser candidato a presidente, terá de sair do partido.

 

Brasileiríssimas

O Tribunal Superior Eleitoral acaba de comprar mais 32 mil urnas para serem utilizadas na eleição presidencial. Contrato de R$ 137,9 milhões com a Positivo Tecnologia S.A.

 

Glória a Deusss

Roberto Jefferson, dono do partido, está expulsando do PTB qualquer um, das hostes à cúpula, que abre o verbo contra o presidente e amigo Bolsonaro. A nova vítima é o Cabo Daciolo, sensação eleitoral de 2018. Daciolo se meteu a dizer que foi falsa a facada em Bolsonaro em Juiz de Fora, na campanha eleitoral.

 

Aliás…

.. .o folhetim político vai ser quente com os próximos capítulos da briga judicial entre Jefferson e o governador Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul.

 

Lupa na ferida

Algo acontece na Fundação Renova, criada para dar assistência e intermediar indenizações a prejudicados no crime do rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG). A ponto de a AGU conseguir na Justiça o “remodelamento e aprimoramento da gestão organizacional da fundação”.

 

“Travas internas”

A liminar na Justiça reconhece necessidade de reavaliar “travas internas” na entidade, que levam a “atraso e ineficiência do sistema de reparação”.

 

Surubão na escuna

Um folder virtual surreal nestes tempos de pandemia circula nas redes sociais. O convite para “sexo livre” em alto mar numa escuna, numa praia na Bahia. Entramos em contato com o telefone anunciado. No primeiro momento, o organizador confirmou. Quando a repórter anunciou que desejava fazer uma matéria e questionar medidas sanitárias, o interlocutor se calou.

 

Esplanadeira

# Afya Educacional vai duplicar sua operação de pós-graduação médica, com novas escolas em Manaus, Vitória, Fortaleza , Recife, Goiânia e Porto Alegre. # Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ inaugura “Exposição Virtual de Artesanato”, via Facebook, em parecia com Escola Técnica de Turismo Cieth. # Universidade Veiga de Almeida promove mesa “Comunicação, Arte e Cidade do Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas”, online, hoje. # AES Brasil investe mais de R$ 14 milhões em ações socioambientais. # Mercado Pago abre inscrições para ONGs que desejam arrecadar recursos pelo botão Doar de seu app. # WSI cria novo direcionamento estratégico com expectativa de abrir mais 20 franquias.


Atrás da mesa


O general Eduardo Pazuello está com medo. Ele assina todos os bilionários contratos, e é o seu CPF em todos eles. Sem foro privilegiado, pode até ter pedido de prisão na rua.

 

Fiquei

Esse é o motivo da demora da saída do Ministério da Saúde, a despeito de o presidente Jair Bolsonaro já ter anunciado o médico Marcelo Queiroga. Pazuello quer foro.

 

E o patrão?

Empresários criticam governadores pelo lockdown em especial pelo fato de assinarem decreto fechando o comércio, mas sem qualquer plano de ajuda financeira ao patronato.

 

Brasil rachado

Uma interessante sondagem da Paraná Pesquisas mostra o perfil da militância: dos 2.100 entrevistados em 200 cidades, 27,6% se dizem ‘bolsonaristas’, e 22,3% se declaram ‘lulistas’. A maioria (46,3%) disseram nem um, nem outro. E segue o Fla x Flu pré-eleitoral.

 

Século 21

Uma ex-funcionária de empresa de gestão de processos será indenizada em R$ 8 mil pelo ex-empregador, em Belo Horizonte, por sofrer assédio moral. No pior caso, foi chamada de ‘feia’ e ‘esquisita’ pelo gerente.

 

Aborto, de novo

O PL 168/21 na Câmara de Vereadores de São Paulo autoriza o aborto assistido na rede hospitalar municipal. Foi apresentado pela bancada do PSOL. É o que chamam de ‘Programa de Atenção Humanizada ao Aborto Legal e Juridicamente Autorizado’.

 

Na fila

O general Paulo Chagas, militar da reserva que foi candidato em 2018 ao Governo do DF, enviou a grupos do Whatsapp uma carta-manifesto titulada “Renovar é preciso!”. O conteúdo foi interpretado, por muitos que o conhecem de perto, como indicativo de que pode ser candidato a presidente da República ano que vem.

 

Memória

Paulo Chagas está sem partido. Ele era filiado ao PRP, que se fundiu ao Patriota ano passado, mas antes da fusão ele pediu desfiliação. Aliado de primeira hora do presidente Bolsonaro, Chagas passou a ser um crítico dele e do governo ano passado.

 

Policiais x Covid

Após a morte de um coronel do BOPE, vazaram em grupos de Whatsapp áudios do ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM), do DF, e a resposta do presidente Bolsonaro. Fraga pede ao presidente para incluir os policiais como grupo prioritário na vacina contra a covid-19. Bolsonaro diz que fará o possível, mas alega barreiras legislativas.

 

No front

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, incluiu os farmacêuticos e outras 13 categorias que atuam na praça como grupos prioritários para a vacinação. Ontem, a coluna publicou que 17 farmacêuticos já morreram no DF e entorno vítimas do vírus.

 

Encontro marcado

O chanceler Ernesto Araújo tem encontro (virtual) marcado com o deputado federal Aécio Neves, novo presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara, amanhã de manhã. Araújo, o polêmico ministro do MRE, só esteve na Câmara duas vezes desde que tomou posse em 2018.

 

Mais um

Faleceu ontem em Curitiba, vítima de covid-19, o ex-senador e fundador da construtora CR Almeida Henrique do Rego Almeida.

 

ESPLANADEIRA

Housi patrocina primeiro mês de locação para quem programar sua mudança para os meses de lançamento de uma das três novas flagships.

INTEC Brasil anuncia crescimento de 14% no faturamento do ano passado e 52% em número de clientes.

Aspen Pharma compensou mais de 231 toneladas de plástico e aumentou em 15% a renda adicional para as centrais de triagem parceiras.

Russell Bedford Brasil promove gratuitamente evento ‘COMEX: Entendendo os regimes especiais para empresas de Óleo e Gás’.


CPI da Covid ganha força no Senado


A CPI da Pandemia, idealizada no Senado para investigar os atos do presidente da República e do Ministério da Saúde, já conta com 32 assinaturas, mais do que o necessário por regimento para ser aprovada pela Mesa Diretora da Casa. A decisão agora está na caneta do presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco. A morte de Major Olímpio (Foto) – o terceiro parlamentar do Senado vítima da covid-19 – causou mais comoção entre os pares e a comissão ganhou força entre gabinetes. A lista antiga contava com a assinatura de Olímpio. A despeito da sua saída do ministério, caso a CPI seja oficializada, o general Eduardo Pazuello será convidado a depor.

 

Dois lados

Os maiores entusiastas da CPI são os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Humberto Costa (PT-PE), Cid Gomes (PDT-CE). Mas há aliados do Palácio dispostos a avalizar.

 

Fogos

Um foguetório de 20 minutos na noite de sábado perto do Palácio da Alvorada. Foi assim que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro o homenagearam pelo aniversário.

 

Front do balcão

O número é assustador. Pelo menos 17 farmacêuticos morreram em Brasília vítimas de covid-19 até a sexta-feira. O sindicato da categoria vai pedir prioridade na vacinação.

 

Negócio da cova

Funerárias das capitais já foram informadas de que vai faltar caixão a partir desta semana. Os maiores fornecedores são do Rio Grande do Sul e deram o alerta.

 

Cadê vocês?

Muito já se fez em outras épocas de crise de abastecimento nacional, ou por vítimas de seca e enchentes. Mas no pior cenário da pandemia de covid-19, não se vê campanha alguma de solidariedade das igrejas (Católica e evangélicas), nem da mídia, para arrecadação de cesta básica. O auxílio emergencial não está dando conta.

 

Ex-amigo

Bolsonaro não emitiu um “a” sequer em homenagem in memoriam ao ex-senador Major Olímpio. O Palácio confirmou que não emitirá nota. Olímpio obteve 9 milhões de votos por São Paulo e foi o maior incentivador de Bolsonaro no estado.

 

Paulistana

A carioca Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson e futura manda-chuva do PTB, mudou-se para São Paulo. Já tem o título de eleitora da capital e disputará a Câmara dos Deputados.

 

Saudade de irmão

O ex-senador Magno Malta está tão alheio à política que soube mais de 24 horas depois do anunciado da morte do vereador e ex-colega de Câmara Irmão Lázaro, vítima de covid-19. Caiu no choro convulsivo. Malta atua hoje como empresário de lutadores de MMA e é dono de uma rádio.

 

Cultura agoniza

Brasília perdeu dois dos seus maiores livreiros, em tempos tão difíceis para o meio cultural. Gilvan do Sebão, da 409 Norte, e Luís da Livraria Pindorama, da 505 Sul.

 

Retrato do Brasil

A bandeira do Brasil no Pavilhão Nacional ficou tremulando com um grande rasgo por cinco dias na Praça dos Três Poderes. O flagrante foi do experiente fotógrafo Orlando Brito.

 

ESPLANADEIRA

# IdeiaGov, hub de inovação do governo de São Paulo, promove 1º Fórum de Inovação em Governo, evento online e gratuito, no dia 25. # Startup Insider, marca de roupas funcionais, lança campanha “Semana do Consumidor Consciente” para doar 10 mil máscaras anti-Covid-19. # Pathfind desenvolveu produto que une roteirizador dinâmico, aplicativo para motoristas, “Paths”.


Regulamentação atrasada


O Ministério da Economia, em parceria com o BNDES, iniciou licitação para contratação de uma empresa especializada para elaborar o plano de regulamentação das apostas esportivas online. Conforme a coluna divulgou ontem, já são mais de 500 sites operando no Brasil, porém a maioria controlados por estrangeiros, com faturamento de até R$ 7 bilhões por ano, sem pagar impostos ou gerar renda e empregos no Brasil. Essa primeira fase do estudo será para apresentar uma plataforma com a quantidade de licenças a serem operadas nos estados, valores das mesmas e o tempo de duração.

 

Brecha bilionária

As apostas foram aprovadas na Lei 13.756/2018, tituladas como Apostas de Quota Fixa. Mas falta a regulamentação, e os magnatas estrangeiros faturam no Brasil nessa brecha.

 

Modelo brasileiro

Ainda de acordo o BNDES, o processo que permitirá a estruturação da plataforma já cadastrou 38 empresas interessadas em elaborar o plano.

 

Pela tangente

Enquanto isso, para não perderem mais espaço, empresários brasileiros articulam junto a 18 estados que vão recriar suas loterias, na tentativa de uma modalidade regional.

 

Duas datas

A Igreja no Brasil está revoltada com antecipação de feriado de Corpus Christi por alguns estados, em razão do combate à covid-19. A data milenar no calendário cristão é sagrada para a instituição e fiéis. Para todos os efeitos, o cidadão brasileiro vai celebrar dois feriados, incluindo o da data correta.

 

Sinistro

Em Divinópolis (MG), uma sirene em alto som, que alcança quilômetros de diâmetro, anuncia o toque de recolher do decreto municipal sobre restrições diante da covid-19.

 

Foi um guerreiro

Com a morte do senador Major Olímpio (PSL-SP), o presidente Jair Bolsonaro perdeu um “aliado opositor”. Era o único bolsonarista que peitava ele e o questionava.

 

Fica a pergunta…

…por que o Congresso Nacional, um criadouro de coronavírus, não foi fechado totalmente até hoje? As dezenas de milhões de reais gastos em tecnologia para sessões e votações online não estão funcionando?

 

Novo mercado

A bancada do PSB quer a derrubada de parte do veto presidencial ao PL do Marco de Saneamento Básico que abre a iniciativa para setor privado. Pede prioridade aos estados de renovarem suas licenças com as estatais por mais 30 anos. Mantido o veto, haverá uma disputa entre empresas estatais e públicas que seriam prejudicadas.

 

Pandemia

O Jornal do Commercio, de Pernambuco, vai deixar de circular em versão impressa por duas semanas, por causa das restrições impostas no estado. Mas também já é um ensaio de mais um grande diário na migração para o online.

 

Morte lenta

A Lagoa do Bonfim, em Nísea Floresta (RN), está morrendo. Estudo do MP estadual, denunciado pelo PV, atesta vários motivos: furto de água, desmatamento, construções irregulares, esgoto clandestino e até o criatório desenfreado de viveiros de camarões. A lâmina d’água baixou 49%. A lagoa abastece 300 comunidades em 30 cidades.

 

Rota caribenha

A comitiva brasileira que visita autoridades na República Dominicana pretende criar a Câmara de Comércio entre as duas nações. Ontem, o grupo capitaneado, entre outros, pelo empresário João Paulo Todde, visitou a vice-presidente do país caribenho, Raquel Peña de Antuña.

 

Esplanadeira

# Evento ‘O Cluster Digital’ acontece domingo, no @ocluster. # FestRio Digital, tradicional festa judaica, acontece no domingo. # Almond Breeze lança Creme com Amêndoas. # A advogada Maria Emília de Rueda foi destaque no ranking Análise Advocacia Mulher, ocupando o top five na admiração por empresários do Brasil no setor econômico/financeiro e na especialidade Cível.


Dinheiro online


Existem hoje cerca de 500 sites de apostas esportivas operando no Brasil, a grande maioria com hospedagem em servidores de internet do exterior. Controlados por estrangeiros, sem pagar impostos e arrecadando centenas de milhões de reais por mês. O faturamento chega a R$ 7 bilhões por ano só no Brasil, confirmam operadores. As multinacionais ganham tanto que duas delas, da Grã Bretanha, pagam R$ 400 milhões por ano em marketing e mídia no Brasil. Um dos contratos para um canal de TV a cabo é de R$ 88 milhões. Outro, para um canal de sinal aberto, chega a R$ 58 milhões.

 

Lei

As apostas esportivas online já foram aprovadas em lei pelo Congresso Nacional, mas falta a regulamentação. Brasileiros que tentam empreender saem perdendo.

 

‘Democracia’ capitalista

As estrangeiras que operam no Brasil detêm 70% do mercado aqui. Se regulamentado o jogo online, a entrada dos brasileiros no negócio pode gerar até 450 mil empregos.

 

Alô, Secap!

O caso está nas mesas da Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do Ministério da Economia (ufa!). Os brasileiros aguardam uma regulamentação para saber como e quanto investir. Por ora, o mercado está com os tubarões estrangeiros.

 

Emprego e renda

Contatos da coluna informam que apenas uma empresa brasileira pretende abrir duas mil casas de apostas de imediato se for autorizada a operar nas ruas as apostas online.

 

Exemplo

Ganha força, pelo país afora, a tese de que é preciso equilibrar oferta e procura neste momento de pandemia. Com o comércio fechado em muitas cidades, os hipermercados e os atacarejos vêm aumentando seus lucros em detrimento dos pequenos comerciantes. A defesa do modelo adotado pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), tem sido crescente pelos comerciantes nos estados.

 

Nos shoppings

Como foi feito no estado, supermercados, hipermercados e atacadistas só podem vender produtos de primeira necessidade – artigos de limpeza, alimentos e bebidas, preferencialmente as não-alcoólicas. Isso geraria demanda reprimida pelos produtos não-essenciais, como roupas, sapatos e outros, que seriam absorvidas futuramente pelos pequenos estabelecimentos e shoppings.

 

Distribuição

Para empresários consultados, isso ajudaria a pulverizar um pouco o público, hoje concentrado apenas nestas lojas. A medida também permitiria que o imenso lucro dos atacados viesse a beneficiar as lojas do país inteiro, gerando renda e emprego.

 

Tiro certo

Quem é CAC (Colecionador, Atirador, Caçador) ganha moral com o presidente Bolsonaro e cai nas graças dele nas reuniões.

 

Migração 1

O ex-deputado federal pelo Paraná Alex Canziani pode ir para o Avante. Ele e o deputado Campos Machado, presidente do partido em São Paulo, adiaram a reunião presencial marcada por conta da pandemia. O encontro foi remarcado para abril.

 

Migração 2

Outras lideranças que eram, ou ainda são do PTB, flertam com o Avante, e o radicalismo de Roberto Jefferson (além de seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro) está entre as principais causas.

 

Março das Mulheres

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica revela que 71% das oncologistas já se sentiram injustiçadas no trabalho por serem mulheres; 25% já sofreram assédio sexual e 50% já sofreram assédio moral. Apenas 25% das médicas oncologistas ocupam cargos de liderança em seus empregos e 79% recebem salários inferiores aos colegas do sexo masculino, mesmo exercendo a mesma função.

 

Esplanadeira

# Levantamento do Sztartup Desk mostra que 90% desses clientes que buscam consultoria não realizam os primeiros passos obrigatórios para criação de uma empresa: # Bayard Boiteux será homenageado pelo Grupo Empresarial G10 na live “Cenário Econômico e Saúde”, hoje. # Fundação Grupo Boticário lança edital do 1º Mapa de Negócios Sustentáveis da Baía de Guanabara. # Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais lança campanha #RIGéLegal com intuito de desmistificar atuação dos lobistas.


Você sabe atirar?


A primeira pergunta que o presidente Jair Bolsonaro fez à médica Ldhmilla Hajjar (foto) no domingo à tarde na reunião do Palácio da Alvorada foi um “você sabe atirar?”. O tiro verbal, de surpresa, assustou e doutora num momento dramático da saúde pública do País. É o conhecido jeito de o presidente quebrar o gelo com desconhecidos, puxando assuntos alheios, mas muito inconveniente para a ocasião. Hajjar foi indicada por Jorge Moll, dono da rede hospitalar D’Or, entre outros padrinhos, onde ela trabalha e ganha ‘salário de jogador de futebol’, segundo fontes consultadas pela Coluna.

 

Só na brasa

No fim de semana, quando era citado como potencial novo ministro da Saúde, o deputado Luisinho nem pensava nisso. Passou o sábado e o domingo num churrasco com a família.

 

Apostas 1

Duas empresas de Minas Gerais e uma do DF, com sócios gregos e portugueses, estão no páreo da licitação para a futura Loteria de Brasília.

 

Apostas 2

A loteria do Paraná vai ser recriada 14 anos depois de extinta pelo então governador Roberto Requião. Os gregos são favoritos.

 

A conferir

O Ministério Público Federal desconfiou do novo formulário bem reduzido usado pelo IBGE para recenseamento da população. A investigação começou em 2020, parou no Tribunal de Contas da União, que o considerou suficiente para atender as demandas.

 

Sinal oscilando

O custo anual da TV Ines, dos surdos e mudos, para o Ministério da Educação, é de R$ 8 milhões. O da TV Brasil é R$ 550 milhões, que paga R$ 12 milhões anuais em aluguel. O MEC deve encerrar a TV de cunho social por corte de custos.

 

Ensino em casa

O Projeto de Lei que oficializa o Homeschooling no Brasil tem nova relatora na Câmara, com tendência à aprovação. É a deputada Canziani (PTB-PR), em razão de a deputada Prof. Dorinha ter assumido a Comissão de Educação.

 

Santuário$

Voltou à mesa das negociações a licitação para concessão da administração de dois santuários ecológicos, hoje nas mãos do ICMBio: Aparados da Serra e Serra Geral, no Sul do País. O STJ deferiu pedido de liminar do próprio órgão federal. Há duas empresas no páreo, com experiência em outras gestões do modelo.

 

PdoB?

Roberto Jefferson, dono da legenda, quer alterar para Partido do Brasil o nome do Partido Trabalhista Brasileiro.

 

Modo militar

Bolsonaro está oficializando, um pouco mais a cada dia, um governo civil controlado por militares. Esse modelo tem assustado alguns grandes empresários do Brasil, a ponto de questionarem como será uma transição de Governo caso seja derrotado ano que vem.

 

ESPLANADEIRA

# Conglomerado Alfa anuncia parceria com Verity. # Blue Sol, rede de franquias de energia solar, lança o modelo Next. # OHB Gestão abre inscrições para webinar “O Custo da Judicialização para o Mercado de Saúde Suplementar”, que acontece dia 31.

# Edino Krieger comemora 93 anos lançando coletânea de textos e CD, dia 17, em concerto do Trio Aquarius na Sala Cecília Meireles. # O advogado João Paulo Todde faz roteiro de 7 dias pela República Dominicana, a convite da Embaixada. Investidor em diferentes ramos, ele negocia acordos com empresários locais até a próxima sexta.