Olimpíada passa, agora é futebol

Passadas as emoções da Olimpíada é hora de voltarmos para a rotina do futebol, que ocupa toda a atenção dos torcedores brasileiros.

Compartilhe:

Durante mais de uma semana o povo brasileiro respirou os lances dos Jogos Olímpicos que, temerosos, no inicio, acabaram reservando bom legado para o Brasil, embora não tenha conseguido se colocar entre os dez melhores colocados em medalhas, mas evolui na ordem de 37% em relação aos Jogos de Londres, em 2012. Algumas modalidades apareceram bem nos Jogos do Rio, apresentando medalhas, como taekwondo, a canoagem e o futebol ,o que conquistou o inédito título masculino. O prestígio dos Jogos no mundo inteiro foi apoiado mais na parte de organização, principalmente na cerimônia de abertura, aplaudida unanimemente.

Passadas as emoções da Olimpíada é hora de voltarmos para a rotina do futebol, que ocupa toda a atenção dos torcedores brasileiros. Ontem, o treinador Tite divulgou sua primeira convocação para a seleção brasileira adulta que está disputando a eliminatória para apontar os cinco países sul-americanos para a Copa de 2018, na Rússia. Como sempre, os nomes escolhidos pelo novo treinador receberam senões, alguns favoráveis, outros contrários. Entre os nomes não aceitos pela maioria dos torcedores está o de Taison, que joga no futebol russo. O acerto ficou por conta de Marcelo, lateral do Real Madrid, afastado durante o tempo de Dunga. Provavelmente a intenção do treinador é começar renovar a seleção, embora corra risco de não se reabilitar nas eliminatórias, pois é o sexto colocado, tendo o Uruguai na liderança com 13 pontos, os mesmos de Equador e dois a mais dos argentinos.

Sabiamente, Tite chamou sete jogadores que foram campeões olímpicos. Com esses novos jogadores quer manter a base para enfrentar o Equador, dia 1 de setembro, em Quito. Com apenas seis pontos ganhos em seis jogos, sete a menos do que próximo adversário,a tarefa dos brasileiros é considerada muito árdua, porque a partida será jogada fora em altitude pode ser muito difícil para os brasileiros. O agravante que a seleção brasileira não terá muito tempo para se preparar, sendo convocado ontem, com possibilidade de, no máximo, dois treinos coletivos, estágio muito pequeno para o futebol que exige entrosamento.Esse foi problema vivido por Dunga, que acabou demitido. Os convocados ontem por Tite foram: goleiros: Alisson,Marcelo Grohe, Weverton; Zagueiros: Gil, Marquinhos, Miranda, Rodrigo Caio; Laterais: Daniel Alves, Fagner, Felipe Luís , Marcelo; Meio campista: Casimiro, Giuliano, Lucas Lima, Paulinho, Felipe Coutinho, Rafael Carioca, Renato Augusto,l William; Atacantes: Gabigol, Gabriel Jesus, Neymar, Taison.A sétima rodada das eliminatórias será disputada no dia 1 de setembro e está assim formada: Bolívia x Peru; Equador x Brasil; Argentina x Uruguai; `Paraguai x Chile; Colômbia x Venezuela.


 
Compartilhe: