O primeiro teste de Tite

A seleção brasileira tem, no dia 1 de setembro, uma parada dura, em Quito, jogando com à do Equador numa partida importante que pode dar ao futebol brasileiro certa tranquilidade, caso passe com vitória.

Compartilhe:

Por questão de bom senso pouco adianta culpar à CBF pela rotina dos dias atuais no futebol mundial, onde a pressa e a volúpia de conquistas se misturaram no só balaio os cuidados para dar ao preferido esporte mundial o carinho que exige.

A seleção brasileira tem, no dia 1 de setembro, uma parada dura, em Quito, jogando com à do Equador numa partida importante que pode dar ao futebol brasileiro certa tranquilidade, caso passe com vitória. Explica-se o porquê: sexto colocado com nove pontos, após seis rodadas, no caso de derrota o mundo vai cair sobre a cabeça deTite, que foi colocado na direção para dar novo feitio em direção à classificação.

O perigo consiste em que o adversário de quinta-feira joga em casa e com o privilégio de ser líder da competição , após ter demonstrado categoria capaz de permanecer entre as quatro seleções, automaticamente classificadas para Moscou, em 2018. E onde estar a dúvida quanto o desfecho do jogo para o Brasil ?
Simplesmente, porque a seleção brasileira só começa a se juntar e treinar amanhã, embarcando no mesmo dia para o Equador. Ninguém atentou para o fato de que os problemas de Mano Menezes, Felipão e Dunga eram justamente estes de não ter tempo para preparar o elenco para competições importantes. Depois de ficar, por muito tempo na lista de espera, finalmente Tite assumiu a seleção e com elas todos os problemas anteriores.

Raciocine se uma equipe de futebol formada por jogadores atuando em clubes diversos e até em outros países, pode, em dois treinos apenas, apresentar padrão de qualidade? Claro que não. Disse no inicio que a culpa da CBF é limitada, pois o modelo do futebol é diferente de outros tempos, onde ainda se podia chamar o futebol de esporte. Ele hoje ocupa lugar destacado nas empresas e empresários, que lucram bastante com isso.

Tite fará apenas dois treinos para a partida de quinta-feira. Na segunda-feira, um dia depois do desembarque da delegação. O apronto final para definição dos 11 titulares será na terça e, lógico, com preferência para os mais conhecidos. Tido como inteligente, o treinador Tite demonstrou sabedoria no seu primeiro ato, convocando sete dos 23, que conquistaram o ouro olímpico. O importante é esperar para ver e torcer por algo dificil de acontecer, ou seja, exibição brilhante das duas seleções, porque os equatorianos também sofrem do mesmo pecado de, também, depender da improvisação para ganhar três pontos.


 
Compartilhe: