Cidades

Artigos da PGJ e da bibliotecária do MP-AP compõem a 1ª edição da Revista Festa de São José 

O recurso arrecadado com as vendas, será destinado para a instalação elétrica que está sendo construída na área externa da Catedral.

Compartilhe:

A publicação da Diocese de Macapá foi lançada na manhã de domingo (17), na Catedral de São José, com o apoio de instituições públicas como o Ministério Público do Amapá (MP-AP) e da iniciativa privada. A revista, intitulada “Festa de São José”, conta na sua primeira edição com artigos da procuradora-geral de justiça, Ivana Lúcia Franco Cei, e da bibliotecária do MP-AP, Leididaina Araújo.

Com a temática voltada para o Sínodo da Amazônia, a revista foi desenvolvida pela Pastoral da Comunicação da Paróquia São José e escrita por pesquisadores, jornalistas e acadêmicos de jornalismo.

Os temas envolvem Religiosidade, Cultura, Políticas Públicas e pesquisas científicas sobre Saúde, Educação Indígena, Sustentabilidade, entre outros temas Socioambientais (Pascom).

Leididaina Araújo, que é Mestre em Ciência da Informação, dissertou sobre “Educação Indígena: modelo pedagógico das escolas indígenas Wajãpi do município de Pedra Branca do Amapari”. A bibliotecária do MP-AP disse estar muito feliz em participar da Revista.

Para Ivana Cei, a satisfação foi grande em poder contribuir para a concretização do projeto e ser uma das convidadas a fazer parte da publicação com o artigo: “Terras amazônicas à vista: orgulho de ser tucuju”.“Incautos e incultos desconhecem a histórica luta dos nossos antepassados em manter integrados ao Brasil os amazônidas”, a partir da crítica inicial, Ivana Cei passa a dar ênfase às características da região e do povo nortista, desconhecidas da maioria dos brasileiros.

“A alma e a cor da região no gingado de um povo destemido, hospitaleiro e amável que sustenta, com orgulho, a bandeira da Amazônia, mesmo diante de tantas adversidades”, ressalta em um trecho da publicação que poderá ser lida na íntegra na revista que está sendo vendida, por um valor simbólico, de R$10 reais.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *