Cidades

A Banda arrasta mais de 150 mil foliões pelas ruas da capital

A Associação de Brincantes e Simpatizantes do Bloco de Sujos contou com serviços de limpeza, capina, iluminação, tapa-buraco, poda e pintura de meio-fio em todo trajeto.

Compartilhe:

Foliões e amantes do carnaval voltaram às ruas e avenidas de Macapá na terça-feira, 5, quando o maior bloco de sujos do Norte do país, A Banda, saiu pelas vias arrastando uma multidão cheia de alegria e irreverência. Considerada Patrimônio Cultural do Município, ela foi fundada em 1965.

Governador Waldez Góes, prefeito Clécio Luís, juntamente com os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues, além de alguns deputados estaduais e federais acompanharam todo o trajeto, desde a concentração, em frente à sede do bloco, onde tomaram o tradicional caldo que é servido aos brincantes.

A Associação de Brincantes e Simpatizantes do Bloco de Sujos contou com serviços de limpeza, capina, iluminação, tapa-buraco, poda e pintura de meio-fio em todo trajeto. José Figueiredo de Souza, o “Savino”, agradeceu o apoio dos demais poderes envolvidos, que todos os anos ajudam a colocar A Banda na rua. “O bloco não é meu e nem de ninguém especificamente, ele é do povo. Nem a chuva atrapalhou os foliões”, ressaltou.

A prefeitura ainda fez a distribuição de 100 mil preservativos e 90 mil sachês de gel lubrificante durante o trajeto com o tradicional Bloco da Camisinha.

Pós-Banda

Depois que os foliões passaram entraram em cena os famosos vermelhinhos e as margaridas limpando as ruas e avenidas. Foram cerca de 140 homens em todo trajeto do bloco fazendo os trabalhos. A primeira turma passa tirando boa parte do lixo. Em seguida, vem a segunda para recolher o que ficou para trás. Depois passa o carro-pipa fazendo a primeira lavagem e depois um outro jogando água com lavanda para tirar o mal cheiro que fica.

“A ideia é que o povo não sinta o impacto depois da Banda. Quem for passar pelas ruas depois da limpeza não irá nem perceber que por ali passou o bloco”, finalizou o prefeito, que acompanhou de perto o trabalho de limpeza.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *