Cidades

Amapá ultrapassa 90 mil recuperados da covid-19

São 90.165 pessoas recuperadas da doença, tornando o Amapá, um dos estados com a menor letalidade e o maior número de recuperados do país.

Compartilhe:
Foto: Arquivo/Secom

O boletim informativo da covid-19 desta quarta-feira, 9, informa que o Amapá já tem 90.165 pessoas recuperadas da doença no estado. O governo, diariamente, realiza triagens, atendimentos e monitora novos casos identificados para que a recuperação dos pacientes seja um sucesso.

Ainda nesta quarta, o Governo também recebeu 52.430 doses de vacinas, sendo 44.240 de Astrazeneca e 8.190 de Pfizer, que serão distribuídas pelos 16 municípios para vacinar os grupos prioritários e ribeirinhos.

Com seis centros de tratamento de covid-19, estrategicamente posicionados em todas as regiões do Amapá, os pacientes têm acompanhamento constante de profissionais da saúde.

O secretário de Estado da Saúde, Juan Mendes, ressalta a importância das ações de vigilância.

“Esse é um importante marco, confirmando nossos dados de letalidade, como sendo um dos menores do Brasil. Ressalto também que as ações de vigilância e o protocolo de abordagem precoce, procurando médicos, fazendo intervenções familiares e tomando todos os cuidados antes da doença agravar, possibilitaram esse alto número de recuperados”, afirmou.

A distribuição de recuperados por município é: Macapá com 37.294; Santana tem 20.066; Laranjal do Jari já recuperou 8.222 pessoas; Mazagão com 2.358 e Oiapoque com 4.938 recuperados; Pedra Branca já tem 3.219; Porto Grande recuperou 1.762 pessoas; Serra do Navio com 1.136 recuperados; Vitória do Jari com 3.617 pessoas recuperadas; Itaubal com 439; Tartarugalzinho 1.764; Amapá tem 1.229; Ferreira Gomes 1.402; Cutias do Araguari 859, Calçoene 1.498 e Pracuúba 362.

Para a secretária-adjunta de Enfrentamento à Covid-19 no Amapá, Maracy Andrade, médica pneumologista, a atuação nos diversos níveis da rede sanitária garantiu bons resultados.

“Tudo isso é resultado da atenção total do Estado, desde o cuidado e acolhimento precoce na atenção básica até a internação nas unidades Covid, dentre eles o Hospital Universitário, que hoje concentra o maior número de leitos de terapia intensiva com toda a assistência multidisciplinar disponível”, ressaltou a secretária, que também faz parte do Comitê Médico de Enfrentamento à Covid.

LEIA TAMBÉM: Centro Covid-HU completa um ano de funcionamento com mais de 1.500 pacientes recuperados

O Comitê Médico de Enfrentamento à Covid do Amapá foi criado em março de 2020 e, ligado ao Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp), atuou diretamente nas pesquisas e discussões sobre os protocolos adequados para a prevenção e tratamento da doença.

O presidente do Comitê Médico de Enfrentamento à Covid do Amapá, Pedromar Valadares, reforça o papel importante de cada município no alinhamento da estratégia de combate ao vírus.

“Participamos da construção de uma resposta unificada entre governo e os dezesseis municípios, alinhando com gestores e responsáveis técnicos ações de prevenção, busca ativa de casos, diagnóstico e tratamento da covid, principalmente na Atenção Primária, contribuindo para a baixa letalidade e minimização dos danos à saúde e à vida da população, ocasionados pela pandemia”, afirmou.

Vacinação

O Governo do Amapá já distribuiu 263.865 doses de vacinas contra a covid-19 para os 16 municípios. Destas, foram aplicadas 198.617 doses, totalizando, até o momento, 16.04% da população amapaense que recebeu a primeira dose do imunizante e 7,01% que recebeu a segunda dose.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *