Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Cidades

Acompanhamento e segurança: MP-AP participa de testes sonoros da Usina Hidrelétrica de Ferreira Gomes

A medida de segurança, em caso de acidentes na barragem da Usina, tem o propósito de avisar a população que reside nas Zonas de Autossalvamento (ZAS), áreas que seriam inundadas em caso de rompimento da represa, para que o cidadão se dirija às rotas de fuga.


Na última quinta-feira (12), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Ferreira Gomes, participou de experimentos sonoros de sirene do Sistema de Segurança de Barragem da Usina Hidrelétrica (UHE), naquele município. O uso do equipamento deve ocorrer somente em caso de sinistro da barragem e não será usado em caso de inundação natural do rio, em razão de fenômenos naturais no período de inverno amazônico.

A medida de segurança, em caso de acidentes na barragem da Usina, tem o propósito de avisar a população que reside nas Zonas de Autossalvamento (ZAS), áreas que seriam inundadas em caso de rompimento da represa, para que o cidadão se dirija às rotas de fuga.

Os testes, realizados no horário da manhã, foram feitos simultaneamente em seis torres de sirenes, em diferentes níveis: 70% do som do sistema sonoro; 85% do som do sistema sonoro e 100% do som do sistema sonoro. Na ocasião, os técnicos utilizaram aparelhos decibelímetros calibrados para o uso durante o teste com vistas a aferir a eficácia do sistema de som.

De acordo com a titular do MP-AP em Ferreira Gomes, promotora de Justiça Samile Simões Alcolumbre, que esteve na inspeção e testes, a exigência de instalação do sistema de segurança de sirenes é fruto do trabalho ministerial, surgido após o sinistro que ocorreu na construção da hidrelétrica, em 2015, que causou o alagamento de parte da cidade, causando inúmeros prejuízos.

“O teste foi muito bom e atendeu bem as expectativas. Houve problema apenas na primeira e na última torre de transmissão, nas quais serão realizados os ajustes para a melhoria do sistema. Seguiremos acompanhando os procedimentos de segurança para a salvaguarda da população de Ferreira Gomes”, explicou Samile Alcolumbre.

Durante os testes, estiveram presentes: o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), coronel Wagner Pereira, representando a Defesa Civil do Estado do Amapá; os agentes de Polícia Civil do Amapá, Marco Preste e Alice Façanha; o membro da da Associação dos Pescadores de Ferreira Gomes, Wladilson Brito, além de representantes da Defesa Civil do Município, Girlane Reis e as equipes da Usina Hidrelétrica, sob o comando do engenheiro especializado na segurança de barragens, Rafael Roselli.


Comente