Cidades

Amapá adere ao projeto Centro Nacional de Mídias da Educação

Projeto, de iniciativa do MEC, vai fornecer a professores metodologias de ensino-aprendizagem facilitadas pela tecnologia.

Compartilhe:

O Governo do Amapá aderiu ao projeto Centro Nacional de Mídias da Educação, que está sendo implementado pelo Ministério da Educação (MEC) e visa proporcionar interatividade por meio de educação presencial mediada por tecnologia, para oferecer suporte à prática docente.

O Centro Nacional de Mídias da Educação (CNME) ofertará recursos tecnológicos para que professores apoiem, online, outros professores em sala de aula, os quais atuarão como mediadores entre o conhecimento, as tecnologias e seus alunos. O projeto conta com apoio da Fundação Roberto Marinho, TV Escola, governos estaduais e nunicipais.

No Amapá, inicialmente, foram selecionados quatro professores efetivos da rede estadual. Willisson Silva dos Santos, de 33 anos, foi escolhido pelo MEC para ser professor ministrante. Ele passará seis meses em Manaus, no Amazonas, junto a outros educadores do país para formação, produção de conteúdos que respeitem as autonomias curriculares, e participação das transmissões das aulas ao vivo.
“Essa formação vai enriquecer tanto meu conhecimento pessoal quanto para os professores do Amapá, pois, tudo o que eu receber, será repassado aos colegas de profissão. Isso vai trazer uma melhora significativa para a educação no Estado”, disse Willisson, que leciona na Escola Estadual General Emílio Garrastazu Médici, em Laranjal do Jari.

Os outros três professores selecionados participarão de uma semana de formação na capital manauara. Marcus Sales será mediador e multiplicador, em Macapá, pelo Núcleo de Tecnologia Educacional. E as professoras Eliane Brito e Benaia Rodrigues serão mediadoras e atuarão em salas de aula destinadas ao CNME, que serão instaladas nas escolas estaduais São Tomé do Aporema, em Tartarugalzinho, e Professora Maria Helena Cordeira, localizada em Pedra Branca do Amapari.

As ações de implementação do Centro Nacional de Mídias da Educação estão previstas para ocorrerem no período de 2018 a 2021, e buscam a construção colaborativa da aprendizagem, facilitada pela tecnologia.

 
Compartilhe:

Tópicos: